RESUMO G2 - BASEADO NO LIVRO PRINCIPAL
5 pág.

RESUMO G2 - BASEADO NO LIVRO PRINCIPAL

Disciplina:COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR395 materiais10.478 seguidores
Pré-visualização1 página
Cap 9: Comprar e Descartar (sustentabilidade)
Atmosfera (pg 387): “design consciente do espaço e de suas várias dimensões para evocar certos efeitos nos compradores.”
Coconsumidores (pg 375): freqüentadores de um ambiente
Compra não planejada (pg 389): “ocorre quando uma pessoa não conhece o layout da loja ou talvez quando está com um pouco de pressa
Compra por impulso (pg: 389): quando o consumidor vivencia uma súbita necessidade que não consegue resistir
Economia secundária (pg 398): vendedores de produtos usados
 Escassez de tempo (pg 376): mais percepção do que fato
Espaço de estar (pg 384): sala de estar comercial para relaxar
Estímulo no ponto de venda (pg 389): para vender por impulso
Rituais de despojamento (pg 399): perder o apego material
Reciclagem lateral (pg 398): um consumidor troca alguma coisa que lhe pertence por alguma outra coisa que alguém possua. É importante reutilizar, pois normalmente jogamos fora.
Tematização de varejo (pg 384): fazer compra virar entretenimento ao transformar loja em “mundo fantasia”
Teoria das filas (pg 378)
Se um consumidor está insatisfeito: 3 ações...
Resposta expressiva, particular ou de terceiro (pg 396)
Modelo de desconfirmação de expectativa (pg 394): crenças e expectativas sobre o produto antes de usá-los (pode superar, igualar ou passar expectativa)
Cap 10: Grupos (formação + processos)
Grupo de referência (pg. 408): é um indivíduo ou grupo que tem relevância significativa para as avaliações e comportamento de um indivíduo.
Por associação (pg 413): pessoas que conhecemos
Por aspiração: não conhecemos, mas admiramos
Fatores na pg 414
Formas de PODER (pg. 410)
Efeito nome-letra (pg 411) bobo, iniciais
Comunidade/ festa de marca (pg 412)
Tribos de consumidores (pg 412): grupo de pessoas que compartilham um estilo de vida e que são leais a uma mesma atividade ou produto (Harley Davidson)
Estratégia de marketing tribal (pg 413): ligar produtos a tribos específicas
Grupos de referência POSTIVA ou NEGATIVA (pg 414)
Desindividualização + Omissão Social (pg 415)
Polarização da decisão (pg 415): cada vez mais extrema após as conversas
Festas de compras domicilares usam pressão social para impulsionar compra
CONFORMIDADE (pg 417): mudança de crenças ou ações como reação à pressão real ou imaginária do grupo.
Busca do indivíduo para ficar dentro das normas e regras
Exemplos de “CULPADOS” por imitarmos os comportamentos dos outros
Conhecedor de mercado/ líder de opinião (pg 418-420)
Boca a boca negativo e fatores (pg 426)
Sabedoria das massas (pg 430): o grupo é mais sábio do que a pessoa mais sábia do grupo.
Compras em bando (pg 432): barganha
Marketing de guerrilha (pg 433): estratégias promocionais que usam meios e locais não convencionais para empurrar produtos. Cria “emboscadas”.
Marketing viral (pg 435): usuário compartilhar site com amigos

Cap 11: Tomadas de decisão domésticas e organizacionais
Iniciador usuário (pg 446)
Profissionais de marketing b2b
Crowdsourcing (pg 451): terceirização da solução de problemas não para uma empresa, mas para o mundo. (crowdfunding, similar...)
Famílias e taxa de fertilidade (pg 452)
Ciclo de vida familiar/ compras (pg 453)
Decisão de compra consensual: todos os membros concordam a respeito da compra
Decisão de compra por acomodação: conflito antes da escolha
Fatores que determinam nível de conflito (pg 459)
Executivo financeiro familiar (pg 461) são mulheres nas famílias de baixa renda (homem ganha, ela gasta)
Demais teorias: (pg 462-470)

