A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Suinocultura Industrial: Manejo Reprodutivo de Machos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Criação Animal II – Medicina Veterinária – Jennifer Reis da Silva – É PROIBIDA A COMERCIALIZAÇÃO DESTE CONTEÚDO 
 
MANEJO DO MACHO REPRODUTOR 
 
Introdução 
Para adquirir um reprodutor é necessário 
compra-lo de uma granja externa no 
período pré púbere ou até mesmo selecionar 
um da propriedade. 
Se o animal vier de fora, deve ser inserido 
no setor quarentenário até estar apto para 
entrar devidamente na granja e estar em 
contato com os animais. 
 Os machos sempre devem estar em 
baias individuais pois, se estiverem 
junto com outros cachaços eles podem 
brigar até a morte. 
 
Um suíno atinge a puberdade entre 120 a 
150 dias de vida e de 4 a 7 meses vai 
ocorrendo aumento gradativo da qualidade 
do ejaculado. Por conta disso, no começo da 
vida produtiva dos machos devemos utilizá-
los poucas vezes por semana e em períodos 
espaçados para que não haja declínio na 
qualidade do ejaculado. 
 
 
 
 
 
 
Treinamento para a Monta 
 
 
Se o macho for utilizado para inseminação 
artificial, deve ser treinado dos 7 a 8 meses 
a subir em um manequim/ cavalete. 
Para tornar o manequim atrativo podemos 
inserir a urina da fêmea em cio, para que o 
macho sinta o odor e aumente sua libido 
subindo na estrutura de forma espontânea. 
 
Machos que não apresentam libido frente ao 
manequim devem ser vendidos para 
propriedades que utilizam monta natural. 
 
 Alguns suínos podem chegar até 350kg, 
logo é de suma importância ter cuidado 
ao manejá-los para que não ocorra 
acidentes. Porém isso tem diminuído 
graças a seleção e melhoramento 
genético tornando esses animais mais 
dóceis. 
 
Criação Animal II – Medicina Veterinária – Jennifer Reis da Silva – É PROIBIDA A COMERCIALIZAÇÃO DESTE CONTEÚDO 
 
Iniciando a vida reprodutiva 
No começo de sua vida reprodutiva é 
necessário que auxiliemos o macho para que 
ele não venha se frustrar e desista da monta 
natural. Devemos então expor uma fêmea 
em cio experiente ao macho para que haja 
pouca chance de erro já que fêmeas mais 
jovens, como já vimos, podem apresentar 
RTM negativo frustrando a tentativa do 
macho. 
 
De 7 a 9 meses, os cachaços devem ser 
utilizados 2 vezes por semana em períodos 
espaçados por serem mais jovens. 
Entre 9 a 12 meses podemos utilizá-los de 
3 a 5 vezes na semana e animais maduros 
(mais de 12 meses) podem ser utilizados até 
6 vezes na semana. 
 A relação entre machos e fêmeas para 
a reprodução deve ser 1 macho para 
cada 25 fêmeas quando falamos em 
monta natural. Já na inseminação 
artificial utilizamos 1 macho para 
100 fêmeas. 
 
Descarte dos machos 
Os cachaços são mantidos de 2 a 3 anos de 
idade e são descartados por 
 Excesso de peso causando sobrecarga 
nos membros posteriores dificultando a 
monta natural ou no cavalete para 
coleta. As fêmeas também tendem a 
não aguentar machos tão pesados 
podendo causar infertilidade mecânica; 
 Aprumos deficientes 
 Claudicação; 
 Dificuldade mecânica; 
 Lentidão na monta; 
 Baixa taxa de concepção; 
 Malformações na progênie 
 
Para que seja feito o descarte os machos são 
previamente castrados e então são enviados 
ao abatedouro.