Exercicios de Fisica
97 pág.

Exercicios de Fisica


DisciplinaFísica I27.416 materiais906.735 seguidores
Pré-visualização35 páginas
m, emitindo uma nota musical de 
freqüência ncia f = 1,0 kHz. Considerando que a 
velocidade do som é v = 340 m/s, determine a dis-
tância Y, em centímetros, correspondente ao primei-
ro mínimo de interferência sobre um anteparo colo-
cado à distância D = 10 m? 
 
 
29. (UFPE 2009) Se tivermos um campo elétrico 
maior que 1 x 10
6
 N/C num ambiente com certa u-
midade, íons serão rapidamente formados resultando 
pequenas centelhas (nessas condições o ar torna-se 
um condutor). Qual o raio mínimo (em cm) que po-
de ter uma esfera condutora para armazenar uma 
carga Q = 1,1 x 10
-8
 C neste ambiente? 
 
30. (UFPE 2009) Para determinar a resistência in-
terna, r, de uma bateria foi montado o circuito da 
figura. Verificou-se que quando o resistor R vale 20 
\u3a9 o amperímetro indica 500 mA. Quando R = 112 \u3a9 
o amperímetro marca 100 mA. Qual o valor de r, em 
ohms? Considere que a resistência do amperímetro é 
desprezível. 
 
 
31. (UFPE 2009) Um elétron está descrevendo uma 
órbita circular ao redor de um próton. Qual o módu-
lo da razão |EP/EC| entre a energia potencial, EP, e a 
energia cinética, EC, deste elétron? 
32. (UFPE 2009) O césio metálico tem uma função 
trabalho (potencial de superfície) de 1,8 eV. Qual a 
energia cinética máxima dos elétrons, em eV, que 
escapam da superfície do metal quando ele é ilumi-
nado com luz ultravioleta de comprimento de onda 
igual a 327 nm? Considere 1 eV = 1,6 x 10
-19
 J. 
 
 
Respostas 1. e 2. e 3. b 4. c 5. d 6. b 7. 
e 8. d 9. b 10. c 11. a 12. c 13. c 14. a 
15. d 16. d 17. a 18. b 19. 85 20. 3 N 21. 
4 m/s
2
 22. 30 cm 23. 2 N 24. 8 25. 60 cm 
26. 75 J 27. 3 m/s 28. 85 cm 29. 1 cm 30. 3 
ohms 31. 2 32. 2,0 eV 
 
 
1. (UFPEF 2009) Um bloco de massa m = 4,0 kg é 
empurrado, através da aplicação de uma força F 
constante ao longo de um plano inclinado, como 
mostra a figura. O bloco parte do repouso no ponto 1 
e chega ao ponto 2 com velocidade v = 2,0 m/s. Cal-
cule o trabalho realizado pela força F, ao longo do 
trajeto de 1 a 2, em joules. Despreze o atrito com o 
plano e a resistência do ar. 
 
 
2. (UFPEF 2009) Duas lentes delgadas (L1 e L2), 
sendo a primeira convergente e a segunda divergen-
te, ambas de distância focal igual a 10 cm, estão 
separadas pela distância D = 2,0 cm. Determine a 
distância à direita de L2, em centímetros , na qual a 
 
luz incidente de raios paralelos será focalizada. 
 
 
Respostas 1. 88 J 2. -40 cm 
 
1. (UFPR 2009) Suponha uma máquina de lavar e 
centrifugar roupa com cuba interna cilíndrica que 
gira em torno de um eixo vertical. Um observador 
externo à máquina, cujo referencial está fixo ao solo, 
acompanha o processo pelo visor da tampa e vê a 
roupa \u201cgrudada\u201d em um ponto da cuba interna, que 
gira com velocidade angular constante. Se estivesse 
no interior da máquina, situado sobre a peça de rou-
pa sendo centrifugada, o observador veria essa peça 
em repouso. De acordo com a mecânica, para aplicar 
a segunda Lei de Newton ao movimento da roupa no 
processo de centrifugação, cada observador deve 
inicialmente identificar o conjunto de forças que 
atua sobre ela. Com base no texto acima e nos con-
ceitos da Física, considere as seguintes afirmativas: 
 
