A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
120 pág.
Slides Unidade V - Programação e Acompanhamento da Produção

Pré-visualização | Página 5 de 8

Emissão e Liberação de 
Ordens: 
Plano Mestre
de Produção
Longo Prazo
Médio Prazo
Curto Prazo
Plano de Produção
Programação da Produção
•Administração de estoques
•Seqüenciamento
•Emissão de ordens
Ordens
de
Compras
Ordens
de
Fabricação
Ordens
de
Montagem
Seqüenciamento e Emissão de Ordens 67
Emissão e Liberação
de Ordens
Ø A última atividade do PCP antes do início da
produção propriamente dita.
Ø Consiste na emissão e liberação das ordens de
fabricação, montagem e compras.
Ø Permitirão aos diversos setores operacionais da
empresa executarem suas atividades de forma
coordenada.
Ø Atender determinado PMP projetado para o
período em questão.
Seqüenciamento e Emissão de Ordens 68
Emissão e Liberação
de Ordens
Ø Até serem emitidas e liberadas, as ordens são
apenas planos que se pretendem cumprir. Uma vez
formalizada a documentação e encaminhada aos
seus executores, estas ordens entram na esfera
operacional do processo produtivo.
Ø Ações são tomadas e recursos alocados para a sua
efetivação, fazendo com que seja difícil e antieconômico
mudanças nesta programação.
Ø Desta forma, é conveniente que o PCP antes de formalizar
uma programação da produção verifique se todos os
recursos necessários para o atendimento destas ordens
estejam disponíveis, evitando que ordens sejam emitidas e,
por falta de recursos, não sejam atendidas.
Seqüenciamento e Emissão de Ordens 69
Emissão e Liberação
de Ordens - Responsabilidades
Ø As ordens de compra são encaminhadas ao
Departamento de Compras.
Ø As ordens de fabricação e montagem, antes de
liberadas, necessitam ser verificadas quanto a
disponibilidade de recursos humanos, máquinas e
materiais.
Ø Os recursos humanos e máquinas ficam a cargo dos
encarregados dos setores.
Ø A verificação da disponibilidade de matérias-primas,
peças componentes e ferramentas é a função que
cabe ao PCP realizar antes da liberação das ordens
de fabricação e montagem.
Acompanhamento e Controle da Produção 70
Acompanhamento e Controle 
da Produção
Ø O objetivo do acompanhamento e controle da produção é
fornecer uma ligação entre o planejamento e a execução das
atividades operacionais, identificando os desvios, sua magnitude
e fornecendo subsídios para que os responsáveis pelas ações
corretivas possam agir.
Ø Apesar de teoricamente os recursos necessários para a execução
dos planos de produção terem sido planejados e programados pelo
PCP, na prática, infelizmente, a ocorrência de desvios entre o
programa de produção liberado e o executado é a situação mais
comum.
Ø Quanto mais rápido os problemas forem identificados, ou seja,
quanto mais eficiente forem as ações do acompanhamento e
controle da produção, menores serão os desvios a serem
corrigidos, menor o tempo e as despesas com ações corretivas.
Acompanhamento e Controle da Produção 71
Planejamento Estratégico
da Produção
Plano de Produção
Planejamento Mestre
da Produção
Plano Mestre de Produção
Programação da Produção
•Administração dos Estoques
•Seqüenciamento
•Emissão e Liberação de Ordens
Ordens 
de
Montagem
Ordens 
de
Produção
Ordens 
de
Compras
Fabricação e Montagem
Departamento
de Compras
Pedido de Compras
EstoquesFornecedores
Departamento
de Marketing
Previsão de Vendas
Pedidos em Carteira
Ac
om
pa
nh
am
en
to
 e
 C
on
tro
le
 d
a 
 P
ro
du
çã
o
Av
al
ia
çã
o 
de
 D
es
em
pe
nh
o
Clientes
Acompanhamento e Controle da Produção 72
Acompanhamento e Controle 
da Produção
Ø A questão da velocidade com que deve se obter o
feedback das informações está associada ao tipo de
processo produtivo.
Ø Em processos contínuos, ou de produção em massa, o feedback
das informações deve ser rápido, com coleta de dados em tempo
real e acompanhamento on-line, pois em pouco tempo, dado a alta
velocidade produtiva, os desvios serão grandes.
