A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
116 pág.
TCC em Bmbas Centrifugas submersas

Pré-visualização | Página 1 de 20

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE 
 
Ellen Alencar Gomes de Araújo 
 
 
 
 
 
 
Análise da influência do °API, teor de água e rotação nas 
curvas de desempenho de Bombas Centrífugas Submersas 
operando com fluidos viscosos 
 
 
 
 
 
 
 
SERGIPE – BRASIL 
2020 
 
 
Universidade Federal de Sergipe – UFS 
Centro de Ciências Exatas e Tecnológica – CCET 
Núcleo de Graduação em Engenharia de Petróleo 
 
Ellen Alencar Gomes de Araújo 
 
 
 
Análise da influência do °API, teor de água e rotação nas 
curvas de desempenho de Bombas Centrífugas Submersas 
operando com fluidos viscosos 
 
 
 
 
 
 
 
 
Orientador: João Paulo Lobo dos Santos 
 
 
Sergipe – Brasil 
2020 
Trabalho de conclusão de curso 
apresentado ao núcleo de Engenharia de 
Petróleo para obtenção do título de 
Bacharel em Engenharia de Petróleo pela 
Universidade Federal de Sergipe. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ellen Alencar Gomes de Araújo 
 Análise da influência do °API, teor de água e rotação nas curvas de desempenho 
de Bombas Centrífugas Submersas operando com fluidos viscosos / Ellen Alencar 
Gomes de Araújo – Brasil, maio de 2020 – 
 
Orientador: João Paulo Lobo dos Santos 
 
Trabalho de conclusão de curso – Universidade Federal de Sergipe – UFS 
Centro de ciências exatas e tecnológicas – CCET 
Núcleo de graduação em Engenharia de Petróleo, maio de 2020. 
1.Bombeio centrífugo submerso. 2.Curva de desempenho. 3.Fluido viscoso. I. 
João Paulo Lobo dos Santos. II. Universidade Federal de Sergipe. III. Núcleo de 
graduação em Engenharia de Petróleo. IV. Análise da influência do °API, teor de 
água e rotação nas curvas de desempenho de Bombas Centrífugas Submersas 
operando com fluidos viscosos. 
 
 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE 
 
Ellen Alencar Gomes de Araújo 
 
 
Análise da influência do °API, teor de água e rotação nas 
curvas de desempenho de Bombas Centrífugas Submersas 
operando com fluidos viscosos 
 
 
 
 
 
João Paulo Lobo dos Santos 
Orientador 
 
José Bezerra de Almeida Neto 
Professor 
Humberto de Lucena Lira 
Professor 
 
Sergipe 
Agosto 2020 
 
 
Agradecimentos 
 Em primeiro lugar, agradeço sempre a Deus pelo dom da vida, pela saúde, por 
todas as oportunidades e pela força a mim concedida. Agradeço pela proteção de todos 
os dias, pelo discernimento, pela capacidade de aprender e de nunca desistir dos meus 
objetivos. 
 Agradeço também a ela, Nossa Senhora, por interceder por mim diante do criador, 
por nunca abandonar seus filhos. 
 Ao meu avô Sebastião (in memoriam) que sempre se dispôs a lutar minhas lutas e 
sonhar meus sonhos, que em nenhum segundo da sua existência deixou de acreditar em 
mim. A ele que é minha inspiração, meu maior exemplo de luta, dignidade e hombridade, 
meu exemplo de humanidade e caridade. A minha imagem de pai, minha lembrança de 
amor. O maior exemplo de cidadão corretíssimo, honrado e justo. Não tenho dúvida que 
sem ele eu jamais teria chegado até aqui. O meu agradecimento é diário e eterno. 
 A minha avó Djorá, por todas as orações que de tanto mal me livraram e tanta 
força me deram para seguir minha caminhada. Por toda sua luta e paciência para me 
manter em outro estado durante a graduação. Por me mostrar que sempre podemos nos 
reconstruir após uma tempestade e que sempre há esperança. A ela que com tanto amor, 
diante do meu desespero, nunca me deixou desistir e sempre me manteve em pé quando 
eu achava que não tinha mais forças. 
 Agradeço a minha mãe Luana, minha irmã Larissa e minha tia Sandra por todo o 
apoio ao longo da minha graduação, pelas horas conversando por ligação só para eu não 
me sentir sozinha. Por tantas vezes compartilharem das minhas angústias. Por sempre me 
lembrarem que tenho com quem contar e que nelas sempre vou encontrar amor. 
 Ao meu pai Carlos e minhas irmãs e confidentes Carol e Maynara, por entenderem 
minha ausência nos momentos importantes e me darem tanto amor, tantas demonstrações 
de carinho e afeto. 
A minha madrasta Carnaúba por ser um exemplo de mulher, de mãe, de guerreira, 
por ser uma das minhas inspirações que o sacrifício vale a pena. A ela que sempre se 
preocupou comigo e me tem como filha. 
 
