A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Estudo dirigido - Sistemas Psicológicos II, Prof Delaine (Gestalt)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade Salgado de Oliveira
Disciplina: Sistemas Psicológicos II Período: 2º
Professor: Delaine de Sousa Silva Álvares
Aluna: Geovana Rodrigues de Oliveira
Estudo Dirigido
1) Aponte as influências antecedentes sobre a psicologia da Gestalt.
O pensamento da Gestalt começou com o filósofo Immanuel Kant, que discutiu a ideia de que a mente organiza ativamente as percepções. O pensamento de Franz Brentano era de que a psicologia deveria estudar o ato da experiência. Ernest Mach discutiu como os formatos dos objetos podem parecer alterados (à medida que nos movemos ao redor da mesa, por exemplo), mas os percebemos como inalterados. O trabalho de Mach foi transmitido para Christian vonEhrenfells (que ensinou Max Wertheimer, um dos fundadores da Gestalt). William James argumentou que as pessoas veem os objetos como um todo e não como feixes de sensações. O movimento filosófico da Fenomenologia foi outro percursor que estudou as experiências conforme aconteciam. 
2) Descreva o cenário da fundação da Psicologia Gestalt.
A revolução da Gestalt ia acontecendo na Alemanha. Tratava-se de mais um protesto contra a psicologia Wundtiana. Surgiu como uma pesquisa feita em 1910 por Max Wertheimer. Ele publicou os resultados de sua pesquisa em 1912 em “Estudos Experimentais da Percepção do Movimento”, artigo considerado o marco do começo da escola de pensamento da Psicologia da Gestalt.
3) Aponte as contribuições de:
· 3.1. Max Wertheimer
Para ele a verdade consiste em determinar a estrutura total de experiencias e não em captá-la por sensações e percepções singulares associadas. A partir deste princípio, ele fez experimentos muito importantes para a percepção do fenômeno Fi. Além da descoberta do Fenômeno Fi, Max Wertheimer estabeleceu uma série de leis da organização perceptiva, baseando-se na ideia de que essa organização é inata.
· 3.2. Kurt Kofka
Escreveu um artigo para uma revista americana com o título: Percepção, uma introdução a teoria da Gestalt. Contudo, o artigo provocou mais danos do que benefícios justamente pelo uso equivocado da palavra percepção, que dava a impressão que a psicologia da Gestalt tratava apenas da percepção não contribuindo outras áreas da psicologia.
· 3.3. Wolfgang Kohler
Seus livros escritos tornaram-se padrão na psicologia da Gestalt.
4) Qual foi a natureza da revolta da Gestalt?
Os princípios gestaltistas estavam em oposição direta a boa parte da tradição acadêmica da psicologia na Alemanha. O comportamentalismo fora uma revolta menos imediata contra Wundt e o estruturalismo porque o funcionalismo já tinha produzido algumas mudanças na psicologia americana. A revolta gestaltista na Alemanha não contou com nada que lhe preparasse o caminho dessa maneira. Os pronunciamentos dos psicólogos da Gestalt estavam bem próximos da heresia aos olhos da tradição alemã.
5) O que é a teoria da Gestalt e o que ela pretende?
A Gestalt é uma doutrina que defende que, para se compreender as partes, é preciso, antes, compreender o todo. Estuda a percepção e a sensação dos movimentos, os processos psicológicos envolvidos diante de um estimulo e como este é percebido pelo sujeito.
6) Aponte 4 princípios da Gestalt.
Similaridade, continuidade, proximidade e simetria.
7) Quais foram os princípios gestaltistas da aprendizagem?
O processo de aprendizagem tende a variar de pessoa para pessoa, a utilização dos conceitos na Gestalt, no entanto obedecem às regras de percepção sensoriais comuns a maioria das pessoas conforme a sua faixa etária. Essas são percepções baseadas em sua maioria nos aspectos fisiológicos, isto é, independentemente de influências externas como papel social, econômico ou cultural.
8) Como ocorreu a expansão da Psicologia da Gestalt?
A Ascenção dos nazistas ao poder na Alemanha em 1933, com seu violento Anti-intelectualismo e antissemitismo e suas ações expressivas, forçou muitos estudiosos, inclusive os líderes da Gestalt, a deixar o país. O movimento passou a ocupar uma posição inferior no sistema acadêmico alemão da época, e o seu centro passou para os Estados Unidos. A expansão do Gestaltismo nos Estados Unidos foi feita através de contatos pessoais, bem como artigo e livros.