Ø No outro extremo, nos processos por projeto, o feedback das
informações produtivas podem ser semanais ou maiores, visto que
os ritmos de alterações nas tarefas produtivas são desta magnitude.
Ø Entre estes dois extremos, nós temos os processos repetitivos em
lotes, em que a freqüência de coleta das informações deve ser
compatível com a velocidade de produção dos lotes.
Acompanhamento e Controle da Produção 73
Acompanhamento e Controle 
da Produção
Ø Cabe ressaltar que, a não ser que os desvios sejam muito
significativos, os replanejamentos devem ser evitados,
sendo empregados como último recurso pelo PCP, pois
sempre vale a pena exercer esforços para fazer validar os
programas preestabelecidos.
Ø Mudanças nos planos implicam em alterações em todo o
fluxo produtivo, com reflexo por toda a empresa. Desta
forma, podemos dizer que um sistema de acompanhamento
e controle da produção eficiente é reflexo da elaboração pelo
PCP de um programa de produção válido, baseado em um
PMP real, e sustentado por recursos equacionados
estrategicamente no Plano de Produção.
Ø Um programa de produção deve ser realístico.
Acompanhamento e Controle da Produção 74
Acompanhamento e Controle 
da Produção
Ø Uma questão importante quanto a validade do programa
de produção diz respeito à exatidão e a amplitude dos
dados empregados para compor os planos produtivos.
Ø Engenharia, Marketing, Compras e o próprio PCP devem
fornecer dados realísticos e exatos com relação a tempos
padrões, demandas, leadtimes internos e externos, níveis de
estoques, etc.
Ø As variações na tolerância dos dados devem ser definidas,
permitindo que desvios maiores do que as mesmas gerem
relatórios de exceção por parte do acompanhamento e
controle da produção, direcionando a atenção dos tomadores
de decisão para aquelas ações que se façam necessárias.
Acompanhamento e Controle da Produção 75
Acompanhamento e Controle 
da Produção
Ø Apesar do advento de computadores cada vez mais
potentes e de softwares sofisticados, a essência do
acompanhamento e controle da produção pelo PCP,
diz respeito ao emprego de pessoas qualificadas para
a identificação das exceções, planos de produção
consistentes, e ambiente produtivo organizado e
previsível.
Ø A máxima de que não devemos informatizar o "caos" é uma
realidade, a simples geração de dados não garante controles
eficientes.
Acompanhamento e Controle da Produção 76
Acompanhamento e Controle 
da Produção
Ø Cabe ainda ressaltar a questão da atribuição de
responsabilidade pelo cumprimento do programa de
produção e pelo acompanhamento do mesmo.
Ø Em sistemas convencionais o PCP têm responsabilidade
direta e exclusiva pela identificação dos problemas que
acarretem desvios com relação ao planejado, cabendo aos
setores produtivos apenas "esperar" novas instruções que
corrijam estes desvios.
Ø Em sistemas modernos, baseados na administração
participativa dentro da filosofia JIT/TQC, esta
responsabilidade é uma atividade conjunta entre o PCP e os
participantes do processo produtivo.
Acompanhamento e Controle da Produção 77
Funções do Acompanhamento 
e Controle da Produção
Ø O programa emitido é acompanhado e controlado pelo
PCP através das seguintes funções:
Ø Coleta e registro de dados sobre o estágio das atividades
programadas;
Ø Comparação entre o programado e o executado;
Ø Identificação dos desvios;
Ø Busca de ações corretivas;
Ø Emissão de novas diretrizes com base nas ações corretivas;
Ø Fornecimento de informações produtivas aos demais setores
da empresa;
Ø Preparação de relatórios de análise de desempenho do
sistema produtivo.
Acompanhamento e Controle da Produção 78
O Controle sob a Ótica do TQC
Ø O TQC define um processo como a reunião organizada de seis
fatores, ou causas, conhecidos como os "6M" no sentido de
gerar uma saída ou um efeito.
Máquina Mão-de-Obra Medida
Matéria-Prima Método Meio Ambiente
Custo
Qualidade
Entrega
Serviços
Causas Efeito
Processo
Itens de Verificação
Saída
Itens de Controle
Diagrama 
de
Ishikawa
Acompanhamento e Controle da Produção 79
O Controle sob a Ótica do TQC
Ø O desempenho de um processo pode ser avaliado
através de seus "itens de controle", os quais podem
ser definidos