lindb-lei-de-introducao-as-normas-do-direito-brasileiro__print=1
3 pág.

lindb-lei-de-introducao-as-normas-do-direito-brasileiro__print=1


DisciplinaIntrodução ao Direito I92.448 materiais671.090 seguidores
Pré-visualização1 página
Aulas Direito
LINDB (Lei de Introdução às normas do Direito
Brasileiro)
Conceito = \u201cA Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro é um conjunto de normas sobre
normas ,disciplina as próprias normas jurídicas ,determinando seu modo de aplicação e entedimento ,no
tempo e no espaço. \u201d ( GONÇALVES, Carlos Roberto)
 Art.1º = Dispõe sobre o periodo de vacatio legis( lapso temporal entra a publicação de uma lei e sua
entra em vigor ). Em regra a lei começa a vigorar , 45 dias após a sua publicação dentro do território
nacional(caput) e 90 dias (3 meses ) no território estrangeiro ( paragráfo 1º).
Se antes do término da vacatio legis ocorrer nova publicação do texto para alguma correção.O prazo deste
artigo e dos parágrafos anteriores começará a correr da novo publicação.
Parágrafo 4º = \u201cAs correções a texto de lei já em vigor consideram-se lei nova\u201d.
 Art.2º Tipos de revogação:
 Expressa = Quando a lei posterior expressamente o declare.
 Ex : Art 2.045 do Código Civil/2002
 Tácita = Quando a lei posterior seja com ela incompatível ou quando regule inteiramente a matéria de que
tratava a lei anterior.
AB-ROGAÇÃO = É uma revogação total.civil,repristinação,LINDB,analogia,costumes,ab-
rogação,derrogação,expressa,tácita
DERROGAÇÃO = É uma revogação parcial. Art 2º parágrafo 2 da LINDB \u201cA lei nova, que estabeleça
disposições gerais o especiais a par das já existentes , não revoga nem modifica a lei anterior \u201c
O parágrafo 3º do Art. 2 º da LINDB diz \u201d Salvo disposição em contrário , a lei revogada não se restaura
por ter a lei revogadora perdido a vigência.\u201d Ou seja, no ordenamento jurídico em regra não aceita o
fenômeno da Repristinação que é o retorno da lei revogada pela posterior revogação da sua lei
revogadora.
Art.3º \u201d Ninguem se escusa de cumprir a lei , alegando que não a conhece\u201d
\u201d Tal dispositivo visa garantir a eficácia global da ordem jurídica ,que estaria comprometida se admitisse a
alegação de ignorância da lei vigente. \u201c
( GONÇALVES, Carlos Roberto)
Art . 4º \u201d Quando a lei for omissa, o juiz decidirá o caso de acordo com a analogia , os costumes e os
princípios gerais de direito\u201d.
analogia = quando não há uma norma aplicável a um caso concreto, aplica-se outra norma que seja
semelhante a este caso.
Costumes: é uma prática constante em uma determinada região. O costume possui algumas condições para
ter vigência : continuidade,uniformidade,moralidade e obrigatoriedade.
princípios gerais de direito: são regras não escritas mas que se encontram na consciência coletiva dos
povos,sendo universalmente aceita.
Art . 6º \u201d A Lei em vigor terá efeito imediato e geral , respeitados o ato jurídico perfeito , o direito adquirido
e a coisa julgada\u201d
ato jurídico perfeito = é o já consumado segundo a lei vigente ao tempo em que se efetuou.
direito adquirido = é o direto que já se incorporou ao patrimônio da pessoa , já é de sua propriedade.
coisa julgada= decisão sobre a qual já nao caiba recurso
Questões de Concursos
1) De acordo com a Lei de Introdução ao Código Civil brasileiro, é correto afirmar que ( TRF Analista
judiciário)
a) a lei nova, que estabeleça disposições gerais ou especiais a par das já existentes, revoga ou modifica a lei
anterior.
b) a lei começa a vigorar em todo o País, salvo disposição em contrário, na data da sua publicação.
c) nos estados estrangeiros, a obrigatoriedade da lei brasileira, quando admitida, se inicia três meses depois
de oficialmente publicada.
d) a lei revogada sempre se restaura quando a lei revogadora tiver perdido a vigência.
e) as correções a texto de lei já em vigor não são consideradas lei nova.
2) De acordo com a Lei de Introdução ao Código Civil, com relação à vigência das leis, é correto afirmar:(
TRT 4º região \u2013 Analista judiciário)
a) As correções a texto de lei já em vigor não são considerados lei nova, por expressa disposição legal.
b) Salvo disposição contrária, a lei começa a vigorar em todo o país sessenta dias depois de oficialmente
publicada.
c) Nos Estados estrangeiros, a obrigatoriedade da lei brasileira, quando admitida, se inicia seis meses depois
de oficialmente publicada.
d) Salvo disposição em contrário, a lei revogada não se restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência.
e) A lei terá vigor até que outra a modifique ou revogue, inclusive se destinar-se à vigência temporária.
3)A lei revogada não se restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência(LINDB).Havendo disposição
em contrário ocorre: ( Juiz de Direito TRT 15 º região)
a) revogação;
b)derrogação;
c)ab-rogação;
d)repristinação;
e)anulação.
Gabarito 1-c , 2-d , 3 -d
Tags: civil,codigo,introdução,lei,lindb,repristinação
Adriele
Adriele fez um comentário
Excelente! Explicado de uma forma clara e objetiva!!
0 aprovações
Carregar mais