A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
física - QUESTIONÁRIO MCT

Pré-visualização | Página 1 de 1

QUESTIONÁRIO
Bruna Ongaratto Zambiasi
QUESTIONÁRIO:
Explique a experiência de Torricelli para a medição da pressão atmosférica.
 Torricelli encheu um tubo de aproximadamente 1 metro com mercúrio. Tampando a extremidade com o dedo e virando/invertendo o tubo, mergulhou essa extremidade em um recipiente contendo também mercúrio. Ao destampar, verificou que a altura do líquido diminui, tornando-se 76cm. Concluíra que a pressão atmosférica, atuando na superfície do líquido no recipiente, conseguia equilibrar a coluna de mercúrio. Como a altura do líquido era de 76cm, Torricelli chegou a conclusão que o valor da pressão atmosférica (Pa) equivale à pressão exercida por uma coluna de mercúrio de 76cm de altura.
Pa = 76cmHg = 1atm
Quais os efeitos fisiológicos da variação da pressão sobre um ser vivo?
Quando uma pessoa sobe uma montanha, ela pode sentir uma série de distúrbios, que se tornam maiores a partir dos 3000m. Os sintomas mais comuns são: dificuldade de respirar, mal-estar generalizado, dores na cabeça, vômito, náusea, insônia. Isso ocorre porque há uma diminuição da pressão atmosférica, que é conseqüência da diminuição da densidade do ar. A partir de 5000m, pode ocorrer hipoxia, isto é, só há metade de O2 com relação ao nível do mar, causando baixo fornecimento de oxigênio para o corpo humano.
Porém, quando uma pessoa mergulha, não ocorre o mesmo. Os pulmões possuem uma pressão maior em um mergulho do que a pressão ao nível do mar. O aumento da pressão parcial do oxigênio faz com que um número maior de moléculas desse gás seja transferido para o sangue. Se for um grande acréscimo, a pessoa pode morrer com envenenamento de oxigênio. Um possível envenenamento que pode ocorrer é a oxidação de enzimas do pulmão, que pode acarretar em convulsões.
� EMBED Word.Picture.8 ���
_1331729036.doc

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.