Superligas
42 pág.

Superligas


DisciplinaMetalurgia Mecânica151 materiais1.916 seguidores
Pré-visualização2 páginas
A.S.D\u2019Oliveira
Seleção de Materiais
METAIS
Ferrosos Ligas de Aluminio Superligas
- Aços carbono - Al puro - ligas Fe-Ni
- Aços ferramenta - Al-Cu - ligas Ni
- Ferros fundidos - Al-Mg - Ligas Co
- Aços inoxdáveis - Al-Si
Elevada resistência Baixa densidade, Resistência a alta T
Baixo custo resistêntes e ducteis
A.S.D\u2019Oliveira
Correlação entre as propriedades de alguns aços e 
outros materiais
Martensíticos 
e ferriticos
Austeníticos
Aços baixo 
carbono e 
não ligados
Endurecidos por 
precipitação e 
temperaveis
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Aços inoxidáveis:
- ferríticos
- austeníticos
- martensíticos
- duplex
- endurecidos por precipitação
The figure below provides a map of the compositional and property linkages to the family of stainless steel alloy. 
 
 
 
 
 
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Typical Tensile Properties of Annealed Materials
Typical elongations of annealed materials on fabrication.
Aços inoxidáveis - Propriedades
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Aços inoxidáveis - Propriedades
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Aços inoxidáveis \u2013 efeito do encruamento
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Superligas
projetadas para atender a solicitações de temperatura a
que os aços inoxidáveis não conseguiam responder, quer em
termos de resistência a oxidação e corrosão, resistência
mecânica e resistência ao desgaste.
utilizadas a temperaturas acima de 540°C
- Superligas Fe-Ni são uma extensão dos aços inoxidáveis e tipicamente
se utilizam na forma trabalhada (placas, chapas, tupos, etc.)
- Superligas à base de Ni e de Co podem ser utilizadas na forma de
produtos trabalhados ou fundidos, dependendo da aplicação e da
composição da liga.
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Propriedades dependem de:
\u2022Composição química
\u2022 Processamento: Fundição e conformação
A maioria dos produtos fundidos são policristalinos equiaxiais (PC) ou 
solidificados direccionalmente (DS).
Componentes fundidos são intrinsicamente mais resistêntes a altas
temperaturas que os trabalhados. De fato a composição dos componentes
fundidos pode ser manipulada para que se obtenham propriedades especiais.
Mecanismo de endurecimento:
- Solução sólida
- Precipitação de fases intermetálicas
- Presença de carbonetos
- Encruamento a baixas temperaturas
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Co:
Ponto de fusão mais elevado que as ligas de Ni
ou Fe, o que permite que absorver tensões a
temperaturas mais elevadas.
Apresentam melhor resistência a corrosão a
quente (em atmosferas das turbinas a gás), devido ao
maior teor de Cr.
Apresentam melhor resistência a fadiga térmica
e melhor soldabilidade que as ligas de Ni
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Ni:
- Aplicações que requerem resistência a corrosão ou a 
resisência a temperaturas elevadas.
- Algumas ligas de Ni estão entre os mais estruturais mais
resistentes/tenazes
- Em relação ao aço as ligas de Ni apresentam resistência
mecânica super elevada, elevados limites de 
proporcionalidade e elevado modulo de elasticidade.
- A temperaturas criogênicas são ligas resistêntes e ducteis
- A adição de carbono pode aumentar a temperatura de 
trabalho de 1000C para 1200C
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Ni \u2013 efeito da distribuição de precipitados (\u3b3\u2019)
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Resistência a fratura de ligas de Ni e de Co (1000h)
Ligas de NI
Ligas de Co
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Co e de Ni
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Co
Ligas de Ni
Superligas
Para trabalhar a 
temperaturas 
elevadas > 540°C
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Aplicação mais frequente: turbinas
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas Ni e Fe-Ni 
endurecidas por 
precipitação
Ligas de Co 
reforçadas por 
carbonetos
Ligas Fe-Ni, Ni e 
Co endurecidas 
por SS
Classificação e comportamento das superligas
