Hisória do Direito Brasileiro - Apostila (66)
7 pág.

Hisória do Direito Brasileiro - Apostila (66)


DisciplinaHistória do Direito Brasileiro10.305 materiais252.630 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Professora: Cristiane Miziara Mussi
Aula 3
Contribuição social trabalhadores
Direito Previdenciário - Custeio 
Coordenação: Dr. Wagner Ballera
01
"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de dados. A 
violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do
material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).\u201d
www.r2direito.com.br
De acordo com o artigo 195 da Carta Constitucional de 1988, a seguridade social será 
financiada por toda a sociedade, de forma direta e indireta, nos termos da lei, mediante recursos 
provenientes dos orçamentos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, e das seguintes 
contribuições sociais:
I - do empregador, da empresa e da entidade a ela equiparada na forma da lei, incidentes sobre:
a)a folha de salários e demais rendimentos do trabalho pagos ou creditados, a qualquer título, à pessoa 
física que lhe preste serviço, mesmo sem vínculo empregatício; 
b)a receita ou o faturamento; 
c)o lucro; 
II - do trabalhador e dos demais segurados da previdência social, não incidindo contribuição sobre 
aposentadoria e pensão concedidas pelo regime geral de previdência social de que trata o art. 201;
III - sobre a receita de concursos de prognósticos. 
IV - do importador de bens ou serviços do exterior ou de quem a lei a ele equiparar. 
Desta maneira, temos:
Financiamento Indireto: mediante receitas orçamentárias da União, dos Estados, do Distrito Federal e 
dos Municípios.
Financiamento Direto: mediante contribuições sociais;
As contribuições sociais são um dos componentes do orçamento da seguridade social.
O Regime Geral de Previdência Social possui caráter contributivo, sendo de filiação obrigatória 
(segurados obrigatórios). Entretanto, a Constituição Federal da República, admite a possibilidade de filiação 
facultativa (segurado facultativo) ressalvando que:
Art.201.(...)
§ 5°. É vedada a filiação ao regime geral de previdência social, na qualidade de segurado 
facultativo, de pessoa participante de regime próprio de previdência.
Assim, são contribuintes da Previdência Social (Sujeitos Passivos):
* Segurados Obrigatórios
(só pessoa física) 
 Facultativos
CONTRIBUIÇÃO SOCIAL TRABALHADORES
02
 Obrigatórios: 
Os segurados obrigatórios exercem atividade remunerada, efetiva ou eventual, urbana ou rural, com 
ou sem vínculo empregatício.
São segurados obrigatórios do RGPS: empregado; empregado doméstico; trabalhador avulso; contribuinte 
individual; segurado especial.
Empregado: 
Características:
-remuneração;
-subordinação;
-pessoalidade;
-habitualidade.
Empregado domÉStico:
Características:
-Remuneração;
-Subordinação;
-Pessoalidade;
-Habitualidade;
-Atividade: - no âmbito residencial
 - sem fins lucrativos.
Contribuinte Individual:
Características:
-remuneração;
-sem vínculo empregatício;
-atividade habitual ou eventual;
-em regra, realiza sua contribuição individualmente.
Trabalhador avulso:
Características:
-não possui vínculo empregatício;
-presta serviços a mais de uma empresa;
-pode ser sindicalizado ou não;
-é obrigatória a intermediação do OGMO ou sindicato na sua contratação.
-Realizam, em regra, atividade portuária.
"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de dados. A 
violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do
material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).\u201d
www.r2direito.com.br
Segurado especial:
Características:
-trabalham em regime de economia familiar, sem empregados permanentes;
-âmbito rural (produtor, parceiro, meeiro e o arrendatário rurais e o pescador artesanal).
 Facultativos: não exercem nenhuma atividade remunerada que os enquadre como segurados obrigatórios 
e, portanto, não possuem vínculo empregatício, nem a obrigatoriedade de contribuir para o sistema. Devem 
ter a idade mínima de 16 anos.
