plano_ensino-_AH-_EEH503
2 pág.

plano_ensino-_AH-_EEH503


DisciplinaAproveitamentos Hidreletricos34 materiais54 seguidores
Pré-visualização1 página
UFRJ \u2013 CT \u2013 Escola Politécnica \u2013 Engenharia Civil, Ênfase em Recursos Hídricos
DISCIPLINA: APROVEITAMENTOS HIDRELÉTRICOS \u2013 EEH 503
HORÁRIO: Terças e sextas, de 10:10 às 12 hs.
PROF. RESP.: Heloisa T. Firmo (hfirmo@poli.ufrj.br, 2562-7991)
PLANO DE ENSINO - 2012 / 1
OBJETIVO - capacitar o aluno a analisar os problemas referentes a projeto de Aproveitamentos Hidrelétricos, bem como questões concernentes ao setor elétrico brasileiro, dentre elas, as ambientais. Dar soluções, nas etapas de planejamento, projetos básico e executivo de componentes de usinas hidrelétricas, de forma técnica e sistêmica, dada a importância econômica, social e política dessa fonte de energia elétrica no Brasil. 
EMENTA - O Planejamento Energético Brasileiro. Modelos para planejamento. Arranjos gerais dos aproveitamentos. Tipos de usinas hidrelétricas. Seleção de locais. Estudos preliminares. Anteprojeto. Projeto-básico. Projeto-executivo. Barragens e reservatórios. Principais estruturas. Tomadas d\u2019água. Adução. Casas de força: equipamentos: geradores, turbinas e transformadores. Vertedouros e chaminés de equilíbrio. Construção. Mercado de energia. Setor elétrico brasileiro: modelos matemáticos para planejamento e operação. Regularização de vazões e controle de cheias. A questão ambiental, as usinas hidrelétricas e o setor elétrico brasileiro. Visita(s) técnica(s).
AVALIAÇÃO - Será feita por intermédio de uma média ponderada das notas das provas, da(s) visita(s), dos trabalhos práticos e de um trabalho final, sendo obtida da seguinte forma:
 NF = MP*0,50+ MTP *0,20+ MRELAT*0,10+TFIN*0,20 , 
Onde
 MP \u2013 média das provas P1 e P2;
 MTP \u2013 média dos trabalhos práticos;
 MRELAT \u2013 média dos relatórios (com presença na visita);
 TFIN \u2013 trabalho final sobre uma usina hidrelétrica (ou outro tema pertinente), com apresentação oral. Pode ser feito em duplas.
AVISOS:
- Não haverá segunda chamada para a prova. O aluno que faltar, terá de fazer prova final.
- O aluno que não for à visita técnica, receberá 0,0 (zero) no relatório correspondente.
- Estará aprovado por média e, portanto, dispensado do exame final o aluno que obtiver NF 7,0.
- Deverá fazer o exame final o aluno que obtiver NF < 7,0. Esta avaliação abrange todo o conteúdo da disciplina. Estará aprovado por média o aluno que obtiver MF (média aritmética entre NF e a nota do exame final) 5,0. 
- O aluno que faltar ao exame final deverá fazer a segunda chamada, no dia e horário estabelecido para a mesma. 
- Para ser aprovado, o aluno deverá ter, inclusive, índice de frequência 75% (CEG). 
DOCUMENTAÇÃO DO CURSO:
Estará disponível no Polimoodle, sem senha.
VISITA(S) TÉCNICA(S) (a confirmar): 
- Obra da Usina Hidrelétrica de Simplício (localizada no médio Paraíba do Sul, perto de Sapucaia).
DATAS: 
Provas: P1 \u2013 20/04;
 P2 \u2013 01/06; 
Apresentação dos Trabalhos Finais: dias 26 e 29/06;
Prova Final: 03/07.
Datas de entrega e devolução dos trabalhos práticos: a serem definidas ao longo do curso.
BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
Eletrobrás: Manuais PCH, Projeto Básico, Inventário, Executivo, dentre outros. 
Schreiber, G.P.; Usinas Hidrelétricas, Edt. Edgard Blücher Ltda./engevix, 1978.
Sites da Internet: EPE, Eletrobras, ANEEL, dentre outros e a serem indicados todo início de Tema.
PROGRAMAÇÃO DE AULAS \u2013 2012/1
Tema 1 - Introdução/histórico: potência, energia, setor elétrico brasileiro, planejamento energético;
Tema 2 - Mercado de energia elétrica: demanda e oferta de energia elétrica;
Tema 3 - Circuito hidráulico de adução, principais arranjos, tipos de usinas hidrelétricas;
Tema 4 - Condutos forçados: dimensionamento, diâmetro econômico;
Tema 5 - Barragens- aspectos construtivos: tipos de barragens, pré-dimensionamento, cuidados na construção, segurança de barragens;
Tema 6 - Vertedouros: conceituação, tipos, critérios de dimensionamento; 
Tema 7 - Casa de força: tipos, principais componentes, equipamentos, dimensionamento;
Tema 8 \u2013 Chaminé de equilíbrio: conceitos, tipos de chaminé, critérios de dimensionamento, comportamento hidráulico;
Tema 9 \u2013 Meio ambiente: as usinas hidrelétricas e as questões ambientais;
Tema 10 \u2013 O modelo institucional do setor elétrico brasileiro nos dias de hoje: marcos regulatórios, principais entidades.
Além dos temas acima, serão abordados no curso, dentre outros assuntos:
 - O papel da hidroeletricidade no planejamento da expansão da matriz energética brasileira;
 - Energia firme e energia assegurada;
 - Modelos matemáticos para planejamento e operação do setor elétrico brasileiro;
- Estudo de caso - UHE Simplício: filmes, projeto, desafios da obra;
 - Filmes sobre a UHE Itaipu e sobre Tucuruí, dentre outros;
- O controle de cheias hoje no Brasil;
 - Profissionais convidados: Prof. Flávio Miguez (tratamento de fundações, barragens de terra e de enrocamento, segurança de barragens e equipamentos), outros profissionais a serem possivelmente convidados, dependendo do número de alunos e do interesse da turma.