A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Sistema Imunológico - Células específicas

Pré-visualização | Página 1 de 2

RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
 
- Pequena circulação, grande circulação e coração 
Responsável por transportar oxigênio e nutrientes para que as células 
do nosso corpo consigam viver. 
• Ele é constituído por uma rede de vasos – artérias e veias – por 
onde percorre o sangue do nosso organismo. 
• O coração impulsiona o sangue para as artérias e recebe o 
que chega pelas veias. 
O sangue oxigenado (conhecido como sangue arterial) saí do 
coração e passa pelas artérias, que vão gradativamente diminuindo 
seu tamanho até se transformarem em arteríolas e depois em capilares 
arteriais. 
• Tipos de artérias: 
I) Arteríolas: São as menores ramificações das artérias, ajudam 
a regular a pressão sanguínea e levar sangue para os 
capilares. 
II) Capilares: Realizam trocas entre o sangue e os tecidos, 
garantindo que nutrientes e oxigênios sejam passados para 
as células. 
 
 
 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
Por meio dos capilares, o oxigênio consegue entrar nas células, e as 
substâncias resultantes do metabolismo celular – o gás carbônico, por 
exemplo – são absorvidos pelo sangue e entram na circulação. 
- O sangue rico em gás carbônico (normalmente chamado de sangue 
venoso) passa pelos capilares venosos, depois pelas vênulas e 
posteriormente para as veias. 
- Essas veias são maiores e suportam uma maior pressão, e, com isso, 
conseguem levar de volta esse sangue ao coração. 
O caminho percorrido do coração-tecido-coração é conhecido 
como grande circulação! 
→ Caminho da grande circulação: 
I) Na grande circulação, o sangue arterial (vindo dos pulmões) 
é bombeado do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo. 
II) Do ventrículo esquerdo, ele será passado para a artéria 
aorta, que transporta esse sangue para os diversos tecidos 
do corpo. 
III) Quando o sangue oxigenado chega até os tecidos, os 
vasos capilares refazem a troca gasosa: absorvem o gás 
oxigênio e liberam o gás carbônico, tornando o sangue 
venoso. 
IV) O sangue venoso volta até o coração e chega ao átrio 
direito por meio das veias cavas superiores e inferiores. 
 
O caminho percorrido do sangue coração-pulmões-coração recebe 
o nome de pequena circulação! 
→ Caminho da pequena circulação: 
I) O sangue venoso é enviado aos pulmões, sendo 
bombeado do ventrículo direito para a artéria pulmonar. 
II) A artéria pulmonar se ramifica de forma que uma segue para 
o pulmão direito e outra para o pulmão esquerdo. 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
III) Nos pulmões, ocorre a troca gasosa: o sangue presente nos 
alvéolos libera o gás carbônico e absorve o gás oxigênio. 
IV) O novo sangue arterial (oxigenado) é levado dos pulmões 
ao coração, através das veias pulmonares, que se conectam 
no átrio esquerdo. 
 
 
Pequena e grande circulação representadas na imagem. 
 
• Coração 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
- É um órgão oco, formado pelo músculo estriado cardíaco (que 
só existe nele), em forma de cone e se localiza no tórax, atrás do 
osso esterno, no espaço chamado mediastino, entre os pulmões. 
 
 
- O coração é formado de músculos e precisa de oxigênio para seu 
funcionamento; esse suprimento de gás ocorre através do sangue que 
chega pelas artérias. 
Camadas do coração: 
Miocárdio: Musculatura cardíaca estriada do coração, que é 
recoberta interna e externamente por membranas (finas camadas de 
tecido). 
- A membrana INTERNA do miocárdio se chama endocárdio e a 
membrana EXTERNA se chama epicárdio. 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
 
Pericárdio: Saco fibroso que protege e fixa o coração. 
 