Tensão de ruptura das superligas
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Resistência a fratura de ligas de Ni e de Co (1000h)
Ligas de Ni
Fase 
coerente 
\uf067`aumenta a 
resistência
Ligas de Co
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Resistência a fratura
Temperaturas de serviço
Correlação com outros ligas
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Superligas:
\uf0fcAlta resistência a temperaturas elevadas 
\uf0fcBoa resistência a corrosão e oxidação a temperaturas elevadas
\uf0fcBoa resistência a fluência e a ruptura a temperaturas elevadas
\uf0fc3 classes:
\uf0d8Ni-Fe
\uf0d8Ni
\uf0d8Co
- Superligas Fe-Ni são uma extensão dos aços inoxidáveis e
tipicamente se utilizam na forma trabalhada (placas, chapas,
tupos, etc.)
- Superligas à base de Ni e de Co podem ser utilizadas na
forma de produtos trabalhados ou fundidos, dependendo da
aplicação e da composição da liga.
Aplicações estruturais e como revestimentos
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
O que determina as propriedades 
das ligas de Co e de Ni?
A.S.D\u2019Oliveira
Propriedades dependem de:
\uf071Composição química
\uf071Processamento
\uf071Tratamento térmico
Mecanismos de endurecimento:
- Solução sólida
- Dispersão de segunda fase
- Precipitação:
- carbonetos: MC....M23C6
- fases ordenadas: \uf067`, \uf067``
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Composição química
Elementos de liga presentes nas ligas Ni e de Co
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Composição química (sistema de liga complexo)
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Co
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Cobalto
\u2022Estrutura HC a temperatura ambiente
\u2022Transformação alotrópica a 417°C estrutura muda para CFC
Ligas de Co
\u2022Estrutura CFC
\u2022Elementos de ligas: Cr, W, C
Mecanismos de endurecimento:
- Solução sólida
- Precipitação de carbonetos (tipo MC\u2026.M23C6, morfologia e distribuição)
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Co:
Ponto de fusão mais elevado que as ligas de Ni ou Fe, o que
permite que absorver tensões a temperaturas mais elevadas.
Apresentam melhor resistência a corrosão a quente (em
atmosferas das turbinas a gás), devido ao maior teor de Cr.
Apresentam melhor resistência a fadiga térmica e melhor
soldabilidade que as ligas de Ni
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Resistência a abrasão 
Resistência a 
cavitação
Desempenho de ligas de Co
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Ni
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Niquel
Estrutura CFC \uf067
Ligas de Ni:
- Ligas NiCr e NiMo
- Adição de Co reduz a solubilidade de outros 
elementos e promove a precipitação
- Adição de Al e Ti promovem a formação do 
precipitado \uf067\u2019
- Alguns elementos formam a fase \uf067``
- Carbonetos nos contornos de grão
Fase \uf067`
Fase \uf067
Fase \uf067``
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Ni:
Efeito da adição de Al e de Ti
na resistência de ligas de Ni
a 870°C
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Ni:
Ni-Cr (inconel) resistência a oxidação Ni-Fe (permalloy), magnéticas
Ni-Mo (hastelloy)
Outras superligas
Resistência a temperaturas elevadas
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Ligas de Ni:
- Aplicações que requerem resistência a corrosão ou a resisência a 
temperaturas elevadas.
- Algumas ligas de Ni estão entre os materiais estruturais mais 
resistentes/tenazes
- Em relação ao aço as ligas de Ni apresentam resistência mecânica super 
elevada, elevados limites de proporcionalidade e elevado modulo de 
elasticidade.
- A temperaturas criogênicas são ligas resistêntes e ducteis
- A adição de carbono pode aumentar a temperatura de trabalho de 1000C 
para 1200C
Seleção de Materiais
A.S.D\u2019Oliveira
Processamento
A maioria dos produtos fundidos são policristalinos equiaxiais (PC) ou 
solidificados direcionalmente (DS).
Componentes fundidos são intrinsicamente mais resistêntes a altas temperaturas 
que os trabalhados.
A composição dos 
componentes 
fundidos pode ser 
manipulada para 
que se obtenham 
propriedades 
especiais