Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
RESUMÃO GENGIVITES

Pré-visualização | Página 1 de 1

GIOVANNA MORELLI – DIREITOS AUTORAIS 
 
As doenças periodontais podem ser 
classificadas como gengivites e 
periodontites, cada qual com suas 
particularidades. 
________________________________________________ 
Existem algumas condições que 
podem afetar o periodonto, que serão 
abordados mais a frente. 
________________________________________________ 
 
GENGIVITE = inflamação do tecido 
gengival, afetando principalmente a 
gengiva marginal. A presença de placa 
bacteriana inicia e agrava o quadro. 
Em geral, os sinais clínicos e sintomas 
das gengivites são: 
 
 Aumento do contorno gengival 
 Presença de fibrose e edema 
 Sangramento ao estímulo 
 Coloração bem avermelhada 
 Sintomatologia dolorosa 
 Aumento do fluído gengival 
 
GENGIVITE INDUZIDA = esse quadro 
se caracteriza pela inflamação 
gengival induzida pelo biofilme, que é 
o único fator contribuinte, sem outras 
condições prévias → ela se 
subclassifica em: 
 
 Gengivite em periodonto integro 
 Gengivite em periodonto reduzido 
 
- Em pacientes sem doença previa 
- Em pacientes tratados com sucesso 
 
OBS: normalmente, as gengivites 
induzidas por biofilme dental estão 
relacionadas a fatores locais, como por 
exemplo, uso de aparelho ortodôntico 
e restaurações mal adaptadas. 
 
GENGIVITE SISTÊMICA = é aquela 
que é induzida por alguma doença ou 
fator existente no organismo do 
paciente. 
 
 Fatores nutricionais 
 Agentes farmacológicos 
 Condições hematológicas 
 Fatores de risco locais 
 Fator de retenção do biofilme 
 Hiperglicemia 
 Gestação 
 Menstruação 
 Diabetes mellitus 
GIOVANNA MORELLI – DIREITOS AUTORAIS 
 
 Tabagismo 
 Secura bucal 
 
GENGIVITE MEDICAMENTOSA = esse 
tipo de inflamação é induzido por 
medicamentos, principalmente da 
classe dos anticonvulsivantes. Nesses 
casos, ocorre um aumento do tecido 
gengival. 
 
 Hidantoína 
 Fenitoína 
 Ciclosporina 
 
GENGIVITE NÃO INDUZIDA = é a 
inflamação gengival que não é 
induzida pelo biofilme dental. Tem 
relação com alguns outros fatores 
importantes. 
 
 Desordens genéticas 
 Infecções especificas 
 Condições inflamatórias 
 Condições imunes 
 Processos reacionais 
 Doenças endócrinas 
 Doenças metabólicas 
 Déficit nutricional 
 Pigmentação gengival 
 Lesões traumáticas 
 Neoplasias 
 
Como desordens genéticas, 
podemos apresentar um exemplo 
bastante conhecido: a fibromatose 
gengival hereditária. 
 
Infecções especificas que podem 
desencadear no aparecimento de 
gengivite: gengivite estreptocócica, 
treponema pallidum, herpes 
simples, herpes zoster, papiloma 
vírus, varicela e candidíase. 
 
Condições inflamatórias e imunes, 
como hipersensibilidade e doenças 
autoimunes também podem 
desencadear um quadro de 
gengivite. 
 
Neoplasias também são bem 
frequentes no quesito gengivite, a 
exemplo, temos: leucoplasias, 
carcinoma de células escamosas, 
leucemia e linfoma. 
 
 
 
 
 
GIOVANNA MORELLI – DIREITOS AUTORAIS