ok TPOA 22.02.11
12 pág.

ok TPOA 22.02.11

Disciplina:Tecnologia Poa - Leite E Derivados, Pescado16 materiais77 seguidores
Pré-visualização5 páginas
1m.
Peixes pequenos: no máximo 50cm.
Peixes de maior valor comercial: deve ser em torno de no máximo 60cm.
Se vc faz misturado: no máximo 1m dos maiores em baixo e dos menores em cima.
Porque eu tenho que respeitar essa altura: eu vou ter perda nesse tipo de armazenagem, tem perda por amassamento. Então pra minimizar essas perdas vc deve respeitar essas alturas.
Essas alturas são recomendadas, não são obrigatórios. Se vc fizer uma pilha de tamanho maior, vc vai conservar do mesmo jeito, só que é uma perda maior, porque nesse método, vc tem perda por esmagamento, por amassamento.

Existe um outro método de estocagem que vc também vai utilizar o gelo, que é o método que vc usa de prateleiras. É igual ao método anterior, vc vai fazer aquele traçado, vai arrumar as camadas alternadas de gelo – peixe – gelo – peixe – gelo, a última camada sempre de gelo. Só que nesse método aqui vc tem as prateleiras, isso garante que não vai passar daquela altura, então esse método aqui, as perdas por esmagamento, amassamento vão ser menores.

A proporção que vai se usar de gelo – peixe: normalmente se usa a proporção de 3:1. Ou seja, pra cada 3kg de peixe, 1kg de gelo. Mas vc pode usar outras proporções, em clima tropical, se for ficar mais tempo no mar, etc.

Esse método é igual ao método anterior só que vc tem uma perda menor.

Tem outro método que também vc faz a estocagem por gelo, que seria o melhor dos 3. Que é o que usa as carpas. É o mais indicado pras espécies de valor comercial maior. Por que: com caixa, vc tira a caixa direto e já leva pra comercialização ou pra industria, tem uma vantagem de ter a descarga mais rápida do que nos outros, nos outros ou vai ser içado no balde, ou jogado na caixa pra jogar lá pra cima, etc.
Vc tem menos perda na descarga no pescado.
É o método melhor do que os outros: porque essas caixas são padronizadas, e as alturas delas são menores, vc vai ter no máximo 25cm de altura. Elas são construídas de uma forma que elas encaixam uma sobre a outra mas elas não fazem peso umas na outras, então vc pode fazer uma pilha alta, mas elas não vão estar fazendo peso uma nas outras. E da mesma maneira vc vai ter aquelas camadas de gelo-peixe-gelo, então ela facilita no transporte e na comercialização. Mas ela é mais usada quando vc tem espécies de valor de comercialização mais alto.

(As pessoas usam mais o método agranel).

Outro processo que é utilizado:
	Isopor. Eles vão armazenando os peixes, colocando gelo, e depois a ultima camada cobre com gelo. Estando no isopor, ajuda a conservar mais ainda.

O segundo método:
	Gelo e refrigeração mecânica.
	Nesse método o que vamos fazer: no primeiro método, vimos somente o uso do gelo. Aqui vamos ter um sistema de refrigeração mecânica e gelo, é uma câmara frigorifica, mas tem que ter o gelo também, porque se vc pegar o pescado e colocar ele direto na câmara frigorifica sem o gelo, ele vai desidratar, então vai alterar a aparência dele. O gelo serve pra manter o brilho e a umidade superficial do pescado. Vc não deve colocar o peixe direto na câmara frigorífica, tem que ter um gelo pra manter as características dele.

Terceiro método
	Usa tanques (ou containers) com água do mar refrigerado. Que são feito de alumínio, cimento, fibra de vidro, tem um isolamento de poli uretano e tem um reforço externo de fibra de vidro.
	Esses tanques funcionam como se fossem um container ali de armazenamento do pescado.
Como ele vai manter esse pescado resfriado: com a água do mar.
A água do mar pode ser refrigerada de 2 formas:
- pelo gelo
- por um sistema de refrigeração mecânica (que é o tanque com água do mar refrigerado por serpentina).
São 2 tipos de tanques diferentes mas que fazem a mesma coisa, ou seja, resfriamento do pescado.