• Funções do coração: 
Sua principal função é bombear o sangue para os pulmões (para 
que ele possa receber o oxigênio) e depois bombeia esse sangue 
arterial para todo o corpo. 
- Esse sangue distribuí oxigênio e nutrientes para os tecidos do corpo 
e retira produtos residuais dos tecidos. 
- O coração consegue enviar o sangue as artérias com tanta pressão 
que provoca o movimento do sangue das veias em direção a si 
próprio. 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
Sístole: Momento em que o coração contraí, expulsando o sangue 
sob pressão para as artérias. 
- Os ventrículos se contraem e bombeiam sangue para fora do 
coração, e os átrios relaxam e começam a encher de sangue 
novamente. 
Diástole: Quando o coração relaxa, enchendo-se passivamente com 
o sangue nas veias. 
- Os ventrículos relaxam, se enchendo de sangue. Assim, os átrios se 
contraem e forçam a entrada de mais sangue para os ventrículos. 
 
O coração possuí quatro cavidades (duas de cada lado), que são 
divididas da seguinte forma: 
 
 
 
 
 
 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
 Átrios (dois) Ventrículos (dois) 
- Um esquerdo e um direito, 
localizados acima e atrás do 
coração. 
- Câmara superior que coleta 
sangue e o bombeia para a 
camada inferior. 
- O átrio direito recebe o sangue 
venoso da circulação sistêmica 
através das veias cava superior e 
inferior. 
- O átrio esquerdo recebe o 
sangue arterial da circulação 
pulmonar através das quatro veias 
pulmonares. 
As veias pulmonares são a 
exceção a regra, porque levam 
sangue arterial. 
- Um direito e um esquerdo, 
localizados embaixo e na frente dos 
átrios. 
- Câmara inferior que bombeia 
sangue para fora do coração. 
 - O ventrículo direito impulsiona o 
sangue venoso para circulação 
pulmonar através da artéria pulmonar. 
A artéria pulmonar também é exceção 
a regra, porque levam sangue venoso. 
- O ventrículo esquerdo envia o sangue 
arterial para a circulação sistêmica 
através da artéria aorta. 
 
Cada átrio se comunica com o ventrículo do seu mesmo lado graças 
a uma orifício que possuí uma estrutura denominada valva. 
• As valvas são formadas por duas ou três partes, as cúspides. 
• As cúspides impedem o refluxo de sangue, permitindo sua 
passagem no sentido átrio-ventrículo, mas não no sentido 
oposto. 
 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
Valva pulmonar e valva 
aórtica: Possuem três 
cúspides. 
Valva tricúspide: Três 
cúspides, 
Valva mitral: Duas 
cúspides. 
 
→ Comportamento das valvas na sístole e na diástole: 
Na diástole, as valvas aórtica e pulmonar se fecham e as valvas mitral 
e tricúspide estão abertas, para que o sangue possa entrar nos átrios 
e depois nos ventrículos, e o sangue não refluí para atrás das artérias 
porque as valvas aórtica e pulmonar estão fechadas. 
Na sístole, as valvas aórtica e pulmonar se abrem enquanto as valvas 
mitral e tricúspide se fecham, fazendo com que o sangue vá dos 
ventrículos para as artérias. 
 
→ Sistema de condução cardíaca: 
O movimento do sangue é controlado pela contração cardíaca 
(sístole) que só existe graças a um sistema de fibras especiais, cuja 
função é promover contrações regulares do miocárdio através da 
geração e condução de estímulos elétricos, responsáveis pelo 
desencadeamento do processo em nível celular. 
- O controle da atividade cardíaca é feita pelo sistema nervoso 
simpático e parassimpático, que inervam de forma abundante o 
coração. 
- Normalmente essas contrações ocorrem de modo ritmado na maioria 
das pessoas (60 a 90 vezes por minuto) devido a um estímulo elétrico 
gerado por um marcapasso natural que se possuí no coração: o nó 
sinoatrial ou nó sinusal. 
 RESUMO: THENURSE 
INSTAGRAM: THENURSE.BR 
I) Esse primeiro estímulo se propaga pelos átrios, provocando a 
contração atrial (sístole atrial) até chegar ao nó 
atrioventricular (única passagem elétrica entre os átrios e os 
ventrículos). 
II) Do nó atrioventricular, o estímulo irá percorrer o feixe 
atrioventricular/feixe de His, que logo se divide em dois ramos. 
III) Os ramos direito e esquerdo ativam, de forma organizada, 
todas as fibras musculares dos ventrículos, resultando na 
sístole ventricular (expulsão do sangue do coração para os 
vasos). Dessa forma, enquanto