A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Anatomia - Sistema Nervoso

Pré-visualização | Página 1 de 1

ANATOMIA Beatriz Guidugli Dal’ Pozzo – 2° Período 
MEDVET.BIAA 
Sistema Nervoso 
 
Responsável pela interação entre estímulo e 
resposta entre o organismo e o ambiente. 
Atua junto com o Sistema Imune e o Endócrino, 
pois possui glândulas importantes e controla a ação 
de outras glândulas do corpo. 
Comanda a ação de todos os outros sistemas por 
meio de impulsos elétricos transmitidos pelos 
neurônios. 
Conhecido como o órgão do comportamento, pois 
consegue entender o que está acontecendo e 
consegue responder a isso de maneira rápida. 
Possui duas classificações: 
 Anatômica – anatomia e suas divisões; 
o Sistema Nervoso Central e Sistema 
Nervoso Periférico; 
 Funcional – mais fisiológica. 
Controla músculos voluntários e involuntários. 
Suas funções são divididas em: 
 Complementação – coordenação das 
funções de outros órgãos. 
o Ex.: diminuição ou aumento da 
frequência respiratória e dos 
batimentos cardíacas, contração da 
musculatura, aumento e diminuição 
da pressão arterial. 
 Sensoriais – sensações gerais e especiais. 
Recolhe informações do ambiente externo 
por meio da visão, audição, tato e paladar e 
as processa. 
o Ex.: detecta dor, temperatura, 
pressão. 
 
 Motora – contrações musculares 
voluntarias ou involuntárias. Impulso 
elétrico chega na fibra muscular para poder 
realizar a contração muscular 
independentemente do tipo muscular. 
 
 
 Adaptativa – animal consegue se adaptar 
ao ambiente em que está situado. 
o Ex.: sudorese, calafrio. 
Classificação 
 Anatômica – dividida em central e 
periférico. 
 Funcional – dividida em somático e 
autônomo. Essa classificação depende do 
que está controlando, de qual é a sua função 
e em qual local é a sua atuação. 
Os dois possuem vias aferentes e eferentes 
 Funcional: 
 Sistema nervoso somático – controla a 
musculatura esquelética. 
o Vias aferentes levam a informação 
dos receptores periféricos (músculo 
ANATOMIA Beatriz Guidugli Dal’ Pozzo – 2° Período 
MEDVET.BIAA 
estriado) ao SNC e as vias eferentes 
levam a informação do SNC aos 
músculos esqueléticos; 
 Sistema nervoso visceral/ 
vegetativo/autônomo – realiza a inervação 
das vísceras, músculo liso e músculo 
cardíaco. 
o Vias aferentes levam a informação 
dos visceroreceptores ao SNC e as 
vias eferentes levam a informação 
do SNC até as glândulas, músculo 
liso e cardíaco. 
Sistema nervoso autônomo é subdividido em: 
 Sistema nervoso simpático – estimula 
ações que demandam de muita energia. É 
gastador. 
o Atua no susto liberando adrenalina 
por meio da glândula adrenal 
(localizada nos polos craniais do 
rim). 
 Sistema nervoso parassimpático – poupa 
a energia. É poupador. 
o Volta a energia para a digestão. 
*Possuem efeitos contrários nas vísceras. Um 
aumenta e o outro inibe* 
Sistema nervoso somático e sistema nervoso 
autônomo são diferentes no local de atuação, 
porém em ambos existem vias aferentes (da 
periferia para o SN) e vias eferentes (do SN para as 
periferia), porém são vias com sentido de 
condução diferente, contrário. 
Nervos: 
 Nervos do sistema nervoso somático 
controlam ações voluntárias resultantes da 
contração do músculo estriado esquelético. 
 Nervos do sistema nervoso autônomo 
realizam o controla ações involuntárias da 
atividade de estruturas viscerais como 
músculo liso, músculo cardíaco e glândulas. 
 Anatômica: 
Dividida em: 
 Sistema Nervoso Central e Sistema 
Nervoso Periférico 
o Central comanda tudo e o periférico 
transmite informações por meio de 
estímulos (liga todo o organismo 
centro fazendo essa interação de 
todo o organismo com o sistema 
nervoso central). 
 
