16.05.11
4 pág.

16.05.11


DisciplinaBiotecnologia da Reprodução Animal77 materiais469 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Biotecnologia 16/05/11
Transgênicos 
Um indivíduo geneticamente modificado. Coloca gene de uma espécie em outra espécie. Tem gene oriundo de uma outra espécie.
O que agente entende por transgênicos são indivíduos que tiveram parte da sua cadeia de DNA modificada com gene de outra espécie.
Cruzamento de genes e formou um outro ser completamente diferente.
Os híbridos que em geral são estéreis (ex. burro e mula, leão com tigre, jumento com zebra), já o indivíduo transgênico não é estéril, ele é fértil e passa esse gene para a geração seguinte, pq vc modificou a cadeira de DNA dele, ele tem o mesmo numero de cromossomos. 
Os híbridos são estéreis pq o eqüino tem 31 pares de cromossomas, e asninos tem 64 cromossomos, então quando faz o burro e a mula fica com numero impar de cromossoma, chega até a fecundar, mas o produto aborta.
A mula é estéril porque ela não consegue proceder a gestação, ela concede mais o produto aborta e é absorvido.
No caso de transgênico não, vc não muda a quantidade de cromossomas, vc só muda a parte da cadeia de DNA que te interessa e introduz na outra cadeia de DNA da espécie que vc quer, o que interessa. 
 Vc pode pegar um individuo que vc identifica ainda em embrião que ele tem um gene de uma doença hereditária, vc retira essa parte da doença e adiciona outro gene do individuo da mesma espécie que não tenha a doença.
O transgênico não é bom e nem ruim, depende da forma que você usa ele.
Vacinas são produzidas de cultura de transgênicos, temos soja transgênica, insulina é feita de transgênicos de bactérias, milho, etc. vc pode fazer produtos em cima disso.
O transgênico tem uma grande utilização na medicina, a produção de insulina é toda baseada pela produção de transgênicos, muitas vacinas são produzidas através de mutação de cultura de tecido, o grande lance é vc fazer medicamento através do transgênicos. Vc teria vacina contra a paralisia infantil, aí em vez de vc dar as gotinhas vc da o biscoito para o moleque comer. 
A insulina é produzida a nível de pâncreas. Vc pega pâncreas em matadouro, extrai, purificar e injeta na pessoa. Mas vc tem risco de transmissão de vírus, então eles pegaram no pâncreas o grupo de genes que produz a insulina 
Parte desse fita de DNA é compostos por gene, e são sequencia que transforma informação genética.
Nem toda fita de DNA é gene, uma parte é gene e outra é estrutura. São as mesmas bases mas não são todas que tem o mesmo código genético.
Vc pega a fita, abre ela, corta os pedaços que vc quer e depois vc vai ver como esses pedaços vão se juntar para depois fazer de novo uma fita de DNA que vc quer.
Vc vai cortar isso através de reações químicas pra essa fita de DNA abrir e reações químicas pra esse DNA cortar. Esses kits são caros, pois cada um corta uma especifica parte, um especifico cromossomo.
A costura dessas estruturas é complicada pq vc tem que costurar, prender direitinho. O grande segredo é o inicial que é o primer.
Vc usa os iniciadores de processo, que são os primers. É como se fosse o iniciador do processo.
Quando vc faz o transgênico, vc faz isso num grupo de gene que estão num gene de planta e vc cortar a sequencia que vc quer e vai introduz isso aqui no gene de outra planta. Não conhece gene de planta em mamífero...sempre na mesma espécie.
Vc multiplica muito através das técnicas de PCR que são aceleradores de formação de DNA, do pedaço de fita que vc quer, com isso vc vai ter esses pedaços de fita \u201cboiando\u201d num caldinho, e vc vai bombardear o núcleo da célula que vc quer introduzir o material genético, com isso vai ocorrer multiplicações desse novo gene. E isso ocorre através de descarga elétrica. 
Na parte de vacinas vc tem varias vacinas feitas a partir de processos de transgênicos. 
Ex. reduzir a reprodução de carrapato e com isso vc aumenta os intervalos entre os carrapaticidas. 
O carrapato produz anticorpos contra o anticorpos que a gente produz contra o carrapato. Então anula, a gente ataca e ele defende.