1. O observador externo à máquina deverá conside-
rar a força peso da roupa, apontada verticalmente 
para baixo, a força de atrito entre a roupa e a cuba, 
apontada verticalmente para cima, e a força normal 
exercida pela cuba sobre a roupa, apontada para o 
eixo da cuba, denominada de força centrípeta. 
2. Um observador que estivesse situado sobre a peça 
de roupa sendo centrifugada deveria considerar a 
força peso da roupa, apontada verticalmente para 
baixo, a força de atrito entre a roupa e a cuba, apon-
tada verticalmente para cima, a força normal exerci-
da pela cuba sobre a roupa, apontada para o eixo da 
cuba, e também uma outra força exercida pela roupa 
sobre a cuba, apontada para fora desta, denominada 
de força centrífuga, necessária para explicar o re-
pouso da roupa. 
3. O referencial fixo ao solo, utilizado pelo observa-
dor externo à máquina, é chamado de não-inercial, e 
o referencial utilizado pelo observador postado so-
bre a roupa sendo centrifugada é denominado de 
inercial. 
 
Assinale a alternativa correta. 
a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. 
b) Somente a afirmativa 2 é verdadeira. 
c) Somente a afirmativa 3 é verdadeira. 
d) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. 
e) As afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. 
 
2. (UFPR 2009) A equação que descreve o espectro 
de radiação emitido por um corpo negro foi desco-
berta por Max Planck em 1900, sendo posteriormen-
te chamada de Lei da Radiação de Planck. Ao dedu-
zir essa equação, Planck teve que fazer a suposição 
de que a energia não poderia ter um valor qualquer, 
mas que deveria ser um múltiplo inteiro de um valor 
mínimo. O gráfico abaixo mostra a intensidade rela-
tiva da radiação emitida por um corpo negro em 
função do comprimento de onda para três diferentes 
temperaturas. A região visível do espectro compre-
ende os comprimentos de onda entre 390 nm e 780 
nm, aproximadamente, que correspondem às cores 
entre o violeta e o vermelho. 
 
Com base nessas informações e no gráfico acima, 
considere as seguintes afirmativas: 
 
1. A Lei da Radiação de Planck depende da tempe-
ratura do corpo negro e do comprimento de onda da 
radiação emitida. 
2. O princípio de funcionamento de uma lâmpada 
incandescente pode ser explicado pela radiação de 
corpo negro. 
3. Para a temperatura de 3000 K, a maior parte da 
radiação emitida por um corpo aquecido está na fai-
xa do infravermelho. 
 
Assinale a alternativa correta. 
a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. 
 
b) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. 
c) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. 
d) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. 
e) As afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. 
 
3. (UFPR 2009) Na década de 80 do século passado, 
foi inaugurado o primeiro cabo submarino feito de 
fibra ótica. Atualmente todos os continentes da Ter-
ra já estão conectados por cabos submarinos feitos 
dessa fibra. Na comunicação por fibra ótica, o sinal 
se propaga obedecendo a um importante fenômeno 
da ótica geométrica. Assinale a alternativa que apre-
senta esse fenômeno. 
a) Refração. b) Dispersão. 
c) Reflexão interna total. d) Reflexão difusa. 
e) Absorção. 
 
4. (UFPR 2009) Quando ouvimos uma banda de 
rock ou uma orquestra sinfônica executar uma músi-
ca, podemos distinguir o som emitido por cada um 
dos instrumentos tocados pelos músicos. Essa é uma 
das capacidades de nosso aparelho auditivo. A qua-
lidade do som que nos permite diferenciar cada um 
dos instrumentos, mesmo quando tocando simulta-
neamente a mesma nota musical, é chamada de: 
a) amplitude b) potência 
c) intensidade d) timbre 
e) freqüência 
 
5. (UFPR 2009) A água pode ser encontrada na na-
tureza nos estados sólido, líquido ou gasoso. Con-
forme as condições, a água pode passar de um esta-
do para outro através de processos que recebem no-
mes específicos. Um desses casos é quando ela mu-
da do estado gasoso para o líquido. Assinale a alter-
nativa que apresenta o nome correto dessa transfor-
mação. 
a) Sublimação. b) Vaporização. 
c) Solidificação. d) Condensação. 
e) Fusão. 
 
6. (UFPR 2009) A figura abaixo mostra um modelo 
de uma catapulta no instante em que o seu braço 
trava e o objeto que ele carrega é arremessado, isto 
é, esse objeto se solta da catapulta (a figura é mera-
mente ilustrativa e não está desenhada em escala). 
No instante do lançamento, o objeto está a uma altu-
ra de 1,0 m acima do solo e sua velocidade inicial 
V0 forma um ângulo \u3b1 de 45° em relação à horizon-
tal. Suponha que a resistência do ar e os efeitos do 
vento sejam desprezíveis.