Exercicios de Fisica
97 pág.

Exercicios de Fisica

Disciplina:Física Teórica I1.392 materiais25.094 seguidores
Pré-visualização35 páginas
b) real e invertida

c) virtual e direita d) virtual e invertida

e) imprópria, localizada no infinito

6. (MACKENZIE 2009) Considere os pontos A e B

do campo elétrico gerado por uma crga puntiforme

positiva Q no vácuo (ko = 9 x 10
9
 Nm

2
/C

2
). Uma

outra carga puntiforme, de 2 μC, em repouso, no

ponto A, é levada com velocidade constatne ao pon-

to B, realizando-se o trabalho de 9 J. O valor da car-

ga Q, que cria o campo, é

a) 10 μC b) 20 μC

c) 30 μC d) 40 μC

e) 50 μC

7. (MACKENZIE 2009) Quando lâmpadas L1, L2 e

L3 estão ligadas ao gerador de fem ε, conforme mos-

tra a figura ao lado, dissipam, respectivamente, as

potência 1,00 W, 2,00 W e 2,00 W, por efeito joule.

Nessas condições, se o amperímetro A, considerado

ideal, indica a medida 500 mA, a força eletromotriz

do gerador é de

a) 2,25 V b) 3,50 V

c) 3,75 V d) 4,00 V

e) 4,25 V

8. (MACKENZIE 2009) Um corpo é abandonado do

repouso de uma certa altura e cai, em queda livre (g

= 10 m/s
2
), por 4 s. Após esses 4s, o corpo adquire

velocidade constante e chega ao solo em 3 s. A altu-

ra da qual esse corpo foi abandonado era de

a) 80 m b) 120 m

c) 180 m d) 200 m

e) 220 m

9. (MACKENZIE 2009) Certo garoto, com seu

"skate", desliza pela rampa, descrevendo o segmento

de reta horizontal AB, com moviemnto uniforme,

em 2,0 s. As resistências ao movimento são despre-

zíveis. Considerando D igual a 20 m e o módulo de

g igual a 10 m/s
2
, o intervalo de tempo gasto por

esse garoto para descrever o segmento CD é, apro-

ximadamente, de

a)

1,0 s b) 1,4 s

c) 1,6 s d) 2,0 s

e) 2,8 s

10. (MACKENZIE 2009) A região da cidade de

New York, nos Estados Unidos da América do Nor-

te, é destacada entre os meteorologistas por ficar

com temeraturas muito baixas no inverno (até -

40
o
C) e elevadas no verão (entre 35

o
C e 40

o
). Nes-

sas condições, dois fios metálicos possuem, em um

dia de rigoroso inverno, os mesmos compriemntos

Lo1 = Lo2 = 10,000 m. Os coeficientes de dilatação

linear médios dos materiais desses fios são, respec-

tivmante α1 = 1,0 x 10
-5 o

C
-1

 e α2 = 2,6 x 10
-5 o

C
-1

. A

variação de temperatura que esses fios devem sofrer

juntos, para que a diferença entre seus comprimen-

tos seja 8,0 x 10
-3

m, é

a) 150
o
C b) 100

o
C

c) 50
o
C d) 25

o
C

e) 12,5
o
C

11. (MACKENZIE 2009) Um calorímetro de capa-

cidade térmica 6 cal/
o
C contém 80 g de água (calor

específico = 1 cal/g
o
C) a 20

o
C. Ao se colocar um

bloco metálico de capacidade térmica 60 cal/
o
C, a

100
o
C, no interior desse calorímetro, verificou-se

que a temperatura final de equilíbrio térmico é 50
o
C.

A quantidade de calor perdida para o ambiente, nes-

se processo, foi de

a) 420 cal b) 370 cal

c) 320 cal d) 270 cal

e) 220 cal

12. (MACKENZIE 2009) As armaduras de um ca-

pacitor plano, distanciadas entre si de 1,00 mm, es-

tão submetidas a uma ddp de 1,67 kV. Em certo

instante, um próton (m = 1,67 x 10
-27

 kg; q = + e =

1,60 x 10
-19

C) chega ao ponto A com energia de

3,34 x 10
-1

 MeV, segundo a direção orientada do

eixo x. O ponto A é a origem do sistema de referên-

cias. No ponto de abscissa x = 4,00 mm, a ordenada

de sua posição é, segundo o referencial indicado na

figura, aproximadamente igual a

Desprezer os efeitos gravitacionais e os efeitos

relativísticos

Dado: 1 MeV = 1,6 x 10
-13

J

a) + 0,20 μm b) - 0,20 μm

c) + 2,00 μm d) - 2,00 μm

e) - 20,0 μm

13. (MACKENZIE 2009) No laboratório de Física,

um aluno observou que ao fechar a chave ch do cir-

cuito a seguir, o valor fornecido pelo voltímetro ide-

al passa a ser 3 vezes menor. Analisando esse fato, o

aluno determinou que a resistência interna do gera-

dor vale

a) 4 Ω b) 6 Ω

c) 8 Ω d) 10 Ω

e) 12 Ω

Respostas 1. d 2. a 3. e 4. d 5. b 6. c 7.

