ok Clin peq 02.02.11
28 pág.

ok Clin peq 02.02.11


DisciplinaClínica Médica de Mamíferos de Pequeno Porte14 materiais51 seguidores
Pré-visualização7 páginas
Se o animal chega com fraqueza motora que é a paresia, ou com perda definitiva dos movimentos da atividade motora (paralisia): pode ser córtex cerebral, tronco cerebral, medula espinhal. Ou pode ter lesão em nervos espinhais periféricos ou no músculo. Ele está em decúbito permanente, então ou é tronco cerebral ou é córtex cerebral (porque é onde está neurônio motor superior, que é quem desencadeia o movimento) ou medula espinhal (ME), ou qualquer alteração se for em um apêndice (monoparesia) na inervação ou envolvimento daquele plexo, é num local. 
Ex. Miosites autoimunes, que são desordens neuromusuclares
Andar em círculos (também ch. Marcha compulsiva). 
O animal não consegue deambular pro outro lado, ele só fica com os apêndices andando e a cabeça desviada para o lado da lesão, que é ch. Marcha compulsiva Ipscilateral (para o lado da lesão), Contralateral (contra a lesão).
Ex. tumor a nível cerebral ou teve uma desordem degenerativa. Ele começou com perda focal, tipo parou de andar ou começou com déficit visual, até que ele começou a andar em círculos, isso normalmente acontece quando a massa cresce ou quando o tecido começa a degenerar (quando está tendo morte do neurônio, lise neuronal). Então ele começa a andar pra um lado, ou pro esquerdo ou pro direito, ele não consegue andar em linha reta, só consegue andar em círculos, e sempre pro lado da lesão (Ipsilateral: para o lado da lesão, contralateral: para o lado contrario da lesão). 
Quando tem lesão em cérebro e tem lesão em região vestibular ventral, vc vai ver um tipo de deangulação (andar em circulo) 
Quando a lesão é em córtex cerebral, geralmente é uma massa longa, a maioria das vezes ele faz um espaço maior no eixo, ele faz uma amplitude maior na marcha.
Ex. aumento de amônia no organismo faz o animal andar em círculo, é encefalopatia. Geralmente o animal muda o comportamento
Ataxia ( = incordenação motora)
Isso pode sugerir lesão cerebelar, do cerebelo.
Dismetria de cabeça/membros (hipermetria, hipometria). 
Pode sugerir lesão cerebelar, alteração cerebelar.
Essa dismetria é não ter precisão do comprimento da deangulação que ele vai fazer, do seu movimento, o comprimento da marcha. Às vezes ele faz a marcha curta demais e cai, faz hipometria. Ou as vezes ele faz marcha longa, fazendo hipermetria.
Ele perdeu a noção do comprimento da sua atividade motora.
Tanto a ataxia quanto a dismetria tem a ver com lesão cerebelar.
Reações posturais
Os neurologistas quase não fazem. Mas são testes:
- O teste de saltitamento, vc vai testando apêndice por apêndice, segura 3 apêndices e deixa o animal saltitar em 1 só pra ver se ele tem forca motora, se ele não vai abduzir o membro e cair. Só que isso quase não tem sido feito principalmente em animais maiores que é complicado. Tem outras maneiras de se testar isso.
- Carrinho de mão: segurar os 2 apêndices pélvicos e fazer com que o animal ande com a perda da visão, tirando o reflexo visual.
- Hemi-andadura: antímero do corpo sendo testado, torácico e apêndice locomotor pélvico direito e depois com esquerdo. 
Essas reações posturais vão observar se esse animal tem força muscular, se o tônus muscular dele está viável. Mas isso vc já pode perceber pela própria atrofia, a atrofia ao método de inspeção vc já verifica. Então é mais pra vc ver forca e tônus muscular.
Quase não tem sido usado. É mais usado em filhotes ou em animais de pequeno porte.
Os principais nervos cranianos que agente testa são pra ver esses reflexos ai a fim de determinar se a lesão é sensitiva ou motora. Será que a informação não está chegando ao cérebro ou o cérebro não está decodificando pra mandar a resposta?
Avaliação de nervos cranianos
Olfação/tônus língua
Agente pode fazer com uma substancia que seja palatável, ex. coloca uma ração úmida, um cheiro que não seja nem éter e nem álcool pra não causar alteração pro animal. Geralmente ele começa a perceber o cheiro, quando vc coloca ração de pasta na fonte nasal, ele vai sentir e vai com a língua, ai vc vai testando o tônus da língua conjuntamente.
