Resumo TGA G2 (Completíssimo)
6 pág.

Resumo TGA G2 (Completíssimo)

Disciplina:TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO1.918 materiais109.259 seguidores
Pré-visualização2 páginas
TGA G2
TEORIA DE SISTEMAS
Homem funcional
Pessoas desempenham papéis dentro da organização
Tem expectativas próprias e dos demais membros
Relaciona-se com indivíduos dentro da organização levando em conta o ambiente externo
Define organização como sistema aberto
Sistemas fechados tinham pouca entrada e saída
Determinístico: não interage com ambiente externo
Visão integrativa
Mundo não é mais visto como 100% previsível
Mostra a diferença de organismos e organizações
Entrada de um estímulo é processada e resulta em uma resposta
Cibernética= sistema de organização de processamento de informação e controle
Flexibilidade na organização
Capacidade de se adaptar às mudanças
Aprimoramento da percepção comum do ambiente externo
Importância da cultura organizacional
Homeostase dinâmica
Manutenção do equilíbrio por ajustamento constante
Entropia
Processo no qual sistema (ou suas partes) perde sua integração e comunicação, levando-o à desorganização
Sinergia
Duas ou mais partes atuando conjuntamente

NEOCLÁSSICA (começo da administração moderna)
Administração por objetivos
Trocas dos meios pelos fins
Preocupação com os resultados finais
Hierarquia dos objetivos
A elaboração dos objetivos adequados determina o sucesso ou fracasso da organização
Principais conceitos:
ênfase na prática da administração;
reafirmação relativa das proposições clássicas;
ênfase nos princípios gerais de gestão;
ênfase nos objetivos e resultados.
ecletismo nos conceitos
Maior participação dos funcionários
Centralização
O quanto mais perto ao topo as decisões são tomadas
Descentralização
Menor supervisão nas decisões, mais autonomia
Decisões tomadas por níveis hierárquicos mais baixos
Fixação dos objetivos
Entre executivo e superior
Entre cada departamento e cargo
Interligação entre os objetivos de departamentos
Autocontrole e auto-avaliação
Ciclo= contínua revisão e reciclagem dos planos
Redefine regras quando está sob pressão ou em crise
Mensuração e controle de resultados
Staff
Homem administrativo (suficiente, não precisa do máximo)
Ênfase na estrutura e prática administrativa
Planejar, organizar, dirigir e controlar
Terms
Diversificação funcional= conseqüência da divisão do trabalho maior
Cadeia escalar= função de comando em vários níveis
Delegação= transferir autoridade para baixo
Estudos sobre autoridade, responsabilidade e delegação
Drucker
Gestão pode ser aprendida
Empreendedor
Linear
Indiciada para empresas pequenas, rotineiras e com vida curta
Funcional
Indicado para pequenas ou quando se pode delegar autoridade facilmente
Linha-staff
Fusão da organização linear com a funcional
Staff= todas as áreas sem ser as da atividade principal da empresa
Serviços
Consultoria
Monitorizarão
Planejamento e controle
Comissão= grupo que desempenha alguma atividade específica
Substituídas, eventualmente, pelo conceito de equipes
Departamentalização: por funções, geográfica, produtos, clientes, processos e projetos
Crítica= mais utilizada, pois permite incorporar especialistas à organização a um custo razoável, quando seus serviços são indispensáveis

Ensinamento 1 – AUTOGERENCIAMENTO: Empresas estão passando por mudanças radicais em suas estruturas, no trabalho que elas desenvolvem, no tipo de conhecimento que elas precisam e no tipo de pessoas que elas empregam. Com novas necessidades e objetivos, Drucker diz que hoje precisamos nos autogerenciar mais do que em qualquer época. 
Ensinamento 2 – O QUE FAZEM OS LÍDERES EFICICAZES?: Drucker descobriu, em seus 65 anos de experiência em consultoria, o que os líderes eficazes têm em comum. Mais do que ter um mesmo estilo, esses líderes exemplares têm práticas similares e elas estão dentro de três grandes áreas: a primeira área consiste em práticas que dão aos líderes o conhecimento que eles precisam. A segunda área dá a eles a ajuda necessária para transformar esse conhecimento em ação. E por último, na terceira área, estão as práticas que asseguram que toda a organização sinta-se responsável e comprometida.
Ensinamento 3 – A DISCIPLINA DA INOVAÇÃO: Quanto de inovação é inspiração e quanto é trabalho pesado? A criatividade dos empreendedores, segundo Drucker, nasce do comprometimento com a prática constante da inovação.

