ok biotec AV2 29.03.11
12 pág.

ok biotec AV2 29.03.11


DisciplinaBiotecnologia da Reprodução Animal57 materiais469 seguidores
Pré-visualização5 páginas
BIOTECNOLOGIA DA REPRODUÇÃO ANIMAL
Rio, 28/03/2011
Alexandra Woods
Criopreservação
A TECNOLOGIA DO SÊMEN ENVOLVE:
No eqüino, a criopreservação do sêmen envolve o resfriamento e o congelamento do sêmen. 
Como assim: quando vimos tecnologia de sêmen em bovino, só foi falado em congelamento porque a técnica de congelamento do bovino está totalmente dominada com resultados satisfatórios. 
No eqüino agente não consegue ainda fazer um congelamento adequado, um congelamento que me de uma resposta adequada, boa.
Isso acontece por vários motivos:
1º de tudo: porque a maior parte das pesquisas são em bovinos, que são animais economicamente mais fáceis de vc financiar em pesquisa.
2º ponto: em relação ao próprio tipo de célula, diferença de tipo de célula: O SPTZ do eqüino é mais sensível que o SPTZ do bovino.
3º ponto: Tipo de seleção. No bovino vc faz seleção pra fertilidade. No eqüino não tem seleção pra fertilidade. A seleção do touro é visando a fertilidade.
Agente tem uma dificuldade no congelamento, por esse motivo o resfriamento de sêmen do eqüino é muito usado. Os resultados com o uso de sêmen resfriado eqüino são muito melhores do que sêmen congelado.
Agora, o resfriamento do touro era feito na década de 60, as técnicas no bovino são muito mais evoluídas do que no eqüino.
Pra realidade do cavalo, o resfriamento é hoje.
Vantagens da tecnologia de sêmen:
Permitem a inseminação artificial de uma maneira bem mais abrangente. A partir do momento que eu consigo resfriar ou congelar o sêmen eu consigo atingir um numero maior de planteis, até mesmo em estados diferentes, países diferentes, então eu tenho uma probabilidade maior de usar a inseminação artificial.
Temos menor custo por transportes e menor risco de acidentes
As técnicas de criopreservação foram feitas para transportar o sêmen, evitando assim acidentes de matriz e reprodutor. E com isso não atrapalhar o marketing (com machucados no corpo, marcas de machucado, etc.)
Antigamente vc tinha despesas com caminhão, com a fazenda do proprietário do cavalo, estadia dos animais. 
Hoje em dia vc não transporta nem a matriz e nem o reprodutor, vc transporta apenas o sêmen. Que é muito mais pratico.
Isso levou inclusive a diminuição de transmissão de doença (não estou falando aqui de DST), estou falando aqui das próprias doenças de transito como gripe, garrotilho, são doenças que passam de um pro outro, principalmente quando vc introduz um animal novo, às vezes ele traz aquele agente. Quando começou a criopreservar isso também diminuiu.
Diminuiu custo com reprodutores. Pois não preciso comprar o garanhão, posso comprar só o sêmen. Alem de comprar o garanhão, eu não preciso gastar com a estadia desse garanhão. Então vc diminui o custo com reprodutor (alimentos, controle sanitário, vacinas, etc.)
Continuidade na estação reprodutiva 
O cavalo é um animal de esporte ou trabalho, é um animal de performance. Então reprodução e atividade esportiva são conflitantes. Como assim, tem que pensar no garanhão, vc vai colocar o garanhão pra cobrir, pra coletar o sêmen e esse mesmo garanhão vc bota pra saltar obstáculo. Ele gasta energia montando égua e gasta energia pra saltar, não tem como, o rendimento dele não consegue ser o mesmo.
Fora isso, vc tem um macho em atividade reprodutiva, o comportamento dele é afetado, porque ele fica mais agressivo, e fica muito mais estimulado com as éguas. Então se está em atividade reprodutiva e vc pega o cavalo e resolve que vai saltar com ele, ai vc entra numa pista que tem outros machos e fêmeas, com isso ele pode querer arrumar confusão com os outros machos e ele vai ficar cortejando a fêmea, com isso são atividades conflitantes. Como agente faz: se eu tenho um garanhão que é de esporte, prova, eu pego ele, paro ele e o deixo só fazendo reprodução, ex. fica 2 meses coletando o sêmen e congelo. Depois desse tempo ele volta com a atividade esportiva e eu passo a usar o sêmen dele que eu congelei. É uma opção pra vc trabalhar. 