Qual é a grande vantagem de vc ter esse resfriamento com água do mar refrigerado: isso é feito num tanque, com água do mar refrigerado. O que não vai acontecer nesse sistema aqui que é um problema nos outros que vimos: (problema das pilhas: esmagamento.)
. Aqui, não temos as perdas por esmagamento.
. O resfriamento vai ser mais homogêneo (nos tanques). Ocorre de maneira mais homogênea, porque a distribuição de gelo a granel não é homogênea, e aqui nos tanques vc vai ter um resfriamento ocorrendo de maneira homogênea.

1º tipo: tanque com água do mar refrigerado pelo gelo
	Vc tem o tanque, esse tanque sai com 1/3 da sua capacidade levando gelo. Antes de fazer a captura, eles vão bombear a água do mar pra dentro do tanque, vai homogeneizar essa água e o gelo (resfriam a água) ai então eles completam mais 1/3 desse tanque com água do mar. E o restante vai ser com o pescado (1/3).
	
Vantagem de usar a água do mar pra refrigerar esse pescado:
- Vc consegue manter o pescado numa temperatura mais baixa (0-1ºC) e essa água não vai congelar por causa da alta concentração de sal.
Isso aumenta o tempo de conservação do pescado, vc consegue manter o pescado em temperaturas mais baixas porque vc não tem esse congelamento (a água do mar por conta da alta concentração de sal vc mantém ela em temperaturas mais baixas).

2º tipo: tanque das serpentinas
	O que tem de diferente em relação ao primeiro: nesse aqui, a água do mar é refrigerado por um sistema mecânico, um sistema de refrigeração, então eu não preciso levar gelo.
Isso é bom por que: Diminui o peso, pois quanto mais pesada a embarcação tiver, mais ela gasta de combustível, então ela não vai com tanto peso e não vai gastar tanto combustível.
Desvantagem: é um método mais caro, sistema de instalação mais caro.

Isso são métodos mais modernos, não são todos os barcos que possuem isso.

Outra vantagem: a descarga desse pescado é mais rápida, isso é feito por sucção, eles tem uma tubulação que é acoplada a esse tanque e esse pescado é sugado pra fora dos tanques. Isso faz com que a descarga seja feita mais rápida, e na descarga é onde agente tem mais perdas em relação ao pescado. Então agente consegue reduzir as perdas.

Essas serpentinas fazem a diminuição da temperatura da água. A descarga (retirada do peixe dos tanques) vai ser igual, é uma tubulação que é encaixada nesses tanques, que vai fazer a sucção dessa captura pra fora do tanque, com isso a descarga ocorre mais rápida, diminuindo as perdas que ocorrem durante a descarga do pescado.

O 2º tanque, pra essa água do mar ser refrigerada, ele tem que ter um sistema de refrigeração mecânica, esse sistema é um sistema frigorifico.

Sistema frigorífico: sistema de refrigeração mecânica.
(pegar desenho)
Sistema de refrigeração mecânica é um sistema de captação e transferência de calor, ele vai captar calor de um lado e vai transferir esse calor de outro lado. É um sistema fechado, porque nesse sistema vai circular um gás frigorigênico. Vamos ter um compressor que é composto de 2 válvulas: 1 de aspiração e outra de compressão. De um lado temos uma serpentina e do outro lado temos outra serpentina. Válvula de expansão. Reservatório de gás frigorigenico líquido (porque o que vai estar circulando nesse sistema é um gás frigorigenico, esse sistema faz captação e transferência de calor, pra ele fazer isso, significa que vai ter mudança de estado físico). Como vai ser a captação e transferência de calor: aonde eu tenho os alimentos armazenados, ou seja, onde eu quero manter a temperatura baixa, o sistema vai captar calor. O gás onde vc tem os alimentos (onde quero manter a temperatura baixa) ele vai captar/absorver o calor dali. A válvula de aspiração do compressor vai aspirar esse gás e depois a válvula de compressão vai comprimir esse gás. Se de um lado ele captou calor, do outro lado ele vai transferir esse calor. Toda vez que um gas perde calor e é bruscamente comprimido, ele vai mudar de estado. Entao vc vai ter de um lado o gás frigorigenico na forma liquida, por isso eu tenho um reservatório de gás frigorigenico na forma liquida. Agora ele precisa entrar do outro lado de forma que ele capte calor. Como ele perdeu calor e mudou de estado físico, eu tenho do outro lado um sistema de alta pressão. Pra esse gás frigorigenico absorver