A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
Lista 2 - Química - Módulo 1 - Exercícios e Resolução

Pré-visualização | Página 4 de 6

tem massa maior que a palha de aço. 
Item c: verdadeiro. O composto pulverulento tem massa maior que a inicial da palha de aço. 
Item d: falso. Pela lei de Lavoisier, a massa de oxigênio é menor que a do óxido de ferro. 
Item e: falso. Pela conservação da massa na reação, a massa do óxido de ferro é maior que a de oxigênio. 
Portanto, a resposta correta é a letra C. 
 
7. 
Resposta: D 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre identificação atômica: 
Item I: verdadeiro. Os isótopos são átomos de um mesmo elemento químico que possuem mesmo 
número atômico (prótons) e diferente número de massa. 
Item II: verdadeiro. O número atômico (𝑍) corresponde ao número de prótons no núcleo. 
Item III: falso. O número de massa (𝐴) é igual à soma do número atômico (𝑍) com o número de nêutrons 
(𝑁), ou seja, 𝐴 = 𝑍 + 𝑁. A massa do elétron, por ser desprezível não entra nos cálculos de massa. 
Portanto, a resposta correta é a letra D, pois apenas os itens I e II são verdadeiros. 
 
 
8. 
Resposta: A 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre modelo atômico de Bohr. Esse modelo serviu para 
complementar o modelo de Rutherford com mais descrições a respeito de onde os elétrons estão 
localizados: em órbitas com nível crescente de energia, onde cada nível de energia corresponde às 
camadas K, L, M, N, O, P, Q. Analisando os itens: 
Item a: verdadeiro. O modelo de Bohr definiu que os elétrons giram em órbitas estacionárias, com nível 
crescente de energia. 
Item b: falso. A energia do elétron se mantém constante durante o giro pela órbita. 
Item c: falso. Para um elétron mudar para um nível mais externo, ele precisa receber energia. Para voltar 
de um nível mais externo para o mais interno, ele libera energia na forma de luz. 
Item d: falso. Cada órbita define um nível de energia que aumenta conforme o elétron ocupe níveis mais 
externos. 
Item e: falso. Para mudar de um nível mais energético para um nível menos energético, o átomo precisa 
liberar energia na forma de luz e não absorver. 
Portanto, a resposta correta é a letra A. 
 
11 
 
 
9. 
Resposta: D 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre leis ponderais. Essas leis são a base para as reações 
químicas e são dadas por: lei das proporções constantes (lei de Proust) e a lei da conservação da massa 
(lei de Lavoisier). O enunciado fala que são colocados um pedaço de papel em cada prato e realizado a 
combustão do prato A, sendo repetido o mesmo procedimento com palha de aço. Analisando: 
1. A combustão de papel, que é constituído por celulose gera como produtos gás carbônico e água, 
que abandonam o prato A, fazendo com que ele fique mais leve, ou seja, o prato A fica acima do 
prato B. 
2. A combustão da palha de aço é descrita pela seguinte equação química: 
2𝐹𝑒(𝑠) + 𝑂2 (𝑔) → 2𝐹𝑒𝑂(𝑠) 
Essa queima gera óxido de ferro que é mais pesado que o ferro inicial, fazendo com que o prato A 
fique mais pesado. Logo, o prato A fica abaixo do prato B. 
Portanto, a resposta correta é a letra D. 
 
10. 
Resposta: D 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre modelo atômico de Bohr. Esse modelo afirma que os 
elétrons estão localizados: em órbitas com nível crescente de energia, onde cada nível de energia 
corresponde às camadas K, L, M, N, O, P, Q. Ao receber energia, os elétrons saltam para uma cada mais 
externa e, ao retornar a uma cada mais interna, liberam energia na forma de luz. Analisando os itens: 
Item a: falso. Ao receber energia, os elétrons saltam para uma camada mais externa e não interna. 
Item b: falso. A coloração tem a ver com as propriedades químicas do sal. 
Item c: falso. Os átomos de oxigênio não influenciam nesse processo. 
Item d: verdadeiro. Ao receber energia da chama, os elétrons do cátion 𝑁𝑎+saltam para uma camada 
mais externa e, ao retornar para sua camada interna, liberam essa energia na forma de luz amarela. 
Item e: falso. Cada sal produz uma reação com uma cor característica. 
Portanto, a resposta correta é a letra D. 
 
 
11. 
Resposta: E 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre propriedades atômicas. Os isótopos são átomos de 
elementos químicos que possuem mesmo número atômico e diferente número de massa. O enunciado 
descreve isótopos do átomo de oxigênio e pede que se calcule quantos nêutrons existem em cada isótopo. 
Sabendo que o átomo de oxigênio possui número atômico 𝑍 = 8, e que o número de nêutrons é dado pela 
subtração do número de massa (𝐴) pelo número atômico (𝑍), têm-se: 
 𝑂: 𝑁 =8
16 𝐴 − 𝑍 = 16 − 8 → 𝑁 = 8 
 𝑂8
17 : 𝑁 = 𝐴 − 𝑍 = 17 − 8 → 𝑁 = 9 
 𝑂8
18 : 𝑁 = 𝐴 − 𝑍 = 18 − 8 → 𝑁 = 10 
Portanto, a resposta correta é a letra E, pois os átomos são isótopos e possuem respectivamente 8, 9 e 
10 nêutrons. 
 
