A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
SONHOS na Psicanálise (SIMBOLISMO)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Editado por Drielle Costa | 2021 
1 
 
 
 
 
 
 
 
 
Em função de sua relação com o objeto, um signo pode ser denominado índice, 
ícone ou símbolo. 
 
❑ Índice ou Sinal: Um signo é denominado índice (ou sinal) quando mantém uma 
relação direta com o objeto que ele representa. Assim, uma rua molhada pode 
ser índice ou sinal de que choveu. 
 
❑ Ícone: Um signo é denominado ícone quando sua relação com o objeto é de 
semelhança. É o caso, por exemplo, da relação existente entre um retrato e o 
retratado. 
 
❑ Símbolo: Um signo pode ainda ser denominado símbolo, e isso acontece quando 
sua relação com o objeto é arbitrária ou convencional, isto é, não natural. É o 
caso das palavras. 
 
O SIMBOLISMO NOS SONHOS 
INTERPRETAÇÃO de SONHOS 
PSICANÁLISE ´ 
SÍGNO, ÍNDICE, ÍCONE E SÍMBOLO 
 
Editado por Drielle Costa | 2021 
2 
 
Certos desejos ou certos conflitos são representados no sonho de 
forma semelhante, independentemente do sonhador. A esses 
sonhos Freud chamou “sonhos típicos”. Esses sonhos (e não apenas eles) lançam 
mão de símbolos já existentes e presentes no inconsciente de cada indivíduo. 
 
Encontramos esses símbolos não apenas nos sonhos, mas na arte, nos mitos, na 
religião, e sua característica básica é a constância da relação entre o símbolo e o 
simbolizado, relação essa que pode ser de forma, de função, de ritmo etc. Freud 
chama a esses símbolos “elementos mudos” do sonho, pois sobre eles o paciente 
é incapaz de fornecer associações. 
 
A existência desses símbolos nos sonhos faz com que sejam exigidas 2 formas 
distintas de interpretação: 
 
→ uma que faz uso das associações fornecidas pelo paciente e 
→ outra que se exerce diretamente sobre os símbolos. 
 
A razão disso está em que, no primeiro caso, a chave que permite ao intérprete 
decifrar o sentido do sonho é individual e pertence ao sonhador. O único meio de 
burlar a censura e chegar ao significado oculto é através das associações que o 
sonhador realizar. O código é privado. 
 
 SONHOS TÍPICOS E ELEMENTOS MUDOS 
 
Editado por Drielle Costa | 2021 
3 
No caso dos sonhos que empregam símbolos, o sonhador se serve 
de algo já pronto. A interpretação nesse caso depende do 
conhecimento que o intérprete possui dos símbolos e não das 
associações fornecidas. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
REFERÊNCIA: 
(1990). A interpretação dos sonhos. Edição Standard Brasileira das Obras 
Completas de Sigmund Freud, Vol. IV, Rio de Janeiro: Imago, 1969. 
 
“O corpo humano, os pais, os filhos, o nascimento e a morte, a nudez e a 
sexualidade, são campos privilegiados pelo simbolismo onírico”.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.