A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
ALINHAMENTO

Pré-visualização | Página 1 de 2

Aplicação dos princípios básicos de 
diagramação, uso de cores e tipografia em 
projetos gráficos 
 
Unidade 1.2 
Princípios da Diagramação: Alinhamento 
 
 
Professor: Jorge Oliveira 
 
 
 
Realização: Secretaria Geral de Educação a Distância da Universidade Federal de São Carlos 
O Alinhamento é o segundo princípio a ser estudado nesta unidade sobre diagramação. 
Possivelmente, você já faz uso deste recurso em seus trabalhos gráficos, mesmo que seja de 
forma inconsciente, mas a partir de agora, iremos aplicá-lo de forma pensada. 
Para começar, imagine uma casa limpa, porém completamente desorganizada com 
inúmeros móveis fora do lugar e objetos espalhados por todos os cômodos.
A visão desta casa lhe causa que tipo de sensações? (pense um pouco!)
As respostas podem variar entre si, mas todas elas estarão dentro da esfera da Confusão 
Visual e da Sensação de Estar Perdido. 
Quando se cria um material gráfico, é preciso estar consciente da distribuição dos 
elementos (textos, imagens entre outros) pelo espaço. Se a fizer de qualquer jeito, pode-se criar 
os mesmos problemas, confusão visual e sensação de estar perdido, que encontramos na casa 
desorganizada.
A partir de agora fica combinado, que todos os elementos gráficos que forem colocados 
em um projeto gráfico, necessitará ter uma conexão visual com outro(s) elemento(s) dentro 
deste espaço. Para isso, será aplicado o princípio do alinhamento, que tem como principal 
função unificar e organizar os elementos na material gráfico.
Segundo o autor Robin Williams, no livro Design para quem não é designer, “nada dever 
ser colocado arbitrariamente em uma página. Cada item deve ter uma conexão visual com algo 
na página”.
Simplesmente distribuir os elementos gráficos pela página de maneira não pensada, 
acaba criando soluções visuais confusas e conflitantes e que na maioria das vezes dificulta a 
legibilidade e compromete o entendimento do conteúdo.
É preciso lembrar que toda vez que produzirmos um material gráfico, ele precisa 
apresentar unidade visual e para alcançar essa unidade é preciso estabelecer ligações 
visuais. Essas ligações visuais devem existir em elementos próximos e/ou distantes. Quando os 
elementos estão próximos, o alinhamento é visualmente mais nítido e é percebido facilmente 
em um primeiro olhar. Entretanto, quando os elementos estão distantes entre si, o alinhamento 
acontece através do que chamamos de linhas invisíveis, que conduzem o olhar, revelando a 
conexão entre os elementos por conta de seu(s) posicionamento(s) na página.
Importante salientar, que mesmo em projetos repletos de elementos gráficos e com 
soluções visuais carregadas e as vezes até caóticas, ainda assim há alinhamentos que 
estabelecem a unidade visual da proposta, basta procurá-los com um pouco mais atenção.
A fim de ajudar na compreensão deste segundo princípio, a seguir, você 
encontrará alguns exemplos de projetos gráficos onde o alinhamento está aplicado. 
 
