PARALISIA CEREBRAL

Disciplina:TÓPICOS ESPECIAIS EM FISIOTERAPIA500 materiais3.341 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Dificuldade na coordenação cronológica das respostas motoras do MMII afetado, diante das alterações da área de sustentação

*
*

Deficiências Associadas
ADNPM

Deficiências cognitivas e de percepção

Surdez

Defeitos da visão

Disfagia

Convulsões

Alterações da fala e distúrbios da comunicação

*
*

O Reconhecimento Precoce da PC
Sinais anormais aparecerão

É frequentemente muito difícil estabelecer um diagnóstico definido de PC antes dos 4 meses

Pais procuram atendimento porque os filhos não alcançaram os estágios normais do DNPM

História devem ser encontrados um ou mais fatos

Forma como a mãe segura ou apóia o filho pode indicar uma anormalidade

*
*

O Reconhecimento Precoce da PC
Testes em Supino
Hipertonia extensora máxima, com retração de cabeça, pernas aduzidas e estendidas, braços fletidos no cotovelo, mãos fechadas.
Não consegue erguer a cabeça, nem flexionar os quadris e coluna
Não consegue mover os braços para frente, nem tocar o corpo e suas mãos não se abrem para agarrar um objeto.
Se puxado para sentado, ocorre a “queda da cabeça”; quadris resistem à flexão (cifose compensatória)
Reflexos patológicos presentes

*
*

O Reconhecimento Precoce da PC
Testes em Prono

Hipertonia flexora máxima, cabeça é mantida na linha média (não libera as vias aéreas), ombros protraídos com braços aduzidos.

Reação de Landau: não consegue levantar a cabeça, braços fletidos e pernas estendidas e aduzidas.

*
*

O Reconhecimento Precoce da PC
Testes na posição sentada
Não consegue sentar
Hipertonia flexora dos braços impede as reações de proteção
Deficiente controle de cabeça

Posição de pé
Pernas estendidas e abduzidas
Deficiente controle de cabeça
Pés em FP

*
*

Objetivos da Fisioterapia
Anatômicos

Manutenção da elasticidade das partes moles

Melhora do crescimento e desenvolvimento do sistema de locomoção

*
*

Objetivos da Fisioterapia
Ligados ao comportamento

Aumentar as oportunidades da criança de treinar os movimentos ativos

Prevenir a intensificação de comportamentos motores indesejáveis

*
*

Objetivos da Fisioterapia
Fisiológicos

Aumentar as oportunidades do lactente de selecionar os estímulos importantes

Influenciar e favorecer os processos de maturação e recuperação do sistema nervoso

*
*

Equipamentos Adaptativos
Para auxiliar o posicionamento
Posicionadores laterais
Sistemas adaptativos para posição sentada e vertical
Bancos para banheira
Cadeiras adaptadas
Assentos de carro
Pulseiras de chumbo

*
*

Equipamentos Adaptativos
Dispositivos para auxílio na marcha
Andadores anteriores e posteriores
Muletas canadenses e axilares
OBS: andadores infantis – “disquinhos”

Equipamento para mobilidade
Cadeiras de rodas
manual ou elétrica

*
*

Intervenções Neuroclínicas
Intervenções neuroclínicas
Relaxantes musculares: diazepam, dantroleno e baclofeno
Bloqueadores neuromusculares: álcool, fenol e a toxina botulínica (BOTOX)

Intervenções neurocirúrgicas
Rizotomia dorsal seletiva
Estimuladores da medula espinhal
Infusão contínua de baclofen intratecal

*
*

Cirurgia Ortopédica
Medida corretiva, logo após seguido de reabilitação
Óssea (osteotomia)
Muscular (alongamento do músculo/tendão)

QUADRIL
Subluxação/ deslocamento
Fisioterapia no P.O.
 exercícios de ADM do quadril
fortalecimento dos músculos
posicionamento apropriado

*
*

Cirurgia Ortopédica
QUADRIL
Deformidade em adução
Fisioterapia no P.O.
 Alongamento contínuo
Fortalecimento dos músculos da cintura pélvica
Treino funcional
Deformidade em flexão
Fisioterapia no P.O.
 Alongamento em extensão do quadril
Fortalecimento dos extensores e abdutores do quadril
Deformidade em rotação interna
Fisioterapia no P.O.
 Exercícios de ADM
Fortalecimento dos músculos da cintura pélvica

*
*

Cirurgia Ortopédica
JOELHO
Deformidade em flexão do joelho
Fisioterapia no P.O.
 Exercícios ativos e passivos de extensão do joelho
Fortalecimentos de extensores e flexores do joelho
Exercícios de ADM do quadril
Uso noturno de órteses em extensão

*
*

Cirurgia Ortopédica
PÉ E TORNOZELO
Deformidade eqüino
Fisioterapia no P.O.
 Órtese para manter a amplitude
Exercícios de ADM do tornozelo
Fortalecimento

*
*

Órteses para MMII´s
Órtese longa em fibra de carbono
Órtese longa com cinto pélvico
Órtese longa com apoio isquiático

*
*

Órteses para MMII´s
Órteses joelho-tornozelo-pé (KAFO)

Órteses dinâmicas tornozelo-pé

Órteses moldada tornozelo-pé

*
*

Órteses para MMII´s
Órteses articuladas tornozelos-pé
Órteses de reação ao solo
Órteses supramaleolares
Dennis Brown

*
*

Tônus Muscular
Ataxia Atetose

*
*

Controle de Cabeça
Ataxia Atetose

*
*

Reações de Balanço
Ataxia Atetose

*
*

Marcha/ Fala
Ataxia Atetose

*
*

Tratamento
Ataxia Atetose