A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Casos clínicos 1 - Neuroanatomia - Medula espinhal (COM GABARITO) - discursiva

Pré-visualização | Página 1 de 1

Exercícios - Medula espinhal 
Situação Problema 1 
Paciente de 56 anos de idade, vítima de acidente automobilístico, foi levado pelo SAMU ao 
Hospital de Pronto Socorro com quadro de hemiplegia direita, perda de propriocepção e 
sensibilidade vibratória no tronco e nos membros também à direita, associada à perda 
contralateral da sensibilidade térmico-dolorosa e percepção de pressão. O diagnóstico foi de 
traumatismo raquimedular. Responda as questões abaixo interpretando os achados clínicos do 
paciente: 
a) Associe os achados clínicos do paciente às vias medulares comprometidas. 
*Hemiplegia direita – trato corticoespinhal lateral. Como o quadro é de plegia, ou seja, ausência de 
movimentos, o trato rubro espinhal e os tratos do sistema medial também foram todos 
provavelmente comprometidos; 
*Perda da propriocepção e da sensibilidade vibratória no tronco e nos membros à direita – 
fascículos grácil e cuneiforme; 
*Perda da sensibilidade térmico-dolorosa à esquerda – trato espinotalâmico lateral; 
*Perda da percepção de pressão à esquerda - trato espinotalâmico anterior. 
b) Associe o trajeto das vias (cruzadas ou diretas) com a antimeria (lado) da lesão. 
*Trato corticoespinhal (direto na medula – cruza antes na decussação das pirâmides) – sintoma à 
direita e comprometimento à direita; 
*Fascículos grácil e cuneiforme (diretos) – sintoma à direita e comprometimento à direita; 
* Trato espinotalâmico lateral e anterior (cruzados) - sintomas à esquerda (contralaterais) e 
comprometimento à direita. 
c) Qual a localização destas vias na substância branca da medula? 
* Fascículos grácil e cuneiforme – Funículo posterior 
* Trato corticoespinhal lateral e espinotalâmico lateral - Funículo lateral 
* Trato espinotalâmico anterior - Funículo anterior 
Há evidências do comprometimento dos três funículos, principalmente se considerarmos que os 
tratos do sistema medial também foram afetados. O quadro é compatível com hemissecção da 
medula ou Síndrome de Brown-Séquard. 
d) Em qual nível (região) está localizada a lesão medular? 
Como o déficit é no tronco e nos membros, ou seja, do pescoço para baixo, a lesão é cervical e à 
direita. 
Situação Problema 2 
Paciente de oito anos de idade, recém-imigrado do Afeganistão, foi levado a Unidade Básica 
de Saúde com dificuldade de movimentação do membro inferior esquerdo, associada a febre, 
mal-estar e dor de garganta. O exame físico evidenciou flacidez muscular e paralisia do 
membro inferior esquerdo, com abolição de reflexos. A suspeita diagnóstica foi de 
comprometimento medular associado a poliomielite, doença erradicada no Brasil, mas que 
persiste em alguns países do mundo, o que impede a erradicação global. Sobre este caso, 
pergunta-se: 
a) Qual estrutura da medula foi comprometida? 
A coluna anterior da substância cinzenta. 
 
b) Como se classificam os neurônios afetados? 
Neurônios radiculares somáticos ou neurônios motores inferiores. 
c) Qual tipo de paralisia o paciente apresentou? Como você chegou a esta conclusão? 
Paralisia Flácida ou Síndrome do Neurônio Motor Inferior. Também houve abolição de tônus 
(flacidez muscular) e reflexos. 
d) Explique porque o paciente apresentou arreflexia (abolição de reflexos). 
Os reflexos simples envolvem um componente aferente (neurônio sensitivo) e um componente 
eferente (neurônio motor). Já os compostos têm um ou mais neurônios de associação entre eles. 
No caso do paciente, independente do tipo de reflexo, a parte motora ou eferente está 
comprometida.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.