Alinhamento
Princípios da Diagramação
Após observar a etiqueta responda para si mesmo, as seguintes perguntas:
- Como os elementos estão distribuídos pelo espaço? 
- Qual a conexão que existe entre eles?
- Existe alinhamentos entre os elementos? E o alinhamento está claro?
- Você teve a sensação de que os elementos foram simplesmente jogados no 
espaço sem nenhum critério?
Agora, observe esta outra etiqueta com os mesmos cinco elementos (palavras), 
entretanto, com o princípio de alinhamento aplicado e em seguida faça as mesma perguntas 
que você se fez ao analisar a etiqueta anterior.
1- Etiqueta
Preste atenção nesta etiqueta simples que conte cinco elementos (palavras) distribuídos 
pelo espaço.
Diagramação
Alinhamento
Repetição
Contraste
Proximidade
Diagramação
Alinhamento
Repetição
Contraste
Proximidade
- Com certeza, as respostas foram diferentes! Certo?
Nesta versão da etiqueta é possível encontrar conexão visual entre os elementos e o 
alinhamento, neste caso pelo eixo central, também é claro ao primeiro olhar.
Alinhar pelo centro, não é a única solução para unificar e organizar visualmente os 
elementos gráficos, existem inúmeras outras possibilidades. A seguir, destacamos mais duas 
versões para a etiqueta.:
Diagramação
Alinhamento
Repetição
Contraste
Proximidade
alinhamento central
alinhamento à esquerda
alinhamento à direita
Importante destacar que o alinhamento pode acontecer entre elementos como também 
pode acontecer entre os elementos e o espaço da criação. Nos exemplos acima, os elementos 
estão alinhados entre si e em relação ao espaço (tudo ao centro ou a esquerda ou a direita).
A escolhas do tipo do alinhamento e como ele será aplicado fica a critério do criador e conforme 
as exigências e necessidades de seu projeto.
2 – Capa de relatório
Acredito que você já tenha visto ou produzido uma capa de relatório, como no exemplo a 
seguir. Ela está claramente estruturada pelo eixo central e todos os elementos foram alinhados 
a partir deste eixo. É uma capa que funciona em relação a legibilidade e entendimento do 
conteúdo, entretanto, é comum e sem graça. 
O alinhamento central é bastante usado por iniciantes, que encontram na simetria 
(equilíbrio visual) que ele cria, a segurança e o conforto para aplicar este tipo de alinhamento.
É importante dizer que o alinhamento centralizado não é uma saída ruim, mas é 
considerada visualmente formal e pacato, sem grandes surpresas ou ousadia. 
A orientação que eu deixo é que você use o alinhamento central de maneira pensada, 
aproveitando suas características visuais em sua proposta e não como a saída rápida. 
Alinhamentos marcantes (à direita, à esquerda, a mescla alinhamentos e entre 
elementos distantes) podem deixar seus projetos gráficos mais atraentes e chamativos.
Observe novamente a capa do relatório, desta vez alinhada por um eixo deslocado para 
esquerda e com os elementos distribuídos em pontos distantes da página.
Importante frisar, que a distribuição doselementos neste caso também utiliza o já 
apresentado princípio da proximidade, onde os agrupamentos são estabelecidos conforme a 
natureza das informações.
Design Gráfico
Unidade 1- Diagramação
Professor Jorge Oliveira
UFSCar
Novembro de 2013
Concordam que a sensação visual que esta capa proporciona é diferente da sensação que a 
capa anterior cria?
Alinhar os elementos pela esquerda cria tensão visual na página, rompe com o comum (rompe 
com a simetria do eixo central). E neste caso a distribuição dos elementos em pontos distantes 
da página reforça esta tensão. Atente-se que mesmo distantes, existe um linha invisível que 
conecta as informações do topo com as informações do rodapé da página e conduz o olhar do 
observador de um ponto ao outro.
3 – Banner ou cabeçalho
Quando projetamos uma página é preciso pensar nos elementos gráficos ( textos, 
imagens e formas) e nas relações que se estabelecem entre eles. O que muita gente se esquece 
é que a relação entre esses elementos gráficos acabam gerando zonas brancas – regiões sem 
elementos gráficos. Durante o projeto é preciso pensar nessas zonas brancas também e o 
princípio do alinhamento contribui bastante para encontrar soluções visuais e adotar um 
partido estético adequado para o projeto.
Para exemplificar, observe atentamente os três banners/cabeçalhos a seguir.
UFSCar 
Universidade Federal de São Carlos
Curso Design Gráfico
Unidade 01 - Diagramação
Princípios abordados:
- Proximidade
- Alinhamento
- Repetição
- Contraste
Professor Jorge Oliveira
arquiteto e diretor de arte SEaD
Novembro de 2013
UFSCar 
Universidade Federal de São Carlos
Curso Design Gráfico
Unidade 01 - Diagramação
Princípios abordados:
- Proximidade
- Alinhamento
- Repetição
- Contraste
Professor Jorge Oliveira
arquiteto e diretor de arte SEaD
Novembro de 2013
UFSCar 
Universidade Federal de São Carlos
Curso Design Gráfico
Unidade 01 - Diagramação
Princípios abordados:
- Proximidade
- Alinhamento
- Repetição

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.