A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
Estudo Dirigido Antibióticos

Pré-visualização | Página 1 de 3

ESTUDO DIRIGIDO
Beatriz Joia Tabai
(Respostas em vermelho)
1) A ação dos antimicrobianos nas células bacterianas acontece de maneira distinta
para cada classe destes fármacos. Os sítios mais comuns da ação destes fármacos na
bactéria são parede celular, membrana, ribossomos e cromossomos. Qual das
alternativas a seguir apresenta corretamente duas classes dos antimicrobianos
acompanhados dos seus respectivos sítios de ação na bactéria?
a) Penicilinas (Parede Celular); Clindamicinas (Cromossomos).
b) Quinolonas (Cromossomos), Carbapenens (Ribossomos).
c) Cefalosporinas (Parede Celular), Aminoglicosídeos (Parede Celular).
d) Monobactâmicos (Parede Celular), Macrolídeos (Ribossomos).
e) Aminoglicosídeos (Ribossomos), Macrolídeos (Membrana Celular).
Resposta: D. As penicilinas inibem a síntese da parede celular bacteriana. A clindamicinas
inibe a síntese proteica, não atuando nos cromossomos. As quinolonas inibem a ação da
DNA girase e topoisomerase IV, impedindo a replicação do DNA bacteriano. As carbapenens
atuam contra as enzimas que sintetizam a parede bacteriana, não nos ribossomos. As
cefalosporinas inativam as proteínas ligadoras de penicilina, inibindo a síntese de parede
celular. Os aminoglicosídeos inibem a síntese das proteínas, não atuando na parede celular.
Os macrolídeos inibem a síntese proteica, não atuando na membrana celular. Por fim, os
monobactâmicos atuam na parede celular bacteriana.
2) Com relação aos testes de sensibilidade aos antimicrobianos, considere as
seguintes afirmativas:
1. Para antibiograma pelo método de disco-difusão, o inóculo bacteriano deve ser
realizado a partir de uma suspensão bacteriana padronizada, como na escala 1,5 de
McFarland. F - 0,5 MacFarland.
2. O antibiograma por métodos de diluição tem como objetivo determinar a
concentração do antimicrobiano que inibe visivelmente o crescimento bacteriano. V
3. A concentração inibitória mínima é a menor concentração de um antimicrobiano que
elimina totalmente os microrganismos. F - A CIM é a menor concentração de antimicrobiano
capaz de inibir o crescimento bacteriano.
4. Antibiograma pelo método da difusão, segundo Kirby-Bauer, tem como objetivo
avaliar quantitativamente a concentração bactericida de um antimicrobiano. F - O objetivo é
testar se a bactéria em análise é sensível a determinados antibióticos.
5. O método de microdiluição em caldo é o teste recomendado quando se deseja um
resultado qualitativo. F - quantitativo.
Assinale a alternativa correta;
a) Somente a afirmativa 2 é verdadeira.
b) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas 1, 4 e 5 são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas 2, 3, 4 e 5 são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas 1, 3, 4 e 5 são verdadeiras.
3) Sobre os antifúngicos avalie as afirmativas abaixo:
I) A anfotericina B é um antibiótico antifúngico que age se ligando a membrana da
célula fúngica, especificamente ao ergosterol, alterando a permeabilidade destas células. V
II) A nistatina age da mesma forma que a anfotericina, mas não é utilizada por via
injetável devido sua baixa biodisponibilidade. F - É injetável.
III) A flucitosina é convertida em 5-fluorouracil na célula fúngica e inibe a enzima
timidilato sintetase impedindo a síntese do DNA fúngico. V
IV) A flucitosina não pode ser aplicada em conjunto com a anfotericina B, pois esta
associação diminui a atividade da flucitosina. F - A flucitosina geralmente é usada em
conjunto com a anfotericina B no tratamento de casos graves de infecções por Candida e
criptococose.
Estão CORRETOS apenas os itens:
a) I e III
b) I e II
c) I e IV.
d) II e III.
4) Sobre os antivirais, avalie as afirmativas abaixo:
I ) Todos os antivirais, como o Aciclovir, devem sofrer trifosforilação dentro das células pra
se tornarem ativos. F - Apenas alguns, como os inibidores nucleosídicos da replicação do
material genético, precisam ser convertidos à forma ativa trifosforilada para exercerem
