A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
APLICAÇÃO DA LEI PENAL (TEMPO E ESPAÇO)

Pré-visualização | Página 1 de 1

APLICAÇÃO DA LEI PENAL 
LEI PENAL NO TEMPO 
 
Modificações criadas pelo legislativo no Código Penal. 
#NOVATIO LEGIS INCRIMINADORA: A lei cria um novo 
tipo penal. Ex.: Importunação Sexual 
É irretroativa, pois prejudica a situação do réu. 
#NOVATIO LEGIS IN PEJUS: (LEX GRAVIOR) A nova lei 
prejudica, é mais gravosa à situação do réu. Também 
é irretroativa. 
#NOVATIO LEJUS IN MELLIUS: (LEX MINIOR) Melhora 
a situação do réu. É retroativa. 
#ABOLITIO CRIMINIS: Crime extinto. Abarca também 
as condenações transitadas em julgado. Abarca 
apenas as condenações penais, os possíveis efeitos 
cíveis, administrativos são reparáveis. 
#TEORIA DA ATIVIDADE: 
Adotada pelo Código. Assegura que o crime é 
configurado no momento da ação. 
#TEORIA DO RESULTADO: Considera-Se 
praticado o crime no tempo do resultado. 
 
Direito penal MATERIAL 
BEM JURÍDICO 
A FUNÇÃO DO DIREITO PENAL É A PROTEÇÃO 
DOS BENS JURÍDICOS. 
Bem jurídico mais importante: Vida 
Princípios 
LEGALIDADE: Tanto o crime quanto a pena deve 
estar previsto na lei. 
ANTERIOIRIDADE: A lei deve ser anterior ao 
crime 
TAXATIVIDADE: Crime deve ser expressamente 
definido 
 
 
A lei em regra não retroage. Mas pode 
retroagir se em benefício do réu. 
 
 
 
CRIMES PERMANENTES: sua consumação é prolongada. 
*numa possível novatio legis no momento de 
perduração do crime, considera-se o último ato do 
crime, no dia que encerrar os efeitos da conduta 
delituosa. ou seja a nova lei, ainda que seja mais gravosa. 
CRIME CONTINUADO: várias condutas delitivas no 
tempo. Nesse caso, em caso de novatio legis, aplicam-
se a nova lei, ainda que mais gravosa. 
NÃO HÁ QUE SE FALAR EM RETROATIVIDADE 
EXTRATIVIDADE DA LEI PENAL: MOVIMENTO DA LEI 
PENAL NO TEMPO, TANTO NO PASSADO 
(RETROATIVIDADE) QUANTO NO FUTURO 
(ULTRATIVIDADE). 
 
 
 
 
 
 
 
Situações em que a vigência de lei tem prazo fixo 
#LEIS EXCEPCIONAIS: Enquanto durar os efeitos 
excepcionais. Ex.: leis da pandemia, situações de estado 
de sítio, etc. 
#LEIS TEMPORÁRIAS: Aquela que tem prazo fixo, 
determinada. 
Continua regendo os crimes ocorridos durante sua 
vigência mesmo que acabado o seu período. 
OBSERVAÇÃO 
 
O PROCESSO PENAL ADOTA A 
IRRETROATIVIDADE ABSOLUTA, 
OU SEJA, MESMO PREJUDICIAL 
A LEI É APLICADA 
IMEDIATAMENTE. 
LEI PENAL NO espaço 
Crime é julgado no Brasil se praticado aqui. Adota-se 
a teoria da territorialidade relativa ou temperada. 
#O QUE É O TERRITÓRIO NACIONAL? 
Mar territorial (12 milhas náuticas), espaço aéreo 
correspondente as terras e aguas brasileiras, solo e 
subsolo (nas terras e nas águas) 
Extensões Territoriais: 
A lei penal brasileira é aplicada, mesmo não sendo 
território nacional. 
- Embarcações públicas, a serviço do Brasil. 
(Embarcações privadas somente se estiver no 
território brasileiro) 
- Crimes que acontecem em alto mar, terras de 
ninguém, aplica-se a lei da bandeira da embarcação. 
(Princípio da Bandeira) 
 
LUGAR DO CRIME: 
Plurilocalidade: tanto o local da ação ou omissão, 
quanto o momento do resultado. (Teoria da 
ubiquidade). Essa teoria se aplica tanto aos crimes 
tentados quanto aos continuados. 
 
EXTRATERRITORIALIDADE: (art. 7º, CP) 
Casos excepcionais nas quais é aplicada a lei 
brasileira mesmo que o crime seja praticado no 
exterior. 
- Incondicionada: A aplicação da lei penal brasileira 
é automática, independe de qualquer condição. (Art. 
7º, I) 
- Condicionada: A aplicação da lei brasileira depende 
do cumprimento das condições impostas pela lei. 
(Art. 7º, II). As condições estão explicitadas no §2º 
do artigo 7º. 
NAS EMBAIXADAS BRASILEIRAS, HAVENDO UM CRIME, 
APLICA-SE A LEI DO PAÍS EM QUE ESTÁ LOCALIZADA. 
COM EXCEÇÃO DA IMUNIDADE DIPLOMÁTICA.