A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Análise econômica do direito – Wikipédia  a enciclopédia livre

Pré-visualização | Página 2 de 3

da Associação
Brasileira de Direito e Economia (http://www.congresso.abde.com.br) .
Na América Latina, por seu turno, existem programas de pós-graduação em AED na Universidad de Buenos
Aires – UBA, na Universidad Torcuato di Tella e na Pontificia Universidad Catolica Del Perú.
Já nos Estados Unidos, praticamente toda grande faculdade de Direito e a maioria dos principais
departamentos de economia, oferecem cursos em Análise Econômica do Direito e possuem pesquisadores
trabalhando nesse campo, tais como: Columbia University, Harvard University, Yale University, U.C. Berkeley,
University of Chicago, University of Pennsylvania, Stanford University, University of Connecticut, U.C. San
Diego, [[]], Massachusetts Institute of Technology, Florida State University, University of Michigan, etc. Digna
de nota, ainda, a Vanderbilt University Law School que possui programa de Ph.D específico em AED.
No Canadá, temos a University of Toronto Faculty of Law, que oferece um J.D. / M.A. em Economia em
conjunto com um J.D./Ph.D. também nessa área.
Na Itália, temos o Collegio Carlo Alberto em Turin, a School of Economics na University of Siena e a
International University College of Turin. Na Suíça, há a Switzerland’s University of St. Gallen. Na Holanda, a
Utrecht University. Na República Checa, a University of Economics de Praga. Na Inglaterra, a University of
Cambridge também tem um curso específico chamado de "Land Economy", que combina Direito, Economia e
meio-ambiente em uma única disciplina. A University of Manchester Law School, a Nottingham University
Business School e a City University Law School de Londres, também possuem cursos de graduação em
Análise Econômica do Direito.
Na Ásia, temos a National University of Juridical Sciences (NUJS) oferece dois cursos de AED para seus
estudantes de graduação e a National University of Singapore, que lançou, em 2005, um programa
extremamente seletivo de Double Honours em Análise Econômica do Direito, em que os estudantes completam
dois bacharelados em 5 anos.
Referências
1. ↑ Para as origens históricas da AED, veja PARISI, Francesco e ROWLEY, Charles K. The Origins of Law and
Economics – Essays by the Founding Fathers. Mass.: The Locke Institute, 2005, MERCURO, Nicholas e
MEDEMA, Steven G. Economics and the Law – From Posner to Post-Modernism and Beyond. Princeton
University Press, 2006.
2. ↑ Coase, Ronald, "The Problem of Social Cost", The Journal of Law and Economics Vol.3, No.1 (1960). Essa
edição foi publicada em 1961.
Ligações externas
Jornais
•Law and Economics Review (http://aler.oupjournals.org/American)
•Asia Pacific Law and Economics Review (http://www.bepress.com/apler/)
•Economic Analisys of Law Review - English, Español e Português
(http://portalrevistas.ucb.br/index.php/EALR/)
•Revista da Associação Mineira de Direito e Economia (http://www.revista.amde.org.br/)
•Erasmus Law and Economics Review (http://www.eler.org/) open access
(http://en.wikipedia.org/wiki/Open_access_(publishing))
•European Journal of Law and Economics (http://springerlink.metapress.com/openurl.asp?
