O-Sinal-do-Broncograma-Aéreo

O-Sinal-do-Broncograma-Aéreo


DisciplinaFisioterapia9.009 materiais25.905 seguidores
Pré-visualização1 página
Clique para editar o estilo do título mestre
Clique para editar o estilo do subtítulo mestre
*
*
*
O Sinal do Broncograma Aéreo
*
*
*
 Não podemos ver os brônquios intra-pulmonares numa radiografia normal do tórax. Para que nós possamos vê-los é necessário injetar material de contraste (densidade metal) na sua luz. 
As estruturas ramificadas visíveis na radiografia normal do tórax, são vasos sangüíneos que tem densidade água. Porque contém ar, porque estão cercados pelo ar nos alvéolos, e porque tem paredes muito finas, os brônquios não são visíveis na radiografia simples do tórax. \u2013 ver radiografia normal do tórax. 
*
*
*
Circulação Pulmonar
Arterial
Venosa
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
 É importante que este conceito fique absolutamente bem entendido. 
 No tórax normal os brônquios são cercados por ar nos alvéolos, contém ar nos seus lumens e tem paredes finas. Estes fatos tornam os brônquios normais invisíveis na radiografia normal do tórax. 
*
*
*
 A visibilização dos brônquios, quero dizer, do ar nos brônquios intra-pulmonares numa radiografia do tórax chama-se sinal do broncograma aéreo. A presença de um broncograma aéreo é definitivamente anormal. 
O sinal do broncograma aéreo depende das densidades água e gás. Se o brônquio contém gás, para que seja visto na radiografia do tórax ele deve estar cercado por densidade água. 
Pneumonia significa preenchimento dos espaços aéreos por células e secreções que tem densidade água, e que por sua vez podem determinar o aparecimento do sinal do broncograma aéreo.
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
 
Doença Intersticial Difusa
*
*
*
*
*
*
Para que serve este sinal ? 
 Em primeiro lugar pense que os brônquios são estruturas pulmonares; portanto a visibilização dos brônquios demonstra que uma lesão é pulmonar e exclui lesão pleural, mediastinal ou parietal.
O sinal do broncograma aéreo pode ser visto na pneumonia, no edema pulmonar, nos enfartes pulmonares, e em algumas lesões pulmonares crônicas. Sempre que os brônquios contém ar e o parênquima ao redor não contém, teremos o sinal do broncograma aéreo. 
*
*
*
 Naturalmente que não há necessidade de ver broncograma aéreo para caracterizar que existe doença pulmonar. Se os brônquios estiverem cheios de secreção ou destruídos, a lesão pulmonar não evidenciará o sinal do broncograma aéreo. 
*
*
*
 O sinal do broncograma aéreo denota lesão pulmonar. Patologias da pleura, do mediastino, ou da parede torácica não podem produzir o sinal do broncograma aéreo simplesmente porque estas estruturas não contém brônquios.
A ausência do sinal do broncograma aéreo dentro de uma lesão não ajuda na sua localização, uma vez que a lesão pode estar contida dentro do pulmão ou fora dele. 
*
*
*
 Olhe a exceção da regra:
	Nos lactentes e crianças de pouca idade, as porções próximas dos brônquios lobares freqüentemente estão contidas nas partes moles do mediastino. Da mesma forma que a traquéia, elas podem ser vistas normalmente, pois são desenhadas pela densidade água do mediastino. 
*
*
*
Que outros usos podemos ter para o sinal do broncograma aéreo:
 A aproximação dos brônquios denota segmento pulmonar ou lobo pulmonar colapsado. Isto pode-se reconhecer pela broncografia, mas pode também tornar-se evidente quando vê-se brônquios cheios de ar que estão muito próximos uns dos outros. 
Os brônquios dilatados (na broncografia) significam bronquiectasias. Da mesma forma, a visibilização, na radiografia sem contraste, de brônquios dilatados cheios de ar denota bronquiectasias. 
*
*
*
 Você pode ocasionalmente identificar o sinal do broncograma aéreo mesmo quando o infiltrado pulmonar propriamente dito não é visível, como, por exemplo, numa lesão atrás do lobo esquerdo do coração. 
 Assim um processo patológico pulmonar pode ser reconhecido apenas pelo sinal do broncograma aéreo. 
*
*
*
Lembre-se:
 Só poderá apresentar broncograma aéreo a região que tenha brônquios, isto é, o pulmão. As lesões do mediastino, da parede torácica e da pleura não poderão jamais apresentar o sinal do broncograma aéreo simplesmente porque lhes falta um dos requisitos básicos do sinal que é a presença do brônquio.