CCJ0009-WL-PA-18-T e P Narrativa Jurídica-Novo-34128
2 pág.

CCJ0009-WL-PA-18-T e P Narrativa Jurídica-Novo-34128


DisciplinaTeoria e Prática da Narrativa Jurídica738 materiais3.484 seguidores
Pré-visualização2 páginas
ou vigilância; 
b) de outra forma, assumiu a responsabilidade de impedir o resultado; 
c) com seu comportamento anterior, criou o risco da ocorrência do resultado. 
Art. 14 - Diz -se o crime: 
Crime consumado 
I - consumado, quando nele se reúnem todos os elementos de sua de\ufb01nição legal; 
Decreto -lei n° 2.848, de 7 de dezembro de 1940  
Art. 27, § 2°  - A pena pode ser reduzida de um a dois terços, se o agente, por  embriaguez, proveniente de caso fortuito ou força maior, não possuía, ao tempo  da ação ou da omissão, a 
plena capacidade de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar -se de acordo com esse entendimento. 
  
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 
TÍTULO II - DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS 
CAPÍTULO I - DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS 
Art. 5°. Todos são iguais perante a lei, sem dis\u19fnção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do 
direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: 
XLIX - é assegurado aos presos o respeito à integridade \u130sica e moral; 
LIII - ninguém será processado nem sentenciado senão pela autoridade competente; 
LIV - ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal; 
LV - aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela 
inerentes; 
LVI - são inadmissíveis, no processo, as provas ob\u19fdas por meios ilícitos; 
LVII - ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal  condenatória; 
  
Lei n° 8.069, de 13 de julho de 1990  
Art. 5°  - Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer  forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e  opressão, punido na forma da lei qualquer 
atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais. 
Art. 22 - Aos pais  incumbe o dever de sustento, guarda e educação dos filhos menores, cabendo - lhes ainda,  no  interesse destes,  a obrigação de cumprir e fazer cumprir as 
determinações judiciais. 
Art. 24 - A perda e a suspensão do pátrio poder serão decretadas  judicialmente, em procedimento contraditório, nos casos previstos na legislação  civil, bem como na hipótese de 
descumprimento injustificado dos deveres e  obrigações a que alude o art. 22. 
  
Questão 1 
Produza uma tabela com duas colunas, a \ufb01m de elencar, na primeira, as informações que  contribuem para reforçar a versão da parte autora e, na segunda, as que podem 
auxiliar a ré. Lembre -se de apenas selecionar as informações que são  juridicamente relevantes para a solução da lide em análise no judiciário. 
  
Questão 2 
Tendo  em vista que o pólo a\u19fvo do processo (autor - MP), em Ação Penal Pública,  pretende a condenação do pólo passivo (ré  - mãe da criança) pela prá\u19fca de um crime, 
produza a narra\u19fva jurídica valorada de acusação, com respeito a todas as orientações dadas ao longo do semestre. 
Plano de Aula: Teoria e Prática da Narrativa Jurídica 
TEORIA E PRÁTICA DA NARRATIVA JURÍDICA
Estácio de Sá Página 2 / 2