Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
relatorio 2bc jm

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE 
(UFRN) 
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE COMUNICAÇÕES 
SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO VIA SATÉLITE 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Acadêmico(s): João Marcelo de Medeiros Galvão 
Turma: 35N34 
Professor: Ronaldo de Andrade Martins 
Data: 28/06/2021 
 
Objetivo 
 
Neste relatório vamos destrinchar os tipos de satélites e seus usos 
apropriados. 
 
 
Resumo 
 
 Além das topologias que encontramos na comunicação via satélite, é 
importante também classificar corretamente os satélites que temos disponíveis. 
 Primeiramente temos os satélites passivos que apenas refletem de volta para 
o terra o sinal que foi recebido de uma estação terrena, esses satélites são muito 
limitados porque já não conseguem atender a demanda pros dias atuais. 
 Os satélites transparentes são satélites que atuam como uma simples 
estação repetidora no espaço, convertendo a frequência da portadora gerada por 
uma hub terrena para uma outra frequência a ser utilizada na retransmissão para 
uma outra estação terrena. 
 Os satélites com processamento a bordo operam somente com sinais de 
moduladores digitais, pois demodulam a portadora de subida, extraindo a 
informação digital regenerando assim todos os bits, eliminando os ruídos que são 
inseridos pelo sistema. Com o processamento a bordo é possível ter uma economia 
da ordem de 6 dB no dimensionamento do lance de subida e de 3 dB no lance de 
descida, para modulação PSK e pra mesma taxa de erro na subida e na descida. 
 Os satélites comerciais têm a finalidade de atender ao mercado no geral. Seu 
surgimento se deu ao grande crescimento da economia mundial e pela necessidade 
de acesso em grande escala, hoje constituem a maioria dos artefatos em órbita, 
com a utilização da banda Ku possibilitou a implantação de antenas de pequeno 
diâmetro, consequentemente otimizando gastos e sendo mais viável para o 
mercado. 
 Os satélites científicos são de grande importância para a humanidade, pois 
previnem catástrofes e mudanças climáticas com grande exatidão, são largamente 
utilizados na meteorologia identificando queimadas, deslocamento de nuvens, 
tempestades, furacões, poluição ambientais, os fenômenos El Nino e La Nina são 
previamente identificados e acompanhados por satélite. Também na astronomia é 
possível observar novas galáxias, conhecer novos planetas, estudar sobre a vida. 
 Os satélites militares são utilizados obviamente para a área militar, devido a 
esses satélites tivemos um grande impulso no setor, temos como exemplo o satélite 
russo Sputnik. 
 
Figura 1- Satélite Sputnik