Pré-visualização5 páginas
tem recidiva de novo, etc.

2 coisas que eu recomendo: Não tratar com antibiograma.
		 Toda cultura de útero, vc solicitar também pra fungo, não solicita só pra bactéria, porque a maior parte das infecções são mistas. Então pedir cultura tanto pra bactéria quanto pra fungo.

Citologia uterina
Citologia uterina, porque um procedimento convencional em cadela é a citologia vaginal. A citologia vaginal tem objetivo de avaliar a fase do ciclo estral. Na verdade vc pode fazer em qualquer espécie, vc faz muito no cão porque nele vc não tem muito acesso.
O nosso objetivo aqui não é avaliar a fase do ciclo, afinal, quando eu falo em citologia uterina eu tenho acesso ao útero eu já palpei e já sei a fase do ciclo estral que aquela fêmea se encontra.
Então o objetivo da citologia uterina é um diagnostico rápido, fácil e barato de endometrite, ajuda agente a direcionar.
É um exame pratico, porque vc tendo um microscópio vc faz até na fazenda, vc leva o microscópio, leva um corante, cora na hora, coloca no microscópio e vê.

Como faz pra coletar o material:
Swab: a mesma história do swab. A diferença é que uma vez que vc terminou de coletar, vc vai pegar o seu swab, rolar na lamina 2 a 3 fileiras, e quando terminou, vc vai corar a sua lamina.

Uma alternativa é coletar o material utilizando ao invés de usar o swab, usar a escova ginecológica, é como se fosse uma escova de lavar mamadeira de criança. A coleta é idêntica ao swab, vai encaixar no suporte, atravessar a cérvix, rolar lá dentro, puxar pra proteger a escova e pronto. A diferença pro suporte pro swab é a quantidade de material coletado. A quantidade de material que vc coleta com a escova é maior, a sua lamina fica bem mais rica em células.

Outra forma de coleta: lavado. É idêntico a forma que agente falou, não muda nada na forma de coleta, só tem um porem: vc vai retirar aquele líquido, o que vc vai fazer: vc tem que centrifugar. Então o lavado é um material riquíssimo, (melhor em quantidade de material pra fazer citologia), mas em compensação: perde a característica pratica do exame, porque vc tem que carregar uma centrífuga, não sendo pratico. A coleta por lavado, como vc tem essa dificuldade, agente faz para experimento (serie de mestrado, estudos, etc. ai tenho mais material pra observar).

(não precisa decorar) E ai vc vai corar a sua lamina, o método que vc vai usar é o que mais se adaptar a sua realidade, como por exemplo, panótipo é muito usado (diff quick) que é o método rápido. Agente pode usar qualquer método que se adapte a nossa realidade e que seja prático.

Tem o método modificado do colar que demora 40 minutos pra fazer a coloração, a lamina fica linda, mas não é pratico. Então esse método agente trabalha quando estamos fazendo um experimento (MGG, azul de metileno, etc.).

O que eu espero encontrar na minha lamina de citologia: células. Diferentes tipos celulares.
Por exemplo, eu posso encontrar células epiteliais, não é o meu objetivo porque as células epiteliais só vão me dizer se a égua esta cíclica ou não (porque eu já fiz a palpação retal, então eu já sei). Mas esse exame vai me dar células epiteliais e eu vou saber se essa fêmea está ciclando ou não.
A célula que agente mais procura é a presença de neutrófilos. Se agente está fazendo um diagnostico rápido pra endometrite, o processo inflamatório/infeccioso vem muitos neutrófilos. Só não pode esquecer que vc tem a defesa normal no útero, então por exemplo: fêmea no cio tem as defesas aumentadas, pode ter um pouco mais de neutrófilo, pra isso existe uma graduação (ex. 10 neutrófilos por campo é uma endometrite, se tiver 2 neutrófilos não tem problema, etc.) mas na maioria das vezes quando vc tem endometrite, vc olha a lamina e está lotada de neutrófilos.
Agente pode encontrar ainda outros leucócitos como macrófagos, linfócitos, eosinófilos.

A célula que agente encontra ajuda agente a definir ate o que está causando.
Ex. se eu encontro muito eosinófilo eu sei que está acontecendo uma irritação, o eosinófilo está muito presente quando tem irritação, como pneumovagina, urovagina. Essas alterações que podem irritar a mucosa podem levar ao aparecimento de eosinófilo.

Agente pode encontrar também hemácia, que é muito comum no pós-parto, que é normal, fisiológico.
Mas a hemácia também pode ser encontrada na endometrite grave.

Outra coisa que podemos encontrar: cristais de carbonato de cálcio, isso indica refluxo de urina.
Se vc fez um swab e encontra cristal na sua lamina, é porque tem presença de urina no útero. Tem urovagina com refluxo de urina no útero.

Vc pode encontrar o agente, a bactéria, a levedura, o fungo, (é claro que vc não consegue identificar, vc vai ver ex. bastonetes) e ai vc vai direcionar o seu tratamento.
Ex. tem neutrófilo, estou encontrando bastonete, é um processo infeccioso, uma bactéria, vou fazer uma cultura com antibiograma.

É um exame que te direciona, te leva pra fechar o diagnostico, pra te ajudar no tratamento principalmente.