ok biotecnologia 21-03-11
7 pág.

ok biotecnologia 21-03-11


DisciplinaBiotecnologia da Reprodução Animal83 materiais515 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Biotecnologia da reprodução 21/03/11
Sincronização de cio (Estro)
Ciclo estral: Começa no proestro, estro, metaestro, diestro.
Em bovinos o anestro não é fisiológico, em cadela, em egua, em caprino e ovino você tem um anestro fisiológico. O anestro da cadela é ligado ao pós estro, no caso de eqüino, ovino e caprino o anestro vem ligado a presença ou ausência de luz, seria o fotoperiodo positivo ou negativo.
Bovino:
O proestro pela Janaina dura 48h, eu caçulo ele de 24 a 48h, o estro dura de 10 a 18h, depende da raça, o metaestro ela da em torno de 4 dias e eu do como 5 dias. O diestro dura o resto para fez o dias de 21 dias, dura em torno de 15 dias.
A 1º fase é o estro, Já na mulher a 1º fase do ciclo (mestruação) é no terço final do diestro, pois não houve gestação e aquele útero que esta pronto para receber um embrião, ele se descama para começar um novo ciclo, a mulher não sabe qnd esta no estro.
Já no bovino não tem sangramento, já cadela o sg é no pró estro, que é o sinal mais visível. No caso do cão o estro dura vários dias e o proestro tbm, mais so começa a contar o dia qnd começa a sangrar.
Já no bovino o mais visível é no estro, então vamos considerar o 1º dia no estro.
Quem comando tudo isso são os hormônios, e quem comando isso é o GNrh (hormônio regulador das gonodastrofinas) produzida la no hipotálamo. Temos Tb produção de hormônios no ovário, hipófise e no útero.
No hipotálamo temos uma grande hormônio que é o GNrh, ele comanda tudo, da ordem para hipófise que produz 2 hormônio IPT que é o FSH (hormônio folículo estimulante- controla todo o crescimento folicular ate o momento da ovulação) e o lh (hormônio luteinizante- que vai trabalhar na ovulação e vai controlar toda a formação no corpo lúteo no ovário). Ai no ovário esses 2 hormônios aqui vão controlar a atuação do ovário. No ovário temos 2 hormônio que são a progesterona (P4) e o estrogênio (E2). 
Qnd nada funciona direito tem um hormônio que fala começa de novo que aqui não tem nada, que é a prostaglandina (PgF2 alfa).
- Ovário: os ovários tem a parte cortical e a parte medular, a medular é germinativa , qnd a femea nasce, ela já nasce com a qntdade de folículo que ela vai ter a vida toda, pra vc ter uma idéia é na faixa de 70.000 foliculo. Por algum motvio, ainda não se sabe qnd começa o ciclo em trono de 20 a 30 folículos desses aleatoriamente são escolhidos e isso é a fase de recrutamento folicular, são recrutados. A partir do momento que eles forem recrutados o controle deles o crescimento dele é toda controlada pelo FSH. Depois que recrutou quem comando é o...
O Gnrh que é quem comando tudo, tem duas formas de liberação é produzido constantemente pelo hipotálamo mais é liberado sobre duas formas, é liberado de uma forma basal (como se fosse uma torneira pingando água), ai vai soltando o gnrh na corrente sg sempre em pequenas qntdads. E vc tem uma outra forma de liberação do gnrh que é o pulsar, onde sai um pulso de gnrh, como se fosse abriu a torneira saiu aquele jato e fecha a torneira. Quem vai regular o pulso de grnh é os hormônios ovarianos. 
Fsh é liberado de forma basal e vai regulando o folículo que vai crescendo, vários foliculos vira folículo secundário e eles vão cumendo o FSH, e chega uma hora que tem pouco FSH p todos os foliculos, o que vai acontecer é a fase de dominância folicular, um folículo que cresce um pouquinho mais libera um hormonio que é a inibina e esse hormônio vai inibinado todos os outros foliculos, e ele vai comendo mais FSH e esse folículo cresce, forma os oocitos.