É muito raro ter animal com Anosmia grave: anosmia é o animal que não sente cheiro, é a não percepção do olfato. 
Ex. Normalmente vc tem uma anosmia em animais que tem secreção nasal, estenose de narina, tumor nasal, tudo que oblitera tudo que fecha, então vc pode ter anosmia (não percepção do olfato) por outras causas que não neurológicas. É muito raro agente ter anosmia de caráter neurológica, afecção de 1º par de nervo craniano.
Reflexo Pupilar
O reflexo pupilar agente está testando a parte consensual , quiasma óptico, reflexo pupilar. (Ler livro Nelson e Couto). 
Apaga a luz, o animal fica em midríase (pupila dilatada), e quando vc infringe a luz ele faz miose. 
Tem que ser contralateral também positivo, pra ver o reflexo consensual pra ver lá no quiasma óptico pra ver se está tendo alguma interrupção. 
Vc vê o oculomotor.
(ver de lado também)
Teste de Ameaça
Faz o reflexo de ameaça, com o dedo apontado indo em direção ao olho do animal e o animal tem que piscar. 
Isso é muito usado em centro cirúrgico pra ver se o animal está superficializando da anestesia, pra ver se o animal está em estupor ou em coma, se está voltando do coma. 
E ao mesmo já testa o palpebral.
Palpebral
Beliscando suavemente com uma pinça hemostática essa região da musculatura. Ai vc vai testar o trigêmeo, facial. Em 2 momentos.
Deglutição
Quando vc abre a cavidade oral e traciona a língua cranialmente, já vai ter o engasgo.
Ou quando vc vai dentro da cavidade oral pra avaliar a tonsila ou alguma coisa assim, o animal faz reflexo de engasgo. 
Se o animal não permite isso, quando vc vai dar comprimido pro animal, ai ele engole, ai vc está testando sem levar mordida. Ai vc avalia a deglutição e outra coisa que vc está avaliando pela segunda vez é o tônus da língua. 
Vai com a mão no final da língua com a espátula e faz um movimento.
Ou vc joga água (na seringa) e o animal vai deglutir.
\u201colho de boneca\u201d
Todos nós, como cães e gatos também quando saímos do nosso posicionamento, fazemos um nistagmo rápido, um nistagmo horizontal rápido e volta pra posição. Vira a cabeça pra um lado e o olho vira pro outro.
Nisso estamos testamos o óculo motor, o abducente. Todos que podem se alterar em forma de estrabismo. 
Se já tem estrabismo isso não vai ser possível, ou se já tem nistagmo horizontal ou nistagmo rotatório ou nistagmo vertical espontâneo, vc está olhando pro animal e ele tem nistagmo direto. 
	I-OLFATÓRIO: substância volátil não irritante
II-ÓPTICO 
desviar de obstáculos
-posição visual
-ameaça visual
-seguir movimentos
-tamanho das pupilas - bate nos obstáculos
III-OCULO MOTOR
-Controle simpático da função pupilar 
-movimentos oculares em planos horizontal 
e vertical (reflexo oculovestibular)
-reflexo pupilar direto e consensual
IV-TROCLEAR -oftalmoscopia 
V-TRIGÊMIO -tônus mandibular
-palpação dos mm mastigatórios
-reflexo palpebral e corneal
-sensibilidade em mucosa nasal
-sensibilidade em face
VI-ABDUCENTE-
Reflexo oculovestibular
	VII-FACIAL 
reflexo palpebral e corneal
-ameaça visual
-tocar em orelhas
-simetria facial
-teste de schirmer
VIII-VESTIBULOCOCLEAR
-reflexo oculovestibular
-reflexo de endireitamento
-observar nistagmo
-bater palmas, testar audição
IX-GLOSSOFARÍNGEO
-reflexo de deglutição 
X-VAGO
-reflexo de deglutição, da tosse e 
reflexo oculocardíaco
XII-HIPOGLOSSO 
-tocar e molhar narinas
-observação e extensão da língua
 
A avaliação de nervos cranianos é feita para localizar a lesão. 
Mas em que região vc localiza com os nervos cranianos? Qual região do sistema nervoso? No cérebro e no tronco cerebral, que se divide em encéfalo médio, ponte e bulbo. 
Quem define isso é a tomografia ou o neurologista.
Reflexos espinhais eu quero localizar minha lesão na medula espinhal.
Reflexos espinhais
Cervical: C1 \u2013 C5: é o 1º segmento, segmento medular cervical.
Membro torácico (C6 C7 C8 T1 T2): beliscar ------ retirada
Panículo (T3 \u2013 L3): fasciculação (resposta ausente caudal à lesão)
Patelar (L4 L5 L6): ligamento patelar ------