Cap 12: Renda e Classe Social
Renda discricionária (pg 484)= acima da qual ele precisa para manter padrão de vida confortável
Mesquinhos, perdulários, etc. 3 grupos:
Que sonham com a marca
Que tem dinheiro mas gostam de negociar
Os que só podem pagar por preços baixos
Status atribuído: nascer em berço de ouro
Status conquistado: novo rico
Existe uma HIERARQUIA DE STATUS dentro dos grupos
Mobilidade social (pg 490): passagem do indivíduo de uma classe social p outra
Produtos de massa com estilo ou ostentação para as classes de massa (pg 495)
LUXO (pg 497)
Cultura de gosto: consumidores em termos de suas preferências estéticas ou intelectuais.
Problemas com classes e segmentação (final do capítulo)

Cap 13: Subculturas étnicas, Raciais e Religiosas
Subculturas (pg 516): membros compartilham crenças e experiências que os separam dos outros
Subcultura étnica (pg 517): grupo autoperpetuado de consumidores que se mantêm juntos por meio de laços culturais ou genéticos comuns e é identificado por seus membros e pelos outros como uma categoria distinta. Tem pouco no Japão (todos iguais) e muito no Brasil, que é miscigenado.
Aculturação (pg 523): processo de adaptação a culturas novas
Cultura hospedeira (a cultura nova)
Modelo de aprendizagem progressiva (pg 524)

Cap 14: Subculturas etárias
Coorte de idade (pg 540): consiste em pessoas de idade semelhante que passaram por experiências parecidas.
Estratégia de marketing multigerações (pg 541)
Quatro hábitos dos adolescentes (pg 543) (revoltados, inocentes, etc...)
Digitais de nascença (pg 545)
Novas tendências por causa da internet
Regras de comprometimento com jovens consumidores (topo pg 546)
Tweens= 8-14 anos
Palavra “legal”/ cool (pg 548)
Gerações + idosos (pg 549- 558)
Cap 15: Influências culturais no comportamento do consumidor
Cultura (pg 568)= “personalidade de uma sociedade”
Ela evolui, mescla velhas e novas ideias
Sistema cultural e seus componentes (pg 569)
Quatro dimensões
Distância do poder, rejeição da incerteza, masculinidade/ feminilidade e individualismo.
Mito (pg 572): história que contém elementos simbólicos que representam emoções e ideias embutidos em uma cultura
Função e estrutura de mitos (pg 574)
Monomito= mito presente em muitas culturas
Ritual (pg 576): conjunto de comportamentos múltiplos e simbólicos que ocorrem numa sequencia fixa e que tendem a ser repetidos periodicamente.
Ritual de cuidado com a aparência (pg 580), de oferecimento de presentes, de feriados (pg 583), de passagem (pg 585)...
Sacralização (pg 587) e consumo sagrado/ consumo profano etc.

Cap 16: Influências culturais no comportamento do consumidor
Instrumentos de movimento e destinos do movimento (pg 602)
Processo de produção de cultura (pg 603) o que está na moda?
Seleção cultural: Processo de concepção ao consumo
Sistema de produção de cultura: conjunto de indivíduos e organizações responsáveis pela criação de marketing de um produto cultural. 604
Guardiões/ especialistas culturais (produção vs. filtro)
Arte (alta arte, artesanal, etc.) (pg 606)
Engenharia da realidade (pg 608): ocorre quando profissionais de marketing se apropriam de elementos da cultura popular e os utilizam como veículos promocionais. Exemplo: colocar produtos em filmes (inserção de produtos)
Entretenimento de marca (pg 610): evolução da inserção de produto
Advergaming: jogos online com propagandas interativas
Inovação/ inovação contínua/ descontínua (pg 615)
Sistema de moda (pg 617)
Ciclo de aceitação da moda (pg 622)
Modismo (curta duração) ou tendência? (pg 623-5)
Estratégia padronizada ou globalizada (pg 628)
Estilo de consumidor (pg 629): padrão de comportamentos que influenciam as atividades de consumo de uma pessoa
Consumidores globais (categorias) (pg 631)
Ética de consumo globalizada (pg 633)
Crioulização (pg 635): influências estrangeiras são absorvidas e integradas a significados locais