Para os trabalhadores e os demais segurados da Previdência Social:
a) empregado;
b) empregado doméstico;
c) contribuinte individual;
d) trabalhador avulso;
a contribuição incide sobre o salário-de-contribuição
segurado especial:
a contribuição incide sobre a receita proveniente da comercialização da produção rural.
segurado facultativo:
A contribuição incide sobre o valor declarado.
O salário-de-contribuição é o valor sobre o qual incide a contribuição do segurado para o Sistema 
de Previdência:
a) Para o empregado e para o trabalhador avulso: toda a remuneração auferida durante o mês, 
inclusive as gorjetas, os ganhos habituais sob a forma de utilidades e os adiantamentos decorrentes de 
reajuste salarial.
b) Para o empregado doméstico: a remuneração registrada na CTPS (Carteira de Trabalho e 
Previdência Social), observados os limites mínimo e máximo do salário-de-contribuição.
c) Para o contribuinte individual: a remuneração auferida em uma ou mais empresas ou pelo 
exercício de sua atividade por conta própria, durante o mês, observados os limites mínimo e máximo do 
salário-de-contribuição.
d) Para o segurado facultativo: o valor por ele declarado, observados os limites mínimo e máximo do 
"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de dados. A 
violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do
material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).\u201d
www.r2direito.com.br
03
04
sal?rio-de-contribuiç?o.
Observe-se que para o segurado empregado e para o empregado doméstico, o sal?rio-
de-contribuiç?o é proporcional aos dias trabalhados no mês, levando em consideraç?o a 
admiss?o, a dispensa, os afastamentos e as faltas.
Integram o sal?rio de contribuiç?o as seguintes parcelas:
a) décimo terceiro sal?rio;
b) os abonos de férias excedentes aos limites da legislaç?o trabalhista;
c) o valor total das di?rias pagas, quando excedente a 50% da remuneraç?o mensal;
d) os ganhos habituais sob a forma de utilidades e os adiantamentos decorrentes de reajuste 
salarial, quer pelos serviços efetivamente prestados, quer pelo tempo à disposiç?o do empregador ou 
tomador de serviços nos termos da lei ou do contrato ou ainda de convenç?o ou acordo coletivo de 
trabalho ou sentença normativa;
e) o valor mensal do aux?lio-acidente; e
f) as gorjetas.
Nenhum segurado ter? um sal?rio-de-contribuiç?o inferior ao m?nimo (R$300,00), nem 
superior ao teto (R$2.668,15).
A legislaç?o considera, para tanto, que o empregado cumpra o hor?rio integral de 220 horas 
mensais. Caso o regime seja o de tempo parcial, o sal?rio-de-contribuiç?o poder? ser inferior ao m?nimo.
O segurado ser? contribuinte com relaç?o a todas as atividades que exercer, respeitado o teto 
estipulado anualmente pelo Ministério da Previdência Social. Caso o empregado exerça uma atividade cuja 
remuneraç?o seja superior ao teto, ser? compelido a pagar contribuiç?o social apenas até o limite deste. 
Sobre o valor excedente a esse teto, n?o incide contribuiç?o.
Respons?veis pelo recolhimento das contribuiç?es sociais dos trabalhadores:
a(Empresa: em se tratando do empregado, a empresa dever? descontar e reter as contribuiç?es dos 
empregados, recolhendo-as até o dia 2 do mês seguinte ao da competência.
b( Empregador doméstico:em se tratando de empregado doméstico, as contribuiç?es, descontadas e 
retidas, h?o de ser recolhidas, por iniciativa do empregador, até o dia 15 do mês seguinte ao da 
competência.
c(Sindicato ou ?rg?o Gestor de m?o de obra: no caso do trabalhador
Thiago
Thiago fez um comentário
Pô, o Romário Silva tá mandando apostilas erradas. ou seja, quando você abre um arquivo com o nome " história do Direito", estão conteúdos de Direito Tributário.
0 aprovações
Carregar mais