genre=journal&issn=0929-1261)
•Review of Law and Economics (http://www.bepress.com/rle/)
•International Review of Law and Economics
(http://www1.elsevier.com/homepage/sae/econworld/econbase/irl/frame.htm)
•Journal of Law, Economics, and Organization (http://jleo.oupjournals.org/)
•Journal of Law, Economics & Policy (http://www.gmu.edu/org/jlep/)
•Journal of Law and Economics (http://www.journals.uchicago.edu/JLE/)
•Journal of Legal Studies (http://www.journals.uchicago.edu/JLS/)
•Supreme Court Economic Review (http://www.journals.uchicago.edu/SCER/)
Associações regionais e internacionais
•Latin American and Iberian Law and Economics Association (http://www.alacde.org/)
•Asian Law and Economics Association (http://www.aslea.org/)
•Australian Law and Economics Association (http://law.anu.edu.au/cle/austlea/)
•Verein zur Pflege der Rechtsökonomik / Joseph von Sonnenfels Center for the Study of Public Law and
Economics (http://www.univie.ac.at/sonnenfels/)
•Associação Brasileira de Direito e Economia (http://www.direitoeeconomia.com/)
•Associação Mineira de Direito e Economia (http://www.amde.org.br/)
•Canadian Law and Economics Association (http://www.chass.utoronto.ca/clea/)
•MILES Institute of Law and Economics (http://www.miles.net.cn/)
•European Association of Law and Economics (http://www.york.ac.uk/criminaljustice/EALE/)
•Finnish Association of Law and Economics (http://www.finale.fi/)
•Gesellschaft für Recht und Ökonomik (http://www.glea.de/)
•Greek Association of Law and Economics (http://www.phs.uoa.gr/~ahatzis/GALE.files/slide0001.htm)
•Israeli Association for Law and Economics (http://www.ilea.org.il/)
•Italian Society of Law and Economics (http://www.side-isle.it/it/index.html)
•Law & Economics Association of Japan (http://www.juris.hokudai.ac.jp/~hayasida/jl&enet/jl&enet.htm)
•Korean Law and Economics Association (http://www.klea.co.kr/)
•Law and Economics Association of New Zealand (http://www.leanz.org.nz/)
•Scandinavian Association of Law and Economics (http://www.joensuu.fi/taloustieteet/ott/scandale/)
•Master in Law and Economics Foundation, University of St.Gallen (http://www.mle-stiftung.ch)
•The Swiss Law and Economics Students' Society, St. Gallen, Switzerland (http://www.sless.ch)
•American Law and Economics Association
(http://en.wikipedia.org/wiki/American_Law_and_Economics_Association)
•Midwestern Law and Economics Association (http://www.m-lea.org/)
Bibliografia
•ANTUNES, J. Pinto. A Interpretação Econômico-Judiciária da Constituição. Revista Forense, Rio de Janeiro,
vol. 143, ano 49, nº 591/592, set./out., 1952, p. 21-24.
•ARAÚJO, Fernando. Tragédia dos Baldios e dos Anti-Baldios. O problema econômico do nível óptimo de
apropriação. Coimbra: Almedina, 2008.
•ARAÚJO, Fernando. Teoria Económica do Contrato. Coimbra: Almedina, 2007.
•Dan Ariely. Previsivelmente Irracional - Como as Situações do Dia - a - Dia Influenciam as Nossas Decisões.
Editora Campus. 2008.
•BARCELLOS, Ana Paula de. Ponderação, Racionalidade e Atividade Jurisdicional. Editora Renovar. 2005.
•BARRACHO, Carlos. Lições de psicologia econômica. Lisboa: Instituto Piaget, 2001.
•BERTRAN, Maria Paula. Interpretação Contratual e Análise Econômica do Direito. O caso da revisão dos
contratos de leasing. São Paulo: Quartier Latin, 2008.
•BOUCKAERT, Boudewijn, and GERRIT DE GEEST, eds. (2000). Encyclopedia of Law and Economics
(Edward Elgar, Online version.
•BUCHANAN, James M. Custo e Escolha – Uma indagação em teoria econômica. Luiz Antonio Pedroso
Rafael (Trad.) São Paulo: Inconfidentes, 1993.
•CALIENDO, Paulo. Direito Tributário e Análise Econômica do Direito. Uma visão Crítica. Rio de Janeiro,
Elsevier, 2009.
•CARVALHO, Bruno Sciberras de. A escolha racional como teoria social e política: uma interpretação crítica.
Rio de Janeiro: Topbooks, 2008.
•CARVALHOSA, Modesto Souza Barros. Poder econômico. A Fenomenologia – seu disciplinamento
jurídico. Dissertação de Doutoramento. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1967.
•COASE, Ronald (1990). The Firm, The Market, and the Law (Chicago: University of Chicago Press, reprint
ed. ISBN 0-226-11101-6.
•COOTER, Robert and Thomas Ulen (2007). Law and Economics (Addison Wesley Longman, 5th edition.
ISBN 0-321-33634-8
•DOWNS, Anthony. Uma Teoria Econômica da Democracia. Editora Edusp.
•FARIA, Guiomar T. Estrella. Interpretação Econômica do Direito. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 1994.
•FERNANDEZ, Atahualpa. Argumentação Jurídica e Hemenêutica. Editora Impactus. 2007.
•FLORENZANO, Vicenzo D. Sistema Financeiro e Responsabilidade Social. Uma proposta de regulação
fundada na teoria da justiça e na análise econômica do direito. São Paulo: Textonovo, 2004.
•FRIEDMAN, David (1987). "law and economics," The New Palgrave: A Dictionary of Economics, v. 3,
pp. 144–48.
•GICO JR., Ivo Teixeira. Cartel: Teoria Unificada da Colusão. São Paulo. Lex Editora, 2006.
•HAYEK. Friedrich August von. Direito, Legislação