 
 Agradeço ao melhor presente que a UFS me deu: meu namorado João Paulo. Por 
sempre estar presente e me apoiar na minha correria diária, por ser minha paz e meu 
equilíbrio. A ele que escuta com paciência meus desabafos e enxuga minhas lágrimas. 
Agradeço por nunca ter desistido de mim e por estar presente dos momentos mais difíceis 
aos mais alegres. A ele que deixa meus dias longe de casa mais leves e me deixa nele 
fazer morada. Ser meu companheiro no dia a dia foi fundamental para chegar até aqui. 
 A minha amiga Gabi Reis que esteve sempre comigo enquanto morava em 
Aracaju e que hoje, mesmo longe, não deixa de se preocupar e de demonstrar seu amor. 
Temos um laço de carinho que jamais pode ser desfeito por tudo que passamos juntas. 
Você foi e é essencial. 
 Ao meu amigo de infância Hugo, por praticamente ter me apresentado a 
Engenharia de Petróleo. Por todo o seu apoio e disponibilidade. Pela sua amizade tão 
importante que se manteve forte ao longo dos anos. 
 Aos meus amigos da graduação, em especial Isabelle, Yan e Ângelo, por estarem 
comigo na rotina cansativa da UFS, pelos trabalhos e horas de estudos juntos. Por todo o 
desespero e também toda vitória que conseguimos. Pelos momentos de descontração. 
 Agradeço aos professores, por todo ensino que me passaram, pelas dúvidas 
tiradas, e por terem contribuído, cada um da sua maneira, na minha formação profissional. 
Em especial agradeço ao meu orientador João Paulo por seu apoio, pelos horários 
disponibilizados e pela paciência ao longo deste trabalho. Ao professor José Almeida, por 
ser uma das minhas inspirações na indústria petrolífera, por exalar conhecimento e 
experiência em sala de aula e principalmente, em campo. Agradeço ao professor João 
Severo, pelo profissional incrivelmente humano que é, por saber da minha capacidade e 
exigir cada vez mais de mim, pelo apoio, disponibilidade e conversas em um dos 
momentos mais difíceis que tive na UFS. Agradeço ainda ao professor Alex Barreto, por 
ter tido tanta calma comigo no meu maior desafio na UFS, pelos horários extraclasse 
tirando dúvidas, muito obrigada! 
 Muito obrigada a todas as pessoas que de alguma forma contribuíram para o meu 
crescimento profissional e pessoal! 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
“O segredo do sucesso é a constância do 
propósito. ” 
(Benjamin Disraeli) 
 
 
 
Resumo 
 
É de conhecimento que o petróleo e seus derivados são de fundamental importância para 
a sociedade. O óleo é extraído da jazida e elevado até a superfície para que siga as demais 
etapas de produção e comercialização. A elevação ocorre de forma natural, quando o 
reservatório tem pressão suficiente para elevar o petróleo até a superfície, ou artificial, 
quando a energia precisa ser suplementada para que o petróleo seja elevado. Este trabalho 
se atém a elevação artificial, mais especificamente ao Bombeio Centrífugo Submerso 
(BCS). As curvas de desempenho da bomba utilizadas nesse método são confeccionadas 
usando água como fluido de trabalho, sendo assim, ao operar com óleo, as curvas de 
desempenho da bomba sofrem uma degradação, sendo necessária uma correção das 
mesmas. Neste trabalho a correção é feita através da metodologia de Ofuchi (2015) e para 
isso foram utilizadas as bombas GN5200 e FC6000, utilizando-se óleos de grau API 
33,75°, 25,34° e 20,14° cada um analisado com teores de água emulsionada de 10%, 30% 
e 50%. Na segunda parte deste trabalho foi realizado um planejamento estatístico 
utilizando software Statistica 7.0 e adicionando a rotação de trabalho as variáveis 
estudadas, sendo este parâmetro analisado a 3000 rpm, 3500 rpm e 4200 rpm. Os 
resultados mostraram que a curva de desempenho

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.