Estocagem do sêmen de reprodutores importantes
Posso guardar o sêmen de reprodutores de alto valor.
Em relações a limitações:
A literatura cita que vc tem limitação com profissionais especializados, materiais e equipamentos. Mas o custo que vc tem com isso, é irrisório frente ao ganho que vc tem. Então esse custo é justificado, então não considero uma limitação, pois o ganho paga. Se vc pensar que não vai pagar frete, não vai pagar estadia do animal, que vc vai ter um melhoramento com o uso da inseminação artificial muito grande no seu plantel, então esse custo é mais do que justificado, então a professora não considera como uma limitação.
O que a professora acha uma limitação é:
Variabilidade da qualidade do sêmen 
O que é isso: Vc tem dificuldade com eqüino em estabelecer protocolos. 
Ex. pega 10 cavalos, e usa o mesmo protocolo de criopreservação pra todos eles. Cada um responde de uma forma diferente. Ex. tem um que vai sair da motilidade alta e continuar alto, tem um que vai sair de uma motilidade alta e ficar com quase zero. 
Com isso os nossos protocolos não são fechados, são sempre individuais.
Ex. vou fazer um resfriamento pela 1ª vez, eu levo 3, 4 diluidores diferentes de sêmen, porque vou testando qual o diluidor que esse cavalo fica melhor, se é com A, B, C ou D. qual temperatura que ele resfria melhor, ai vou testando. 
Não adianta vc ter o mesmo protocolo porque vc não vai ter o mesmo resultado pra todo mundo. É diferente do bovino que vc tem o protocolo e as centrais mantém aquilo, no caso do eqüino isso não dá. 
Técnicas de criopreservação 
1ª coisa que vc tem que fazer é:
Coleta e avaliação do sêmen
- Como é feita a coleta de sêmen: pra garanhão: o método de escolha é a vagina artificial. Vamos coletar da forma convencional, agente só procura fazer o máximo possível de critérios de higienização. É o cuidado que agente sempre tem, de lavar o pênis do garanhão com água pura, lavar a manequim pra diminuir as possibilidades de contaminação.
Avaliação do sêmen 
Coletando o sêmen, vamos avaliar o sêmen. OBS: Esse animal já passou por um exame andrológico, estamos partindo de um principio que ele foi aprovado no exame andrológico. Agora o que vamos falar é uma avaliação de rotina para criopreservação.
O que vc espera de um animal pra vc criopreservar o sêmen dele:
Volume de 50 a 250ml de sêmen. A media do garanhão é de 80ml. O volume não é desclassificatório. Não é motivo de descarte do animal nem do sêmen.
Ex. se o meu garanhão, por exemplo, ejacular 40ml eu não descarto esse sêmen, no máximo o que acontece é eu fornecer um numero menor de doses. 
Motilidade inferior a 70% e vigor inferior a 3%. Esses são descartados. Não criopreservar sêmen com uma motilidade progressiva menor que 70% e vigor inferior a 3%. Então isso é desclassificatório, vou eliminar esses animais.
Concentração: 200x106/ml. Não é desclassificado, porque vc só vai formar um numero menor de doses. Não precisa desclassificar o animal por conta disso.
Total de defeitos: abaixo de 35% de defeitos totais. Também é desclassificatório.
Isso é um ponto complicado pra gente. Mas o ideal é sermos rigorosos com isso. Porque na hora de descongelar o sêmen eu tenho perdas nessas porcentagens. Se vc tem dificuldade nos resultados, quanto mais exigente vc for, teoricamente melhor vai ser seu resultado. Mas isso é muito difícil pro eqüino, pois no garanhão o proprietário não se importa com esses parâmetros. Mas no caso do bovino eles se importam, o proprietário descarta o animal que não tiver os parâmetros.
O mais difícil é manter seu critério pra justificar o teu resultado no final.
Se o meu sêmen passou naqueles parâmetros, foi avaliado e aprovado nos parâmetros. Agora vou resfriar o meu sêmen.
Resfriamento
Existem 2 temperaturas para resfriamento do sêmen.
15 a 20ºC
5º C
Diferença entre elas: 
A temperatura de 15ºC vc resfria em caixa de isopor, é um resfriamento prático e barato. Conserva o sêmen por até 18 horas após a coleta. 
Então se eu tenho que enviar esse sêmen para distancias curtas, inferiores a 18 horas eu