COMPORTAMENTAL
Homem administrativo
Influenciada pela escola behaviorista
Desdobramento da escola RH
RH era focada em grupos
Comportamental foca no comportamento individual
Motivação/satisfação para aumentar a produtividade
Fatores
Higiênicos
Levam a insatisfação ou não-insatisfação
Condições e ambiente de trabalho (contexto do cargo)
Ex: Salário, condições físicas, etc.
Motivacionais
Levam a não-satisfação e a satisfação
Natureza das tarefas e conteúdo do cargo
Auto-realização, reconhecimento profissional , etc
Teoria X e Y possuem diferentes concepções a respeita da natureza humana
Formas diferentes de aumentar a produtividade
Uma quer controlar as pessoas
A outra quer motivar e acredita no potencial das pessoas
3 sistemas de administração
Autoritário coercitivo
Controla rigidamente tudo que ocorre
Autoritário benevolente
Menos rígido que o anterior
Consultivo
Envolve maior participação e integração dos membros
Participativo
Totalmente descentralizado, topo define políticas e controla resultados, apenas isso.
Todo indivíduo é tomador de decisão (enfatiza o processo decisório mais)
A dissonância cognitiva ou a escassez de informação influencia no processo de decisão

CONTIGENCIAL
Homem complexo
Homem é visto como um sistema aberto, que leva em conta o ambiente externo, modificando suas percepções, valores, características, etc.
“Organização é fruto do ambiente, mas ao mesmo tempo também o influencia.”
Organização também tem influencia no ambiente
Organizações se moldam ao ambiente, mas ainda não antecipam ou criam os ambientes
Math
Característica ambiental= variável independente
Característica organizacional= variável dependente
Mudança no ambiente e tecnologia mudança na estrutura
Ambiente= diferentes clientes, concorrentes, etc.
Tecnologia= processos e estrutura física
Estrutura: homo ou hetero
Dinâmica: estável ou instável
A tecnologia adota pela empresa determina sua estrutura e comportamento organizacional
Reúne tudo que a outras teorias já falaram, passando por uma lente da teoria de sistemas.
“Se, então”
Estruturas
Adhocracia= flexibiliza organização para alcançar determinados fins
Horizontal
Poucos níveis
Descentralização
Poucas regras, políticas e procedimentos
Matricial
Combinação de 2 formas de departamentalização
Tem o propósito de completar algum tipo específico de projeto
Equipes
Delegação de autoridade
Funcional cruzada= reunião de pessoas de diferentes departamentos
Permanente= constituídas como se fossem departamento formais
Redes
Tarefas são organizadas de maneira transnacional
Ambiente de tarefa ou microambiente
Fornecedores
Clientes
Concorrentes, entrantes e substitutos
3 tipos de tecnologia
Elos em seqüência
Processo produtivo que tem que ser feito em uma determinada seqüência para chegar ao produto final
Linha de montagem
Mediadora
Produto abstrato que pretende ligar um cliente a outro
Ex: bancos, propaganda, telefone
Intensiva
Customização do produto para cada indivíduo
Abordagem da teoria da contingência
Ex: hospital

Técnicas modernas de gestão
Benchmarking
Downsizing
EMPOWERMENT
Gerenciamento com foco na qualidade
Learning organization
Modelo de excelência em gestão
Reengenharia
Terceirização

TEORIA DO CAOS E DA COMPLEXIDADE
Surgimento: contingencial não estava conseguindo explicar algumas mudanças
Máquinaorganização organismoorganização cérebro
Nova lógica: org não querem se adaptar à sociedade. Elas tentam fazer com que a sociedade se adapte a elas. “criar o ambiente”
Inovação
Se antecipar às mudanças + novas tendências
Obter diferenciação
Destruição criativa
Fazem produtos ficarem obsoletos para estimular o consumo de novos
Complexidade: quando chegam a pontos distantes do equilíbrio, ao caos, inicia-se um processo de auto-organização, instabilidade que leva a uma nova forma. Inovação.

	ASPECTOS PRINCIPAIS
	TEORIA NEOCLÁSSICA
	TEORIA COMPORTA-MENTAL
Carregar mais