267_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006
1 pág.

267_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006

Disciplina:Climatologia1.730 materiais28.675 seguidores
Pré-visualização1 página
METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA
Mário Adelmo Varejão-Silva

Versão digital 2 – Recife, 2006

253

- segue-se, então, a isoterma que passa por esse último ponto, até cruzar com a linha de
igual razão de mistura saturante que passa em P(p, T);

É evidente que este procedimento equivale a considerar e/eS como praticamente igual a r/rS.

13.4 - Determinação gráfica da pressão parcial e de saturação.

Graficamente, a pressão parcial do vapor (e), para as condições correspondentes a um
dado ponto P(p , T , Td), é determinada assim:

 - segue-se a isoterma que passa em P(p, Td) até seu cruzamento com a isóbara de 622
mb;

- o valor numérico da linha de igual razão de mistura saturante que passa por esse cruza-
mento é igual à pressão parcial do vapor em milibares.

- por esse cruzamento passa uma isóbara cujo valor, dividido por 10, exprime a umidade
relativa (%) reinante em P(p , T , Td).

A adoção do mesmo procedimento, mas partindo do ponto P(p, T), fornece a pressão de satura-
ção do vapor (eS) à temperatura T.

13.5 - Determinação gráfica da temperatura virtual.

Em um dado ponto P(p , T , Td), um valor muito aproximado da temperatura virtual (Tv)
real pode ser obtido adicionando-se à temperatura (T) a sexta parte do valor da linha de igual ra-
zão de mistura que passa em P(p, Td).

Quando se deseja uma melhor aproximação, utiliza-se a fórmula

Tv = T(1 + 0,6 rS)

demonstrada no Capítulo IV, onde T e TV são expressas em graus absolutos. A curva p, TV é
construída quando se desejam resultados mais precisos.

13.6 - Determinação gráfica da temperatura potencial.

A temperatura potencial (θ) do ar no nível P(p , T , Td) é o valor da adiabática seca que
passa pelo ponto P(p, T). Outro processo consiste em seguir a adiabática seca que passa por P(p,
T), até seu cruza mento com a isóbara de 1000 mb e verificar o valor da isoterma que correspon-
de a esse cruzamento.

13.7 - Ponto de Normand.

O primeiro ponto da curva de estado P(p1, T1), caracteriza as condições observadas à su-
perfície e, como mencionado antes, se situa próximo à base do diagrama aerológico. O ponto de
Normand é definido como a interseção da adiabática seca que passa pelo primeiro ponto da curva