ok clin equi 16.05.11
21 pág.

ok clin equi 16.05.11

Disciplina:Clínica Médica Veterinária De Equídeos12 materiais174 seguidores
Pré-visualização6 páginas
que solta, afrouxa, lesiona parte dessas cartilagens e esses resquícios dissecantes vão gerar a osteocondrose.

Qualquer coisa que eu tenha dentro da minha articulação que não seja liso, a minha cartilagem com os lado íntegros eu vou andar normal, agora se eu tiver um retalho dissecante ou um cisto que seja, eu vou acabar sentindo uma dor e eu vou ter uma impossibilidade de mobilidade adequada.

Sinais clínicos:
- Claudicação (insidiosa ou aguda)
- Efusão articular

>Acometimento principal em:
	- Articulações fêmur-patelar, MT e MC falangeana, tarso-crural

Sinais clínicos: claudicação, essa claudicação pode ser insidiosa ou aguda.
E a efusão articular, vemos derrames articulares.
	
Agente vai ter principalmente acometido: articulação fêmur-patelar, metatarso e metacarpo falangeano e metatarso crural.

Diagnóstico:
- Radiográfico
- Artroscópico

Tratamento:
	- Alteração nutricional
	- Repouso
	- Artroscopia (OCD dissecante)
	- Artrodese (cistos não responsivos ao tato, vai abrir a articulação e fazer a retirada do cisto, o pós-operatório é o maior problema)

Diagnóstico: radiografia e artroscopia.

Tratamento:
	- Vamos ver as alterações nutricionais,
- Repouso,
- A artroscopia além do diagnostico é tratamento (principalmente pra dissecantes, onde tenho pedacinhos e na artroscopia faz a limpeza) a recuperacao é rápida.
	- Artrodese (quando tem os cistos que não respondem a tratamento nenhum, vc vai ter que abrir e expõe a articulação pra fazer a retirada do cisto {vantagem sobre a artrodese! Já na artroscopia não consigo retirar o cisto}, temos um pós-operatório como o maior problema).

Os cistos já ficam numa condição que vc não consegue com a artroscopia, ai agente faz a artrodese e faz a retirada do cisto.