A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
nacionalidade - mapa mental

Pré-visualização | Página 1 de 1

NACIONALIDADE
 br natos: (originária 
 ou primária)
 br naturalizados: (derivada ou 
 secundária)
 distinções entre br natos e 
 naturalizados somente nos 
 casos previstos na CF!
 cargos privativos de br nato
 nascidos no BR de pais estrangeiros não 
 estando a serviço de seu país
 nascidos no estrangeiro de pai/mãe br a 
 serviço do BR
 nascidos no estrangeiro de pai/mãe br 
 registrados em repartição br ou venham a 
 residir no BR e optem pela nacionalidade 
 br depois da maioridade
 originários de países de língua 
 portuguesa > exigida residência por 1 ano 
 ininterrupto + idoneidade moral 
 estrangeiros de qualquer nacionalidade > 
 residência há mais de 15 anos 
 ininterruptos + sem condenação penal, 
 bastando a sua manifestação (direito 
 subjetivo)
 Presidente e vice da República, Presidente 
 da CD e do SF
 Ministro do STF e de Estado da Defesa
 oficial Forças Armadas
 carreira diplomática
 vínculo jurídico-político de 
 direito público interno
 todo homem tem direito a uma 
 nacionalidade; ninguém será 
 arbitrariamente privado de sua 
 nacionalidade, nem do direito 
 de mudar de nacionalidade
 adotado no BR a forma de 
 aquisição "ius soli" como regra; 
 exceções o do "ius sanguinis" e 
 abrange o critério funcional (CF 
 art 12,I)
 STF: a homologação por sentença judicial 
 de opção pela nacionalidade br possui 
 efeitos ex tunc
 naturalização ordinária
 naturalização extraordinária ou 
 quinzenária
 CARGOS OCUPADOS POR BR NATO: 
 Presidente e vice do Tribunal Superior 
 Eleitoral, Presidente do CNJ, membros do 
 Superior Tribunal Militar, membros br 
 natos do Conselho da República, 
 propriedade de empresa jornalística e de 
 radiodifusão, chefe do Estado Maior 
 Conjunto das Forças Armadas
 admitida extradição de 
 naturalizado em caso de crime 
 comum praticado ANTES da 
 naturalização ou de 
 comprovado envolvimento em 
 tráfico ilícito de entorpecentes e 
 drogas afins
 critério "jus soli": mais de uma 
 nacionalidade originária; 
 critério "juis sanguinis" filho de 
 nacional de outro país poderá 
 ser nato nesse país
 cabe ao STF processar e julgar, 
 originariamente a extradição solicitada 
 por Estado estrangeiro
 pressupostos da extradição: 1. o crime não 
 pode ser político ou de opinião 2. o crime 
 deve ter tipificação tanto no país de 
 origem quanto no BR 3. a pena de 
 restrição de liberdade não >40 anos 
 o br nato não será extraditado, entretanto 
 poderá perder a condição de br ao 
 adquirir outra nac. nessa condição poderá 
 ser extraditado > perda de nac de br nato é 
 declarado por meio de Portaria do 
 Ministério da Justiça
 não impede a extradição a circunstância 
 de ser o extraditado casado com brasileira 
 ou ter filho brasileiro
 perda da 
 nacionalidade (
 efeitos ex nunc)
 cancelada naturalização por sentença 
 judicial > atividade nociva ao interesse 
 nacional 
 adquirir outra nacionalidade, salvo: a) 
 reconhecimento de nacionalidade 
 originária b) imposição de naturalização
 reaquisição: uma vez cessada a causa, 
 poderá readquiri-la ou ter o ato que 
 declarou a perda revogado, na forma 
 definida pelo Poder Executivo
Guest
FreeText
@concursadinha

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.