E esse folículo produz um hormônio que é o estrogênio, q qnd esse folículo cresce vai aumentando o estrogênio e ele ta ficando maduro e daqui p frente só falta ovular, e ele ovula rompendo essa membrana soltando, e para ela romper precisa de um estimulo que é dado pelo pico de lh, então esse folículo que esta crescendo precisa mandar um recado p hipotálamo, estou maduro ovule e quem manda esse estimulo é o estrogênio, então qnd vc tem um nível alto o estrogênio vem aqui e estimulo o hipotálamo da um pulso de gnrh e provoca um pulso FSH que vem praticamente simultâneo a um pulso de lh. Aí isso provoca a ovulação, ovulou o nosso ovulo sai e acaba o estrogênio, ele some, sumindo essa fêmea volta na paz, e esse folículo cai na tuba uterina para ser fecundado. 
Depois que rompe forma um buraco que é preenchido por sg formando o corpo hemorrágico, e ai esse coagulo se organiza formando o Cl que vai formar a progesterona, e a progesterona tem a função de manter a gestação desde que tenha gestação, ela manda um recado p o hipotálamo bloqueando um pulso de gnrh, é exatamente o oposto do estrogênio. Nesse processo que tive a ovulação que eu to formando um corpo hemorrágico, esse FSH continua com a liberação basal, essa liberação basal dele vai estimular o Lh, ora estimula um ora estimula o outro. Esse pico dos dois hormônio é IPT para ter a ovulação. O hormônio Lh é o luteinizante que vai formar o corpo lúteo, a continuação dessa liberação basal vai amadurecer o corpo lúteo, a fç do Lh é madurecer esse corpo lúteo. Se essa fêmea estiver gestante, ela vai parar o ciclo aqui, interrompe e fica com o Cl produzindo progesterona que vai manter a gestação. Se não houver gestação no útero a prostaglandina vai ser liberada pelo útero e destrói o CL, por volta do 15º dia do ciclo considerando o dia do estro no 0. A prostaglandina vai comunicar que não tem nada no útero destruindo o Cl fazendo uma vasoconstricção pegando a artéria uterino, diminuindo a irrigação do ovário, deixando sem aporte sg com isso regride e forma uma cicatriz no ovário (chamado corpo albicans), que nada mais é que tecido conjuntivo e aí o ciclo começa de novo. 
- Útero 
Ovulação ocorre no ovário, aí o ovulo desce e na ampola da tuba uterina ocorre a fecundação, e no corno uterino ocorre a gestação. Entao vamos ter um período de migração do embrião que vai demorar de 5 a 6 dias p chegar no útero, chega no útero depois que é fecundado.
O embrião se alimenta de leite uterino mas é muito pouco, e ele vai crescendo e a necessidade de comida é maior, então vai se alimentar através da placenta, tem uma parte do embrião que vai se ligar a mãe para ele pegar o sangue da mãe, seria troca de nutrientes com a mãe, troca de catabolicos, mais para isso precisa acontecer a fixação desse embrião.
Esse embrião teria que ser expulso da mãe, pois ele não é 100% igual a mãe, é 50% da mãe e 50% do pai, mais se essa mãe expulsar vai ocorrer o abortamento, mas não ocorre o abortamento pois o embrião produz um hormônio que se chama interferon que faz com que o sistema imunológico da mãe não expulse, que é chama de reconhecimento materno fetal e isso deve ocorrer antes do 12º dia, pois se ocorrer o útero acha que não tem ngm libera prostaglandina e mata.
Para que isso ocorra existe varias coisas, 1º o embrião tem que falar, fala através do hormônio, 2º a mãe tem que estar disposta a ouvir, 3º a mãe tem que entender o q o feto esta falando.
Tendo esse reconhecimento o útero não vai produzir a prostaglandina.
A progesterona é produzida no ovário até o 5º mês (CL) e depois do 5º mês, a progesterona é produzida na placenta apartir do 5º mês. O que pode acontecer, muitas vezes na passagem da progesterona do ovário p/ a placenta pode haver uma queda brusca de progesterona com isso pode haver aborto ou cio do encabelamento (ou seja, apresenta cio no 5º mês devido essa queda na P4), e chama de encabelamento pq é quando esta nascendo o pêlo do bezerro. Se o boi cruzar com esta vaca não tem problema pq tem um tampão na cervix que impede que o sêmen chegue; mas tem que tomar cuidado p/ não inseminar vaca prenha pois pode perfurar o útero e causar abortamento.
No estro, o que acontece: acontece essa ovulação, ou melhor, quando tem muito estrogênio no ovário que vai fazer os sinais de manifestação de cio, a fêmea vai urinar mais, andar mais, comer menos, diminuir a produção leiteira, mogir