ESPIROMETRIA
1 pág.

ESPIROMETRIA


DisciplinaFisioterapia8.911 materiais25.542 seguidores
Pré-visualização2 páginas
INSPIRAÇOES NASAIS CURTAS, SUAVES, PROGRAMADA EM 2, 3, 4 OU 6 TEMPOS REPETITIVOS( DE ACORDO COM AS CONDIÇOES DO PCT) INTERCALADAS POR CURTOS PERIODOS DE APNEIA POS-INSPIRATORIA. EXPIRAÇAO ABREVIADA: REALIZAR CICLOS INTERMITENTES DE INSPIRAÇOES PROFUNDAS INTERCALADAS COM EXPIRAÇOES CURTAS COM CICLOS DE 3 A 4 X. OBJETIVO: EXPIRAÇAO INCOMPLETA AUMENTA A CR.F MATENDO O ALVEOLO COM MAIOR VOLUME. PADROES INTERCOSTAIS: TECNICA: INSPIRAR E EXPIRAR PELO NARIZ COM MAIORES FREQUENCIAS E AMPLITUDES POSSIVEIS, AUMENTA A VENTILAÇAO DAS ZONAS MEDIAS LATERAIS, AUMENTA CRF E VRI. PADRAO PARA BROCOESPASMO: VOLUME CORRENTE BAIXO E FR ELEVADO-DIMINUI BRONCOESPASMO E AUMENTA VENTILAÇAO; INSPIRAÇAO NASAL; EXPIRAÇAO ORAL COM RESISTENCIA LABIAL.