A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Documentário envelhescencia - HAYANDS

Pré-visualização | Página 1 de 1

EM UMA FACULDADE DE TERESINA - PIAUI 
CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 
PROJETO INTEGRADOR: EPIDEMIOLOGIA E BIOESTATÍSTICA 
HAYANDS BATISTA ALVES 
hayandsbatistaalves@gmail.com 
 
QUESTIONÁRIO ENVELHESCÊNCIA: 
(Documentário completo) 19 de set. de 2018 
Estratégias para um envelhecimento ativo e significativo 
 
 
FIANDANESE, Ruggero; MARTINEZ, Gabriel. ENVELHESCÊNCIA (Documentário completo). 19 de set. de 
2018. Canal Envelhescência, YouTube. Disponível: https://www.youtube.com/watch?v=i4cLyLdK5EA. Acesso em 
13 jun. 2021. 
 
→ Assistir o documentário “envelhescência” que apresenta estratégias para um “envelhescimento” 
ativo e significativo e responder as questões abaixo: 
 
1. Qual o objetivo do documentário 
Que as pessoas não devem aposentar-se dos seus desejos, envelhecer é algo muito subjetivo e 
secundário. Nossos limites são construídos por nós mesmos e a idade não é barreira para impedir a 
concretização das suas vontades, desejos, prazeres, enfim, pois a liberdade de seguir, continuar e esquecer 
as barreiras que nós mesmos construímos, nos permitirá experimentar a vida mais leve. A beleza da velhice 
é seguir a própria vontade, rompendo paradigmas, estereótipos e crenças. Envelhecer é viver a vida em vida 
e não esperar a morte acontecer. 
2. Identifique duas situações de construção social para a longevidade. 
A busca da felicidade promove a longevidade, assim como a pratica de alimentar-se de forma 
adequada, para impedir a construção de radicais livres no organismo e intoxicar as células saudáveis. A 
promoção da saúde impede que as pessoas adoeçam. 
A construção social é gerada através das comunicações entre pessoas, compartilhamentos de ideais, 
resolutividades de questões coletivas. Podemos afirmar que esta mesma construção social se inicia a partir 
da criação, apoio e acolhimento familiar, sendo esse o porto seguro de qualquer pessoa, te traz segurança 
e autonomia para seguir em frente sem medo. 
A procura em conhecer e descobrir novos caminhos, novas descobertas, novas amizades, através 
de práticas de exercícios físicos, viagens, entretenimento traz ao ser humano a exploração de sua vicissitude 
junto com o outro ou sociedade. 
3 Apresente um viés epidemiológico desenvolvido no documentário 
Viés usado foi o “viés informativo” através da coleta de dados por meio de entrevista, onde o 
entrevistador faz a coleta de dados, os relatos de casos e informações dos relatos, diretamente ao público 
alvo, no caso deste documentário o público alvo são pessoas com mais de 60 anos. 
4. Qual a contribuição do “envelhescimento” ativo para o processo saúde doença 
Iria contribuir para o melhor entendimento de como o seu corpo responde aos estímulos com o passar 
da idade. O envelhecimento ativo acarreta na melhor qualidade de vida. Já o envelhecimento patológico 
acarretas em agravos, possibilita ao idoso a ideia de improdutividade e incapacidade, isso não gera 
vitalidade, capacidade, alegria e vibração. 
5. Você acredita que a mudança de comportamento apresentada no documentário teria um impacto 
significativo nos dados epidemiológicos? 
Sim. Pois se a maioria da população aderisse a esta contribuição social de forma coletiva, impediria 
que doenças se instalassem nas pessoas e os mesmos envelheciam sem comorbidades e assim teriam uma 
boa qualidade de vida até a sua morte. 
 
mailto:hayandsbatistaalves@gmail.com
https://www.youtube.com/watch?v=i4cLyLdK5EA

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.