Num belo dia um cientista \u201cmaluco\u201d pensou vamos procurar uma PTN antigênica e que seja longe, que o bovino nunca teve contato com ela, que ai não desenvolveu anticorpo contra essa PTN, dissecando o carrapato descobriram que no seu intestino tem uma PTN que é a TM35, aí pegam essa PTN amassa coloca num grauzinho (?), coloca água destilada, filtra e coloca na vacina. Isso funciona, mais vamos ter que passar dissecando o carrapato, então é mt melhor produzir essa PTN. Aí pegaram uma bactéria e colocaram dentro do DNA essa sequencia que eu tenho, só que a bactéria tem muita mutação, ai parou de funcionar, começou a dar problemas na criação de bactéria. Agora existe um outro tipo de microorganismo que se multiplica muito bem, que é mt mais estável que a bactéria que o homem domina seu processo que é a levedura sacaromice, que o homem domina isso desde a época que inventaram a cerveja. Depois de um tempo vc tira isso, tem um processo de purificação onde vc vai ter basicamente essa PTN, que vc faz uma suspensão dela aplica no animal e o animal vai fazer anticorpos contra o PTN e qnd o carrapato for se alimentar vai ingerir sg e anticorpos, qnd chega no intestino o organimos vai atacar essa PTN tentando desnaturar ela, ai pode ocorrer 2 coisas pode romper o intestino do carrapato ai o sg extravasa para a hemolinfa e morre, ou pode diminuir o tamanho do intestino do carrapato. 
Descobriram o Handack que onde coloca ele mata, ai pensaram vai matar tbm o que a gente quer. Ai desenvolveram 2 linhas de agrotóxicos.
	Defensivo agrícola ou agrotóxico: tem agrotóxico que mata capim (folhas longas) e outro que mata os de folha larga. Ai foram desenvolvendo outros agrotóxicos mais específicos. 
Soja transgênica tem folha larga, ai aplica um herbicida que vai matar a folha larga. Consegue controlar com 3 banhos, mata tudo e fica só a soja, tem mt veneno na soja, mais que uma carne. Deu 3 banhos, fora os fungicidas.
Aí descobriram uma planta que é resistente ao herbidida, não morre, uma das poucas plantas que não morre; aí foram na cadeia de DNA dela,retiraram o gene que confere essa defesa e introduziram na cadeia genética da soja.
Soja transgênica é aquela que agüenta o produto agrotóxico, é resistente.
Descobriu-se uma planta que é resistente ao herbicida handack, e pegaram essa planta e colocaram na cadeia da soja. Pegou-se outro gene, que eles conseguem identificar facilmente e também acrescentaram na cadeia dessa soja. Ao invés de jogar 3 venenos vc joga 1 veneno só, porque vc criou uma soja resistente. 
Impacto da soja no ambiente: (borboletas, etc.) não se sabe. 1º O que está se vendo é que as populações de insetos que vivem nessa região transgênica estão mudando, umas estão morrendo e outras se multiplicando virando uma praga. 
2º Vc está modificando um ecossistema ali e vc não sabe como está modificando.
3º Tem muitos casos de câncer, alergias, etc. pode ser por conta disso, dos transgênicos
Nós não somos informados que estamos consumindo produto transgênicos, ex: clube social. 
A soja transgênica é mais barata em 10%, com isso os produtores salvam 10% na economia. 
Soja transgênica é a soja que agüenta o veneno. Ao invés de vc usar 3 venenos, vc só usa 1, porque vc modificou os genes dessa soja, adicionando genes que são resistentes a aquele veneno, com isso as outras plantas perto morrem e a soja que vc quer não. E ao invés de usar 3 venenos vc usa 1.
O Brasil é o maior exportador de carne, se quiser ele passa de exportador p importador, pq os avos do frango não são daqui, então se quiserem parar de vender ele param. Isso vai ser um grande problema no futuro de domínio da semente, que um pais pode ate passar fome se for bloqueado.
Girassol de mesa: coloca um gene p que essa semente seje estéril, um gene para não crescer muito, e um gene para que em 45 dias ele morra e vc tenha que comprar outro.
A agricultura caminha no seguinte sentido, vamos ter grande propriedades altamente mecanizada,