A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Matriz extracelular

Pré-visualização | Página 1 de 1

Curso de Medicina – Fernanda Daumas 
 
Matriz extracelular 
 O QUE É MATRIZ EXTRACELULAR 
É uma rede estrutural de moléculas que junto com as células preenchem os tecidos. Os 
componentes da matriz são secretados e organizados pelas próprias células da matriz, por isso 
ela varia de acordo com o tecido. 
A matriz não é estática e alguns tecidos quase não possuem matriz. No caso do tecido epitelial 
a matriz é a lâmina basal. 
 
COMPONENTES ESTRUTURAIS DA MATRIZ 
• Proteínas fibrosas 
• Glicoproteínas 
• Proteoglicanos e GAGs 
• Lâmina basal 
 
 PROTEINAS FIBROSAS E GLICOPROTEÍNAS 
 -Colágeno: 
Formado por elastina. 
Da resistência a matriz e essa resistência pode variar de acordo com a forma que ele é 
organizado. 
Ele é formado por três subestruturas proteicas e se organiza em fibrilas que se juntam para 
formar fibras de colágeno. 
Dependendo do tecido essas fibras se organizam de forma paralela (função de resistência a 
tensão em tendões), organização perpendicular (na pele impede que ela se rompa e no osso 
impede a sua quebra). 
Ele é sintetizado em uma forma precursora e mandando para fora da célula. 
 
 -Fibras elásticas: 
Fibras que se expandem e também fazem parte da elasticidade da pele, por exemplo na artéria 
aorta que se expande pela pressão do sangue, quando o tecido da aorta fica mais rígido há o 
aumento da pressão. 
 
 
 PROTEOGLICANOS E GLICOSAMINOGLICANOS (GAGs) 
-As GAGs são muito grandes e constituídas por glicídios sempre ligado a uma proteína, um 
desses glicídios será aminado e o outro sulfatado, enquanto o outro terá um ácido urônico. Uma 
GAG especial é o ácido hialurônico (único GAG que não está ligado a proteína). Ele retém água 
devido a sua carga negativa, essa água forma um gel fazendo com que ele possa ser usado como 
cosmético. 
Devido ao seu tamanho eles não passam pela pele e por via oral ela será degradada em 
aminoácido no estômago e usada para outros fins. No entanto, são importantes para artrose 
pois funcionam como lubrificantes. 
 
 -Os proteoglicanos são proteínas contendo GAG (glicosilação), elas podem conter um GAG ou 
vários como a agrecana (serve para preenchimento de espaço e suporte mecânico). Todas as 
GAGs com exceção da hialurôna estão ligadas covalentemente a um núcleo proteico formando 
as proteoglicanas. O grupamento sulfeto dos GAGs atrai água puxando sódio e com isso puxam 
Curso de Medicina – Fernanda Daumas 
 
água junto e faz com que esse tecido fique hidratado. Alguns medicamentos usam GAG para 
acelerar o processo de cicatrização. 
 
 -ACIDO HIALURÔNICO OU HIALURONA: 
 É um GAG especial, pois sua estrutura é uma repetição sacarídea e retilínea e não possui 
grupamento sulfeto, mas é negativa por si só. Sua repetição sacarídea é enorme fazendo com 
que ele se enrole em torno de sua estrutura. Esse é o GAG que mais hidrata o tecido. 
 
 
LÂMINA BASAL 
É um tipo específico de matriz extracelular que geralmente separa dois tipos de tecidos. 
Também serve de substrato de ancoragem para célula do tecido em questão e fundamental a 
sobrevivência do tecido, além de constituir uma barreira física. 
A principal proteína que compõe a lâmina basal é a laminina. Ela se liga as células a ela mesma 
a proteoglicanos e colágenos. Ela é um elo de ligação que liga todos os componentes da lâmina 
basal as células. ''liga todos a todo mundo''.