A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Sistema de bancos - sombra (Shadow banking)

Pré-visualização | Página 1 de 1

O sistema de bancos-sombra ou, somente, bancos-sombra, em inglês, 
shadow banking, é um sistema financeiro que não possui a mesma 
formalidade e nem a mesma regulamentação dos bancos tradicionais.
Ele fornece uma importante fonte de crédito para aqueles que não 
têm acesso ao financiamento regular, ou que não se qualificam para 
empréstimos em bancos regulares.
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)
No Brasil, a Empresa Simples de Crédito (ESC) é vista como um 
banco-sombra.
Foi regulamentada pela Lei Complementar nº 167, de 24.04.2019.
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)
A ESC - Empresa Simples de Crédito poderá fazer as seguintes 
operações de crédito:
Empréstimo
O meio pelo qual uma pessoa transfere o domínio da coisa 
emprestada ao mutuário (devedor), sob determinada condição, 
correndo por conta do mutuário todos os riscos dela, desde a 
tradição.
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)
A ESC - Empresa Simples de Crédito poderá fazer as seguintes 
operações de crédito:
Financiamento
Fornece recursos para outra parte que está sendo financiada, de 
modo que esta possa executar algum investimento específico ou 
compra de um determinado bem, previamente acordado. 
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)
A ESC - Empresa Simples de Crédito poderá fazer as seguintes 
operações de crédito:
Desconto de títulos de crédito
É a antecipação de um recurso para alguma empresa sobre os 
valores de recebíveis a vencer.
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)
A ESC - Empresa Simples de Crédito possui as seguintes regras:
oferecer financiamento, empréstimos e descontos de títulos de 
crédito exclusivamente para microempreendedores individuais 
(MEI), microempresas e empresas de pequeno porte;
não é banco e não poderá utilizar qualquer nome que faça alusão 
a instituições financeiras; 
poderá ter três tipos de modelo empresarial: empresa individual 
de responsabilidade limitada (EIRELI), empresário individual ou 
sociedade limitada;
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)
A ESC - Empresa Simples de Crédito possui as seguintes regras:
o volume de operações está limitado ao seu capital social, ou seja, 
ela só pode emprestar recursos próprios;
a fonte de receita é, exclusivamente, oriunda dos juros recebidos 
das operações realizadas;
não poderá contrair empréstimos para poder emprestar mais;
Cada pessoa física pode participar de apenas uma ESC e não são 
permitidas filiais;
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)
A ESC - Empresa Simples de Crédito possui as seguintes regras:
a receita bruta anual da ESC não pode ser superior a R$ 4,8 
milhões, vedada a cobrança de encargos e tarifas;
o regime de tributação será pelo Lucro Real ou Presumido, não 
podendo, portanto, enquadrar-se no Simples Nacional; e 
a atuação da empresa é restrita ao município e a sua vizinhança.
Sistema de bancos-sombra
(Shadow banking)

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.