Sistema nervoso central é dividido em 2 regiões: 
 Encéfalo – é tudo que está no crânio na 
abóboda craniana. Cérebro faz parte 
dele. 
o Dividido em 3 partes – cérebro, 
cerebelo e tronco encefálico. 
 Cérebro dividido em: 
telencéfalo e diencéfalo. 
 Diencéfalo 
dividido em: 
tálamo e 
hipotálamo 
 Tronco encefálico é 
dividido em: ponte, 
bulbo (medula oblonga) 
e mesencéfalo. 
 Medula Espinal – se encontra dentro 
da coluna vertebral no interior do canal 
vertebral. Continuação do bulbo. 
 
 
Sistema Nervoso Periférico: 
Composto por: 
 Nervos – saem da medula espinal e do 
encéfalo. 
o Divididos em – espinais (nervos 
com origem da medula espinal) e 
cranianos (nervos com origem no 
encéfalo). 
 Gânglios – emaranhados de corpos de 
neurônios. Realiza a inervação de 
determinada região do corpo. 
o SNC – denominados de núcleos. 
 Terminações nervosas – ramificações. 
ANATOMIA Beatriz Guidugli Dal’ Pozzo – 2° Período 
MEDVET.BIAA 
Cranialmente – saem nervos que irão para os 
membros torácicos. 
Caudalmente – saem nervos que irão para os 
membros pélvicos. 
 
Neuroanatomia microscópica 
Unidade funcional – neurônio. 
Neurônio possui as mesmas características de uma 
célula comum, porém realiza uma comunicação 
rápida a longa distância (impulsos elétricos). 
Formado por: 
 Corpo celular 
 Prolongamentos que recebem o impulso 
elétrico (dendritos). 
o Impulso elétrico chega no corpo 
celular por meio dos dendritos. 
 Corpo celular 
 Axônio 
 Telodendro (terminações do axônio sendo a 
sua parte final). 
Impulso chega nos dendritos passando para o corpo 
celular, para o axônio e por fim para o telodendro. 
 
 
Sistema nervoso central 
Composto por encéfalo e medula espinal. 
Encéfalo – cérebro, cerebelo e tronco encefálico. 
 Cérebro: 
Realiza o controle das funções mentais, visuais e de 
postura. Possui o córtex cerebral (porção externa) 
que é dividido em lobos. 
 Córtex cerebral possui um hipocampo 
(córtex frontal + lobos temporais) que é 
responsável pela memória. 
Formado por: 
 2 hemisférios cerebrais (direito e esquerdo) 
que se unem pelo corpo caloso. 
 Córtex cerebral – delimitado por girus 
(parte proeminente) e sulcos (fendas 
presentes entre os giros). 
 Núcleos (emaranhados de células nervosas 
presentes em sua base) 
 Rinencéfalo (lobo olfatório). 
Delimitado por fissuras (longitudinal e 
transversal): 
 Longitudinal – separa um córtex do outro, 
ou seja, separa os dois hemisférios; 
 Transversal – presente entre o cérebro e o 
cerebelo. 
Cérebro delimita os ventrículos laterais 
(cavidades) que possuem em seu interior os plexos 
corioides (produzem o líquor que protege o SNC). 
Toda a sua parte externa é composta por 
substância cinzenta (neurônio) e sua parte interna 
é composta por substância branca 
(prolongamentos nervosos denominados de tratos 
ou fascículos). 
 Na medula espinal é ao contrário – 
substância cinzenta encontrada no meio e 
substância branca encontrada na parte 
externa. 
 
Telodendro 
ANATOMIA Beatriz Guidugli Dal’ Pozzo – 2° Período 
MEDVET.BIAA 
 
- Encéfalo do cão (vista ventral). 
 
- Encéfalo do cão (Vista dorsal). 
 
 
Hipófise – se localiza na base do cérebro, 
caudalmente ao quiasma óptico (local de encontro 
entre os dois nervos cranianos ópticos). 
Hormônios produzidos por ela, controlam a ação de 
outras glândulas que secretam outros hormônios. 
 
 Cerebelo: 
Realiza a manutenção do equilíbrio e do 
movimento normal dos olhos. 
Composto pela “árvore da vida”. 
Dividido em 2 hemisférios cerebelares – direito e 
esquerdo. 
Em seu meio se encontra o verme do cerebelo. 
Ventral a ele se encontra o mesencéfalo, ponte e 
medula oblonga. 
Localizado caudalmente ao cérebro.