A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
FARMACOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

Farmacologia
ABSORÇÃO
BIOTRANSFORMAÇÃO
Produz efeito
terapêutico
desejado
Receptores
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
A farmacologia estuda as substâncias que interagem com sistemas vivos, por meio e processos químicos, por meio de processos químicos,
principalmente por ligação a moléculas reguladores e pela ativação ou inibição de processos corporais normais
Fármaco
Medicamento
Remédio
Placebo
Droga
. São substâncias químicas, também conhecido como
princípio ativo, que pode ser de origem sintética ou obtidas de plantas, animais ou
produtos de engenharia genética, capazes de modificar uma função biológica
existente.
 É uma preparação química com finalidade profilática,
curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico
 Substância que pode modificar a função biológica, com
ou sem intenção benéfica
 Tudo o que é usado para curar uma doença, usado com
intenção benéfica
 Medicamento simulado sem qualquer 
princípio ativo indicado, para satisfazer a vontade psicológica do
paciente
As 4 principais proteínas reguladoras que atuam como alvos
farmacológicos primários são:
Receptores moléculas-alvo Enzimas
Moléculas carregadorasCanais iônicos
Farmacocinética
Farmacodinâmica
Estuda a velocidade que os fármacos atingem o local de ação e são eliminados do
organismo, além da relação dose-concentração. Ou seja o que o organismo faz
com o fármaco.
Administração do 
fármaco
DISTRIBUIÇÃO
EXCREÇÃO
Após o fármaco ser administrado, ele é absorvido, ou seja, é transferido do local
de entrada do organismo para os líquidos do sistema circulatório. Os
medicamentos então são transportados através do corpo pelos líquidos até os
locais de ação, esta etapa é a distribuição. Na biotransformação ocorre a
transformação metabólica do fármaco, tornando-o inativo, virando os
metabólitos, que são eliminados do organismo (excreção).
Estuda o que a droga faz com o organismo, seus efeitos bioquímicos e fisiológicos
dos fármacos e seus mecanismos de ação.
O medicamento entra na
corrente sanguínea,
circula pelo corpo e
interage nos locais-alvo
Ocorre a interação
fármaco-receptor
Alguns medicamentos podem agir em uma área específica do corpo, ou seja, são
seletivos e afetam um órgão ou sistema isolado, já outros não possuem
seletividade. Quando menor a seletividade, maior será a ligação do fármaco à
outros receptores, causando efeitos indesejados.
Y Y YYA ligação entre as drogas e as célulasocorre por meio e receptores, que estão
presentes na superfície da célula. Esses
receptores são altamente específicos,
permitindo a ligação somente com uma
droga, chamamos essa ligação de chave-
fechadura.
Fármacos 
agonistas
Fármacos 
antagonistas
Fármacos capazes de se ligar ao
receptor e estimular uma resposta
Fármacos que não fazem ativação,
mas bloqueia o efeito dos
agonistas sobre o receptor
Pode ocorrer interação medicamentosa quando
um medicamento modifica a ação de outro,
podendo aumentar ou reduzir a ação de um deles
(ou de ambos), e alterar a forma como o
organismo absorve, metaboliza ou elimina esses
medicamentos.
Efeito aditivo Efeito sinérgico
Deslocamento Interferência Incompatibilidade
Efeito antagônico
O antagonismo pode ocorrer por diversos mecanismos:
Antagonismo
químico
Antagonismo
farmacocinético
Antagonismo
fisiológico
Antagonismo
competitivo
Bloqueio da relação
receptor-resposta
Dois medicamentos
semelhantes ampliam o
efeito
Dois medicamentos
combinados tem maior
efeito do que isolados
Um medicamento
diminui a ação do outro
Deslocamento do 1° med de
locais de ligação pelo 2° p/
aumentar a atividade do 1°
O 1° med inibe o
metabolismo ou
excreção do 2°
Um é incompatível com o
outro, causando a
deterioração qnd misturados