Hisória do Direito Brasileiro - Apostila (80)
3 pág.

Hisória do Direito Brasileiro - Apostila (80)


DisciplinaHistória do Direito Brasileiro11.574 materiais291.738 seguidores
Pré-visualização1 página
Professora: Sabrina Welsch
Capitulo 2 - Aula 4
Extinção do Crédito Tributário
Direito Tributário
Preparatório OAB
01
"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de 
dados. A violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do
material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).\u201d
www.r2direito.com.br
Curso Preparatório OAB - Direito Tributário
Professora: Sabrina Welsch
Extinção do Crédito Tributário
A extinção do crédito tributário é matéria contida na reserva legal, ou seja, só a lei 
pode estipular os casos em que se verifica a extinção do crédito tributário
Extinguem o crédito tributário: 
Pagamento - O pagamento consiste na entrega ao sujeito ativo, pelo sujeito 
passivo ou outra pessoa qualquer, mas em seu nome, da quantia correspondente 
ao crédito tributário 
Imputação no pagamento: Existindo simultaneamente dois ou mais débitos 
vencidos do mesmo sujeito passivo para com a mesma pessoa jurídica de direito 
público, relativos ao mesmo ou a diferentes tributos ou provenientes de penalidade 
pecuniária ou juros de mora, a autoridade administrativa competente para receber o 
pagamento determinará a respectiva imputação, obedecidas as seguintes regras, 
na ordem em que enumeradas
Pagamento indevido - O pagamento indevido é aquele pagamento de um tributo 
que ou simplesmente não era devido ou era ilegal
Compensação - Isso significa dizer que é possível a compensação entre dois ou 
mais tributos, quando credor e devedor forem os mesmos, desde que sejam 
respeitados alguns requisitos
Transação - Na medida em que há um litígio envolvendo a fazenda Pública e o 
sujeito passivo e, esta chega ao fim mediante concessões recíprocas.
Remissão - A remissão é o perdão da dívida relativa a um crédito cujo fato gerador 
e respectivo lançamento já ocorreram. Refere-se a dívidas que já existem. E o 
perdão, previsto em lei, do tributo ou mesmo da infração
02
"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de 
dados. A violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do
material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).\u201d
www.r2direito.com.br
Prescrição e decadência - A decadência é tida como uma das modalidades de 
extinção do crédito tributário, na medida em que retira da Fazenda Pública o direito 
de constituir o crédito tributário, por não tê-lo exercido dentro do prazo previsto na 
lei. A prescrição é compreendida por um lapso temporal, sempre pré-fixado em lei, 
o qual, digamos, retira da Fazenda Pública o direito ao exercício da propositura da 
ação de cobrança de um crédito tributário que, embora regularmente constituído, 
não foi exercido, não foi cobrado, no prazo assinalado pela lei.
Ação de consignação em pagamento - é uma medida judicial, da qual pode 
lançar mão o contribuinte, ora o nosso devedor, a fim de compelir o credor a 
receber o que lhe é devido
Conversão de depósito em renda - Esta situação se observa quando o sujeito 
passivo (o contribuinte, o devedor) é vencido em processo no qual se tenha 
realizado o depósito do montante integral, quer este depósito tenha sido realizado 
de forma administrativa, quer tenha sido realizado de forma judicial. Assim o valor 
depositado se converte em renda para a Fazenda Pública vencedora. 
Pagamento antecipado com ulterior homologação - Esta condição refere-se aos 
tributos lançados pod homologação
Decisão administrativa irreformável - Considera-se decisão administrativa 
irreformável - decisão definitiva e que foi favorável ao sujeito passivo, no 
reconhecimento da improcedência do crédito tributário, em última instância 
administrativa
Decisão judicial transitada em julgado - Isso significa dizer que é uma decisão 
judicial, favorável ao sujeito passivo, da qual não cabe mais nenhum recurso. É 
decisão de última instância judicial.
Dação em pagamento de bens imóveis - Trata-se de pagamento, de quitação do 
crédito tributário. Só que este se realiza, se aperfeiçoa mediante a entrega de bem 
imóvel. Depende de autorização legislativa do ente tributante.