 
 
12 
 
 
12. 
Resposta: B 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre propriedades atômicas. Os isóbaros são elementos químicos 
que possuem o mesmo número de massa e diferente número atômico. Já os isótonos são elementos 
químicos que possuem o mesmo número de nêutrons e diferente número atômico. Por fim, os isótopos 
são elementos químicos que possuem mesmo número atômico e diferente número de massa. O enunciado 
descreve a relação entre três elementos químicos A, B e C, e pede que se calcule o número de nêutrons: 
 𝐴𝑥
𝑚 : 16 𝑛ê𝑢𝑡𝑟𝑜𝑛𝑠, 𝐴 𝑒 𝐵 𝑠ã𝑜 𝑖𝑠ó𝑡𝑜𝑝𝑜𝑠, 𝑙𝑜𝑔𝑜 𝑡ê𝑚 𝑜 𝑚𝑒𝑠𝑚𝑜 𝑛ú𝑚𝑒𝑟𝑜 𝑎𝑡ô𝑚𝑖𝑐𝑜. 
 𝐵𝑥
2𝑥+2 : 20 𝑛ê𝑢𝑡𝑟𝑜𝑛𝑠, 𝐵 𝑒 𝐶 𝑠ã𝑜 𝑖𝑠ó𝑏𝑎𝑟𝑜𝑠, 𝑙𝑜𝑔𝑜 𝑡ê𝑚 𝑎 𝑚𝑒𝑠𝑚𝑎 𝑚𝑎𝑠𝑠𝑎. 
 𝐶: 16 𝑛ê𝑢𝑡𝑟𝑜𝑛𝑠𝑝
2𝑥+2 , 𝐴 𝑒 𝐶 𝑠ã𝑜 𝑖𝑠ó𝑡𝑜𝑛𝑜𝑠, 𝑙𝑜𝑔𝑜 𝑡ê𝑚 𝑜 𝑚𝑒𝑠𝑚𝑜 𝑛ú𝑚𝑒𝑟𝑜 𝑑𝑒 𝑛ê𝑢𝑡𝑟𝑜𝑛𝑠. 
1. Como o número de nêutrons é igual a subtração do número de massa pelo número atômico, têm-
se que utilizando o elemento químico B: 
2𝑥 + 2 − 𝑥 = 20 → 𝑥 = 18 
2. Sabendo que x = 18, substituindo no elemento químico A, pode-se calcular m pela relação 
anteriormente descrita (nêutrons = massa – número atômico): 
𝑚 − 18 = 16 → 𝑚 = 34 
3. Utilizando a relação de nêutrons para o elemento químico C, e sabendo que x = 18, pode-se 
calcular p: 
2.18 + 2 − 𝑝 = 16 → 𝑝 = 22 
4. Logo, têm-se: 
𝑚𝑎𝑠𝑠𝑎𝑡𝑜𝑡𝑎𝑙 = 34 + 38 + 38 = 110 
𝑛ú𝑚𝑒𝑟𝑜 𝑎𝑡ô𝑚𝑖𝑐𝑜𝑡𝑜𝑡𝑎𝑙 = 18 + 18 + 22 = 58 
𝑛ê𝑢𝑡𝑟𝑜𝑛𝑠𝑡𝑜𝑡𝑎𝑙 = 16 + 20 + 16 = 52 
Portanto, a resposta correta é a letra B. 
Observação: Uma outra forma de resolver a questão seria simplesmente observar que apenas o item B 
tem o número de nêutrons igual a 52, e esse número pode ser calculado facilmente somando os dados do 
enunciado. 
 
13. 
Resposta: B 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre reações químicas. O enunciado descreve uma equação 
química e pede para que sejam feitas algumas conclusões a respeito. Analisando: 
2𝐻2 + 𝑂2 → 2𝐻2𝑂 
Item I: verdadeiro. A equação química apresenta o mesmo número de átomos no início (4 átomos de 
hidrogênio e 2 átomos de oxigênio) e no final. 
Item II: falso. Nos reagentes existem 3 moléculas (𝑑𝑢𝑎𝑠 𝑑𝑒 𝐻2 𝑒 𝑢𝑚𝑎 𝑑𝑒 𝑂2) e nos produtos há 2 moléculas 
apenas (𝑑𝑢𝑎𝑠 𝑑𝑒 𝐻2𝑂). 
Item III: verdadeiro. Pela lei de Lavoisier (conservação da massa), a massa inicial é igual à massa final 
numa reação química em um sistema fechado. 
As conclusões dos itens I e III só podem ser consideradas se a equação estiver balanceada como acima. 
Portanto, a resposta correta é a letra B. 
 
 
 
13 
 
 
14. 
Resposta: A 
Comentário: Trata-se de uma questão sobre identificação dos átomos. O enunciado descreve a criação 
de um novo elemento químico chamado de ununséptio, que possui número atômico igual a 117 e massa 
atômica 42% maior que a do chumbo (Pb). O comando da questão pede que se calcule qual a massa 
atômica desse novo elemento. Organizando os dados: 
1. O chumbo (𝑃𝑏) pode ser descrito da seguinte forma: 𝑃𝑏82
207 , em que 207 corresponde à massa 
atômica e 82 ao número atômico. 
2. Como o ununséptio possui massa atômica 42% maior que a do chumbo, têm-se: 
207
𝑥
=
100%
42%
→ 100𝑥 = 207.42

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.