atividade antiviral.
II) O ganciclovir é uma droga classificada com anti-herpética e tem atividade inferior a
do aciclovir sobre o citalomegalovírus. F
III) Os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios e utilizam a maquinaria celular do
hospedeiro para se proliferar. V
IV) A aciclovir exerce suas ações por inibir enzimas com função de polimerase de ácidos
nucléicos. V
Estão CORRETOS apenas os itens:
a) I e IV
b) I e III
c) II e III.
d) III e IV.
5) Sobre o mecanismo de ação do aciclovir é CORRETO afirmar que:
a) Inibe a fusão das membranas virais e celulares mediada por interações entre gp41 e CD4.
b) Inibe a neuraminidase viral e, portanto, provoca agregação viral na superfície celular
e redução na disseminação do vírus.
c) Atua no local de ligação do pirofosfato da DNA-polimerase viral e impede a clivagem
do pirofosfato a partir de pirofosfatosnucleosídicos, bloqueando, assim, o prolongamento de
um molde de primer adicional.
d) Faz com que as enzimas da célula hospedeira adicionem dois fosfatos para
formar trifosfato de aciclovir, que é transportado para o núcleo. Depois que a
DNA-polimerase do herpes cliva pirofosfato a partir de trifosfato de aciclovir, a
DNA-polimerase viral insere mono fosfato de aciclovir, e não mono fosfato de 2 '-
desoxiguanosina no DNA viral.
6) Qual a principal estratégia terapêutica farmacológica para tratamento de
infecções pelo vírus influenza? Explique o mecanismo de ação molecular envolvido com
base na(s) estrutura(s) do(s) fármaco(s).
Resposta - Para o tratamento de infecções do vírus Influenza, a principal estratégia
terapêutica farmacológica se dá com fármacos que inibem a enzima neuraminidase. Eles
imitam o intermediário do estado de transição da reação enzimática, bloqueando a enzima
neuraminidase e impedindo a continuação da reação, assim, essa enzima não é mais capaz de
degradar o muco e facilitar a dispersão do vírus, algo que diminui o poder de infecção viral.
Exemplos deles são o oseltamivir (tamiflu) e o zanamivir (relenza).
7) Qual o principal fármaco usado para tratamento de infecções causadas pelo
herpesvírus? Com base na estrutura química deste fármaco, explique seu mecanismo de
ação molecular e toxicidade seletiva.
Resposta - O Aciclovir é o principal fármaco usado para o tratamento de infecções por
herpesvírus. Esse fármaco não apresenta o anel de ribose (açúcar) presente nos nucleosídeos,
no entanto, tem uma cadeia acíclica no local que permite as fosforilações necessárias para
produção da estrutura ativa. A primeira fosforilação (etapa limitante das reações de
fosforilação) é catalizada por uma enzima específica, a quinase viral, codificada pelo Herpes
vírus. Esse mecanismo é diferente de outros agentes antivirais, nos quais as três reações de
fosforilação são catalisadas por enzimas celulares (do hospedeiro). Dessa forma, o aciclovir
só é fosforilado em células infectadas pelo vírus da Herpes, apresentando portanto toxicidade
seletiva.
8) Considere a alternativa que apresente um exemplo de Antiviral Citotóxico:
a) Abacavir.
b) Ribavirina.
c) Ganciclovir.
d) Nenhuma das alternativas.
Resposta - O abacavir inibe a enzima transcriptase reversa do HIV, o que resulta na
finalização da cadeia de ácido nucléico e na interrupção do ciclo de replicação viral, algo que
não destrói a célula infectada. A Ribavirina interfere na síntese de guanosina trifosfato,
inibindo o RNA mensageiro viral e inibindo a polimerase de certos vírus RNA, algo que não
destrói a célula infectada. O ganciclovir inibe a síntese do DNA viral por 2 mecanismos: (1)
inibição competitiva da incorporação da desoxiguanosina trifosfato (DGTP) ao DNA pela
DNA polimerase e (2) a incorporação do trifosfato de ganciclovir ao DNA viral causa um
subsequente término ou grande limitação do alongamento do DNA viral. Assim, ele é
citotóxico.
9) Medicamento antiviral indicado para tratamento de pacientes diagnosticados
com Gripe A H1N1:
a) Oseltamivir
b) Aciclovir
c) Famciclovir
d) Efavirenz
e) Zidovudina

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.