e 8. d 9. b 10. c 11. a 12. e 13. e

1. (PUC-RJ 2009) Um pacote do correio é deixado

cair de um avião que voa horizontalmente com velo-

cidade constante. Podemos afirmar que (desprezan-

do a resistência do ar):

a) um observador no avião e um observador em re-

pouso no solo vêem apenas o movimento vertical do

objeto.

b) um observador no avião e um observador em re-

pouso no solo vêem apenas o movimento horizontal

do objeto.

c) um observador no solo vê apenas um movimento

vertical do objeto, enquanto um observador no avião

vê o movimento horizontal e vertical.

d) um observador no solo vê apenas um movimento

horizontal do objeto, enquanto um observador no

avião vê apenas um movimento vertical.

e) um observador no solo vê um movimento hori-

zontal e vertical do objeto, enquanto um observador

no avião vê apenas um movimento vertical.

2. (PUC-RJ 2009) Uma bola é lançada verticalmente

para cima. Podemos dizer que no ponto mais alto de

sua trajetória:

a) a velocidade da bola é máxima, e a aceleração da

bola é vertical e para baixo.

b) a velocidade da bola é máxima, e a aceleração da

bola é vertical e para cima.

c) a velocidade da bola é mínima, e a aceleração da

bola é nula.

d) a velocidade da bola é mínima, e a aceleração da

bola é vertical e para baixo.

e) a velocidade da bola é mínima, e a aceleração da

bola é vertical e para cima.

3. (PUC-RJ 2009) Um objeto é lançado verticalmen-

te para cima de uma base com velocidade v = 30

m/s. Considerando a aceleração da gravidade g = 10

m/s
2
 e desprezando-se a resistência do ar, determine

o tempo que o objeto leva para voltar à base da qual

foi lançado.

a) 3 s b) 4 s

c) 5 s d) 6 s

e) 7 s

4. (PUC-RJ 2009) Uma família viaja de carro com

velocidade constante de 100 km/h, durante 2 h. A-

pós parar em um posto de gasolina por 30 min, con-

tinua sua viagem por mais 1h 30 min com velocida-

de constante de 80 km/h. A velocidade média do

carro durante toda a viagem foi de:

a) 80 km/h b) 100 km/h

c) 120 km/h d) 140 km/h

e) 150 km/h

5. (PUC-RJ 2009) O ponteiro dos minutos de um

relógio tem 1 cm. Supondo que o movimento deste

ponteiro é contínuo e que π = 3, a velocidade de

translação na extremidade deste ponteiro é:

a) 0,1 cm/min b) 0,2 cm/min

c) 0,3 cm/min d) 0,4 cm/min

e) 0,5 cm/min

6. (PUC-RJ 2009) Dois objetos metálicos esféricos

idênticos, contendo cargas elétricas de 1C e de 5C,

são colocados em contato e depois afastados a uma

distância de 3 m. Considerando a Constante de Cou-

lomb k = 9 x 10
9
 N m

2
/C

2
, podemos dizer que a for-

ça que atua entre as cargas após o contato é:

a) atrativa e tem módulo 3 x 10
9
 N.

b) atrativa e tem módulo 9 x 10
9
 N.

c) repulsiva e tem módulo 3 x 10
9
 N.

d) repulsiva e tem módulo 9 x 10
9
 N.

e) zero.

7. (PUC-RJ 2009) No circuito apresentado na figura,

onde V = 12 V, R1 = 5 Ω, R2 = 2 Ω , R3 = 2 Ω, po-

demos dizer que a corrente medida pelo amperíme-

tro A colocado no circuito é:

a) 1 A b) 2 A

c) 3 A d) 4 A

e) 5 A

8. (PUC-RJ 2009) Um bloco de massa m é colocado

sobre um plano inclinado cujo coeficiente de atrito

estático μ = 1 como mostra a figura. Qual é o maior

valor possível para o ângulo α de inclinação do pla-

no de modo que o bloco permaneça em repouso?

a) 30

o
 b) 45

o

c) 60
o

d) 75
o

e) 90
o

9. (PUC-RJ 2009) Um bloco de massa m = 9000 kg

é colocado sobre um elevador hidráulico como mos-

tra a figura acima. A razão entre o diâmetro do pis-

tão (dP) que segura a base do elevador e o diâmetro

(dF) onde deve-se aplicar a força F é de dP/dF = 30.

Encontre a força necessária para se levantar o bloco

com velocidade constante. Considere g = 10 m/s
2
 e

despreze os atritos.

a) 100 N b) 300 N

c) 600 N d) 900 N

e) 1000 N

10. (PUC-RJ 2009) Quanta energia deve ser dada a

uma panela de ferro de 300 g para que sua tempera-

tura seja elevada em 100
o
C?

Considere