A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
01 Introdução à recuperação judicial e falência (1 de 2)

Pré-visualização | Página 1 de 1

INTRODUÇÃO À RECUPERAÇÃO 
JUDICIAL E FALÊNCIA 
Evolução Histórica | As crises da empresa | Princípio da 
preservação da empresa | Soluções para a crise
[Parte 1 de 2]
Prof. Thiago Cadidé
https://www.instagram.com/thiagocadide.adv/
https://www.instagram.com/thiagocadide.adv/
EVOLUÇÃO HISTÓRICA
Prof. Thiago Cadidé
Como solucionar o problema da insolvência?
Da Responsabilidade pessoal → à Responsabilidade patrimonial
 INSOLVÊNCIA = o devedor possui mais dívidas do que patrimônio
 1º PERÍODO
 O credor adquire a posse do bem do devedor.
 Objetivo de punir o agente econômico insolvente.
 O insolvente era tido como um criminoso, e a insolvência (falência) um 
delito.
 Situações de escravidão, banimento e pena de morte não eram 
incomuns.
Prof. Thiago Cadidé
EVOLUÇÃO HISTÓRICA
 2º PERÍODO
 O Direito falimentar passa a receber suas regras fundamentais.
 Punir não restitui valores devidos ao credor.
 Atenção à proteção ao credor.
 3º PERÍODO
 Entendimento acerca da função social da empresa.
 A sua preservação e recuperação é mais importante do que sua 
imediata exclusão.
 Muda-se a perspectiva de PUNIÇÃO (falência como um “delito”) ou 
PROTEÇÃO AO CREDOR para PRESERVAÇÃO (falência é um risco 
natural à atividade).
Prof. Thiago Cadidé
EVOLUÇÃO HISTÓRICA
Prof. Thiago Cadidé
EVOLUÇÃO HISTÓRICA
Art. 47, Lei 11.101/05. A recuperação judicial tem por objetivo viabilizar a superação 
da situação de crise econômico-financeira do devedor, a fim de permitir a manutenção 
da fonte produtora, do emprego dos trabalhadores e dos interesses dos credores, 
promovendo, assim, a preservação da empresa, sua função social e o estímulo à 
atividade econômica.
Art. 75, Lei 11.101/05. A falência, ao promover o afastamento do devedor de suas 
atividades, visa a:
I - preservar e a otimizar a utilização produtiva dos bens, dos ativos e dos recursos 
produtivos, inclusive os intangíveis, da empresa;
II - permitir a liquidação célere das empresas inviáveis, com vistas à realocação 
eficiente de recursos na economia; e
III - fomentar o eservar empreendedorismo, inclusive por meio da viabilização do 
retorno célere do empreendedor falido à atividade econômica.
Reformado pela Lei 14.112/2020
Prof. Thiago Cadidé
EVOLUÇÃO HISTÓRICA - BRASIL
Falência e Concordata
“Comerciante” (compra com a 
intenção de revender);
Eliminar o agente econômico 
sem condições de cumprir os 
seus deveres.
Falência e Recuperação;
Empresário e sociedade 
empresária;
Recuperar os agentes 
econômicos em crise.
DECRETO-LEI 
7.661/45 LEI 11.101/05
AS CRISES DA EMPRESA
Prof. Thiago Cadidé
 CRISE DE RIGIDEZ
 O agente econômico se perde em sua incapacidade de mudar com os 
novos tempos.
 Essa rigidez de atuação não condiz com flexibilidade exigida pela 
evolução da economia.
 Causas comuns: mudança de tecnologia, mudança de hábitos de 
consumo, novas matérias-primas, concorrência.
 Exs.: 
Prof. Thiago Cadidé
CRISE DA EMPRESA
 CRISE DE EFICIÊNCIA
 Ocorre quando o agente produz abaixo da sua capacidade, seja por 
decisões erradas de seus diretores, desavenças entre sócios, cultura 
corporativa contraproducente, relação com fornecedores prejudicada, 
pessoal pouco qualificado, etc.
 CRISE ECONÔMICA
 Quando as vendas dos produtos ou a prestação de serviços não são 
realizadas em quantidade suficiente à manutenção do negócio;
 Os custos para a produção ou prestação do serviço são maiores que os 
rendimentos.
Prof. Thiago Cadidé
CRISE DA EMPRESA
 CRISE FINANCEIRA
 Quando o empresário tem falta de fluxo de caixa, dinheiro ou recursos 
disponíveis para pagar suas prestações obrigacionais.
 CRISE PATRIMONIAL
 Quando o ativo do empresário é menor do que o seu passivo e seus 
débitos superam os seus bens e direitos que possui.
 O empresário não só não tem dinheiro em caixa para pagar os seus 
devedores momentâneos, como não tem pode pagá-los mesmo que 
venda todo o seu ativo.
 Pior das situações.
Prof. Thiago Cadidé
CRISE DA EMPRESA
Gostou do material?
 Não esqueça que esta é apenas a 1ª parte!
 Acompanhe a Parte 2 (Princípio da preservação da empresa | 
Soluções das crises) no meu perfil do Passei Direto:
https://www.passeidireto.com/perfil/31831357/
 Também lhe convido a me acompanhar no Instagram, onde 
compartilho um pouco mais de conhecimento:
Prof. Thiago Cadidé
https://www.passeidireto.com/perfil/31831357/
https://www.instagram.com/thiagocadide.adv/
https://www.instagram.com/thiagocadide.adv/
https://www.instagram.com/thiagocadide.adv/

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.