A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Avaliação escolar - Luckesi e Hoffmann

Pré-visualização | Página 1 de 1

Licenciatura em Química
Componente curricular: Avaliação Escolar
Docente: Maristela Andrade
Discente: Leandro Silva
Luckesi e Hoffman: ideias em comum
Luckesi Hoffman
.
O ato de avaliar é um ato de investigar a
qualidade da realidade, tendo em vista
reorientá-la para produzir o melhor
resultado possível. Consiste-se na
melhoria da qualidade do desempenho do
estudante.
Avalia-se para promover melhores
condições de aprendizagem para os
estudantes. A avaliação, concebida como
observação, reflexão e ação, ou seja, é ver,
julgar e agir.
O docente deve diagnosticar, intervir,
subsidiar na tomada de decisões durante
o percurso da avaliação¸ obter a
qualidade necessária.
O docente precisa observar, ter um olhar
crítico para tomar decisões, intervir.
Resultados obtidos através da investigação
Na prática escolar, atualmente, a
avaliação da aprendizagem pouco tem a
ver com a avaliação. Constitui-se mais
em prova/exames do que avaliação
Nas maiorias dos processos de avaliação,
hoje em dia, aplica-se os instrumentos de
avaliação. O Instrumento como tal, não
pode ser chamado de avaliação.
Ato de examinar é classificatório e
seletivo.
Indica que a ação classificatória e
autoritária da avaliação é ainda exercida
nas escolas.
Capaz de dar suporte ao processo de
ensino e aprendizagem, no sentido de
contribuir para o planejamento de ações
que possibilitem ajudar o aluno a
prosseguir, com êxito, no seu processo
educacional.Processo onde todos possam
aprender
O processo avaliativo não deve estar
centrado no entendimento imediato pelo
aluno das noções em estudo, ou no
entendimento de todos em tempos
equivalentes.
O ato amoroso é aquele que acolhe a
situação, na sua verdade (como ela é).
Todos os aprendizes estão sempre
evoluindo, mas em diferentes ritmos e por
caminhos singulares e únicos.
A avaliação, por si, é um ato acolhedor,
integrativo, inclusivo. A avaliação,
portanto, não está no fim, como resultado
da aprendizagem, selecionando os mais
aptos, mas, sim, o sujeito aprende, se
forma, se constrói porque a avaliação está
no interior do ato educativo, é ela que
garante que o processo de aprender se
efetive.
A avaliação não é o fim, mas parte do
processo.
Referências
HOFFMANN, Jussara. Avaliação mediadora. uma relação dialógica na construção do
conhecimento. Disponível em:
<http://www.crmariocovas.sp.gov.br/pdf/ideias_22_p051-059_c.pdf> Acesso em: 04.
Jan.2021.
HOFFMANN, Jussara. Avaliação mediadora. Disponível em:
<https://youtu.be/RWgqJVBpUQg> Acesso em: 04. Jan.2021.
LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: um ato amoroso.
17 ed. São Paulo: Cortez, 2011. p. 168-180.