A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
127 pág.
AULA 04-16777980-pessoas-juridicas

Pré-visualização | Página 1 de 29

TJDFT
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS
DIREITO CIVIL
PESSOAS JURÍDICAS
SISTEMA DE ENSINO
DIREITO CIVIL
Pessoas Jurídicas
Livro Eletrônico
DICLER FORESTIERI
Ex-Auditor-Fiscal do Estado da Paraíba, Ex-
Auditor-Fiscal de Tributos do Município de São 
Paulo e atual Conselheiro Substituto do TCM-RJ 
(aprovado em 2º lugar). Também foi aprovado 
nos concursos de Auditor-Fiscal do Estado do Rio 
Grande do Sul e Conselheiro Substituto do TCE-
AM. Ministra aulas das disciplinas Direito Civil, 
Direito Penal e Legislação Tributária Municipal.
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Fatima Berenice Perassolo Almeida - , vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
https://www.grancursosonline.com.br
3 de 127www.grancursosonline.com.br
DIREITO CIVIL
Pessoas Jurídicas
Prof. Dicler Forestieri 
Pessoas Jurídicas ........................................................................................4
1. Conceito de Pessoa Jurídica ......................................................................4
2. Classificação das Pessoas Jurídicas ............................................................7
3. Começo da Existência Legal das Pessoas Jurídicas .....................................23
4. Fim da Existência Legal das Pessoas Jurídicas ...........................................26
5. Desconsideração da Personalidade Jurídica ...............................................26
6. Grupos Despersonalizados ou Despersonificados .......................................36
7. Representação e Responsabilidade da Pessoa Jurídica ................................38
8. Domicílio da Pessoa Jurídica ...................................................................42
Questões de Concurso – FCC ......................................................................44
Gabarito – FCC .........................................................................................65
Gabarito Comentado – FCC ........................................................................66
Questões de Concurso – CESPE ................................................................ 103
Gabarito – CESPE ................................................................................... 110
Gabarito Comentado – CESPE .................................................................. 111
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Fatima Berenice Perassolo Almeida - , vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
https://www.grancursosonline.com.br
https://www.grancursosonline.com.br
4 de 127www.grancursosonline.com.br
DIREITO CIVIL
Pessoas Jurídicas
Prof. Dicler Forestieri 
PESSOAS JURÍDICAS
1. Conceito de Pessoa Jurídica
A pessoa jurídica é o conjunto de pessoas naturais ou de patrimônios, que 
visa a consecução de certos fins, reconhecida pela ordem jurídica como sujeito de 
direitos e obrigações. Para existir, são necessários três requisitos:
1) organização de pessoas ou de bens;
2) licitude de propósitos ou fins; e
3) capacidade jurídica reconhecida por norma.
Dessa forma, para que o ser humano possa atingir seus fins e objetivos lícitos, 
ele se une a outros formando agrupamentos. A esses grupos a lei atribui persona-
lidade jurídica distinta da de cada um de seus membros, capacitando-os a serem 
sujeitos de direitos e de obrigações.
Nesse sentido é que surgem as pessoas jurídicas, também chamadas de pes-
soas morais, pessoas coletivas, pessoas abstratas, pessoas místicas, pessoas civis 
ou pessoas intelectuais.
Existem algumas teorias que negam a existência da pessoa jurídica (teorias 
negativistas). Elas não aceitam que possa haver uma associação com personali-
dade jurídica própria formada por um grupo de indivíduos.
Por outro lado, as teorias afirmativistas, em maior número, procuram expli-
car esse fenômeno pelo qual um grupo de pessoas passa a constituir uma unidade 
orgânica, com individualidade própria reconhecida pelo Estado e distinta das pes-
soas que a compõem.
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Fatima Berenice Perassolo Almeida - , vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
https://www.grancursosonline.com.br
https://www.grancursosonline.com.br
5 de 127www.grancursosonline.com.br
DIREITO CIVIL
Pessoas Jurídicas
Prof. Dicler Forestieri 
As teorias da ficção podem ser divididas em duas categorias:
• Teoria da ficção legal: desenvolvida por Savigny, Considera a pessoa ju-
rídica uma criação artificial da lei, um ente fictício, pois somente a pessoa 
natural pode ser sujeito da relação jurídica e titular de direitos subjetivos. 
Sendo assim, entende que é uma ficção a extensão dessa capacidade às pes-
soas jurídicas, para fins patrimoniais. Constrói-se, desse modo, uma ficção 
jurídica, uma abstração que, diversa da realidade, assim é considerada pelo 
ordenamento jurídico.
• Teoria da ficção doutrinária: tem Vareilles-Sommières dentre seus adep-
tos. Entende que a pessoa jurídica não tem existência real, mas apenas in-
telectual, ou seja, na inteligência dos juristas. Sendo assim, trata-se de uma 
mera ficção criada pela doutrina. É uma variação da teoria da ficção legal.
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Fatima Berenice Perassolo Almeida - , vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
https://www.grancursosonline.com.br
https://www.grancursosonline.com.br
6 de 127www.grancursosonline.com.br
DIREITO CIVIL
Pessoas Jurídicas
Prof. Dicler Forestieri 
As teorias da ficção não são, hoje, aceitas. A crítica que se lhes faz é a de que 
não explicam a existência do Estado como pessoa jurídica.
Para aqueles que defendem as teorias da realidade, as pessoas jurídicas são 
realidades vivas, e não mera abstração, tendo existência própria como os indivídu-
os. Divergem os seus adeptos apenas no modo de apreciar essa realidade, dando 
origem a várias concepções, dentre as quais se destacam as seguintes:
• Teoria da realidade objetiva ou orgânica: sustenta que a pessoa jurídica 
é uma realidade sociológica, um ser com vida própria, que nasce por imposi-
ção das forças sociais. De origem germânica (Gierke e Zitelmann), proclama 
que a vontade, pública ou privada, é capaz de dar vida a um organismo, que 
passa a ter existência própria, distinta da de seus membros, capaz de tornar-
-se sujeito de direito, real e verdadeiro.
Os seus críticos dizem que ela não esclarece como os grupos sociais, que não 
têm vida própria e personalidade, característica do ser humano, podem adquiri-la 
e se tornarem sujeitos de direitos e obrigações. Além disso, tal teoria reduz o pa-
pel do Estado a mero conhecedor de realidades já existentes, desprovido de maior 
poder criador.
• Teoria da realidade jurídica ou institucionalista: defendida por Hauriou, 
assemelha-se à teoria da realidade objetiva pela ênfase dada ao aspecto so-
ciológico. Considera as pessoas jurídicas como organizações sociais destina-
das a um serviço ou ofício e, por isso, personificadas. Parte da análise das re-
lações sociais, e não da vontade humana, constatando a existência de grupos 
organizados para a realização de uma ideia socialmente útil (as instituições) 
sendo estes grupos sociais dotados de ordem e organização próprios. Recebe 
as mesmas críticas feitas à teoria da realidade objetiva ou orgânica.
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Fatima Berenice Perassolo Almeida - , vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores