Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
78 pág.
GATOS

Pré-visualização | Página 1 de 2

Téc. Manejo e Contenção Animal
Curso Técnico em Veterinária
Viviane Ribeiro
CRMV – SP 22.166
Manejo de Gatos
A ESCOLHA DE UM ANIMAL
 DISPONIBILIDADE
 Animais para tutores que passam o dia fora 
 IDADE DO ANIMAL
Filhotes: 
Mais atenção
Mais supervisão
Mais curiosos
Se adaptam melhor 
Manejo de Gatos
 ADULTOS:
Menos ativos
Se ajusta melhor a brincadeira dele
Criam vínculos
 TIPO DE PELAGEM
Pelos curtos: menos cuidado e mais queda
Pelos compridos: mais cuidado e menos queda
Manejo de Gatos
 TEMPERAMENTO
Gato X dono
 Disponibilidade de tempo
 Carinhoso
 Convivência com criança
 Outros animais
 ESCOLHA DO SEXO
 Machos – tendem a ser mais briguentos e mais rueiros
 Femeas – cios, gestação indesejada
Manejo de Gatos
 RANKING DE INTELIGÊNCIA GATOS 
DOMÉSTICOS
1º Angora Turco
2º Siamês
3º Spnyx
4º Balinês
5º Bengal
Manejo de Gatos
 Onde adquirir um gato
Feira de adoção
Gatil especializado
Criações particulares
Feiras de filhotes e Pets
Pet Shop (liberados)
 Como diminuir as chances de ser enganado
Exija contrato
Manejo de Gatos
Procure em organizações que dedicam a gatofilia
Procure sempre indicação de profissionais ou 
conhecidos
Pesquisar em sites, rede sociais
Pedir telefone de alguns clientes
Ir ate o local e verificar higiene, matrizes e pais
Pesquisar se o gatil existe legalmente
 Carteira de vacinação com as doses de múltiplas 
felinas assinada por um MV (no mínimo 1 dose)
Manejo de Gatos
Criador consciente é seleto também na hora da venda 
da sua ninhada, eles pesquisam os interessados e o 
questionam para saber se o possível dono se adequa ao 
estilo de vida do animal
Animais com pedigree: animais sem não significa ser 
mestiço
R$ do animal
Manejo de Gatos
 Como escolher o filhote
Brinque com os filhotes e veja como eles se comportam 
e escolha o que mais agradou
Higiene do local
Onde estão os pais, se estão presos verifique o motivo
Olhos brilhantes e sem secreções
Nariz: úmido
Orelhas secas 
Pelagem: macios, com brilho e sem falhas
Abdômen: pode estar aumentado logo após a refeição
ORIENTAÇÕES PARA A 
ATIVIDADE REPRODUTIVA DOS 
GATOS
“A DECISÃO DE ACASALAR O PET”
Manejo Reprodutivo
 Assegurar a saúde do animal
 Assegurar que os animais estejam vacinados
 Definir dietas e controle de endo e ectoparasiticidas
 Falar sobre problemas relacionado a raça (se for o caso)
 Poliéstrica sazonal, ou seja, apresentam vários cios 
durante seu período reprodutivo
Manejo Reprodutivo
 PUBERDADE
FÊMEAS
O 1º cio define a puberdade
6 meses
Animais de pelos curtos entrarão no cio antes do que 
animais de pelos longos
 MATURIDADE SEXUAL
FÊMEA e MACHOS: a partir do 1º ano 
Manejo Reprodutivo
 CICLO ESTRAL DA FÊMEA
O ciclo da fêmea é dividido por 4 fases, são elas:
 PROESTRO
não detectável
Dura 1 a 3 dias
Secreção mucosa pode sair pela vulva
As gatas podem esfregar a cabeça contra objetos 
 Tem o interesse do macho, mas não permite a monta
Manejo Reprodutivo
 ESTRO (cio): 
Dura 5 dias (2 a 14 dias)
 Receptivas aos machos: cauda elevada para um dos 
lados, patas da frente presas ao chão e quadril elevado. 
Vocalização
Demonstram mais afeto aos donos
Perdem o apetite
Monta Ovulação
Manejo Reprodutivo
 DIESTRO: 
fase pós a ovulação. 
Inatividade sexual
Pseudociese caso não ocorra a fecundação, sem sinais e 
sintomas
 ANESTRO:
ausência de ciclo e costuma ocorrer nos meses de dias 
curtos, geralmente no inverno
Manejo Reprodutivo
 PERÍODO DE GESTÃO
 66 dias na média (61 a 72 dias)
AVALIAÇÃO DOS REPRODUTORES
Imunização adequada
Ectoparasiticidas: pulgas
Endoparasiticida: 
Vermifugação antes do cruzamento em ambos 
a partir de 45 dias de gestação
Manejo Reprodutivo
Nutrição: rações adequadas. 
Temperamento dos pais:
Filhos com características semelhantes
Animais agressivos, podem se machucar durante o coito
 AVALIAÇÃO NEGATIVAS PARA A REPRODUÇÃO
Score corpore - Obesas e magras demais 
Doentes 
Animais com portes diferentes
Manejo Reprodutivo
Felinos com DST’s
Doenças transmissíveis geneticamente
 Monta natural
Fêmea atrai o macho
Se coloca em posição da cruza
Macho agarra em seu pescoço, imobilizando-a
Macho sai de perto logo depois da ejaculação
Manejo Reprodutivo
 O ato dura de 2 a 5 min
Imagem Google
Manejo Reprodutivo
 Sinais da Gestação
Mamas rosadas e maiores 
Crescimento de uma pelagem fina ao redor das mamas
Abdômen começa a crescer por volta de duas semanas 
de gestação
“Mais carente”
Necessidade de estar sempre perto dos donos
Gatinha fica mais arisca com outros animais
Manejo Reprodutivo
 Medicamentos: evita los 
 Nutrição: a partir do 1/3 final da gestação
Ração de filhotes – necessidade calórica aumentada, 
espaço diminuído, 
 EXAMES:
US: 20 a 25 dias
RX: 45 dias
HEMOGRAMA
Manejo Reprodutivo
 Caixa de Maternidade 
Tamanho: 15 a 20 cm a mais da fêmea deitada e bem 
esticada
Altura: 7 a 15 cm
 O suficiente para mãe conseguir sair e deixar os filhotes 
protegidos e com espaço limitado
Guard-rail
 Filhotes se escondem da luminosidade e/ou da mãe 
garantindo a segurança
Lâmpada
 manter a temperatura caso necessário
Caixa suspensa do chão
Apresentar a mãe dias antes do parto
Manejo Reprodutivo
 SINAIS DO PARTO 
diminuição do apetite
48h antes: produção do colostro
12h antes: queda de temperatura 
Ficam inquietas
Respiração acelerada
Lambem e olham para a vulva
Vocalizam com mais intensidade
Secreção vaginal 
Manejo Reprodutivo
Dados: 
6 a 12h queda da temperatura
6 a 24h dilatação da cérvix 
5 a 24h duração do parto
10 a 30 min da contração ao nascimento
3min tempo de espera para intervir na remoção da 
membrana
2 nós para o corte do cordão umbilical
Manejo Reprodutivo
Contrações
 O PARTO 
1º O FETO SE APRESENTA
2º EXPULSÃO ATRAVÉS DA 
CONTRAÇÃO
3º EXPULSÃO DA PLACENTA
Imagem Google
Manejo do Neonato
 PERÍODO EM QUE DEPENDE DA MÃE, as 3 
primeiras semanas são de extremo desafio ao 
filhote 
 AVALIAÇÕES FISIOLÓGICAS
F.R.: 15 a 35 mpm 
F.C.: 200 bpm
T.C.: 35,5 a 36°C
MUCOSA: rosada
PESO: perda nas primeiras 12h
Manejo do Neonato
 AVALIAÇÕES
 Reflexos:
 Aquecimento 
 Sucção
 Estimulação de fuço antes de mamar
 Magno
 Ano – genital 
NUTRIÇÃO
As primeiras 36h são críticos para o neonato com a 
questão nutricional
Manejo do Neonato
 Colostro
Produzido imediatamente após o parto
Confere imunidade passiva garantindo proteção ao 
neonato contra doenças infectocontagiosas
Produzido por até 72h
Neonato com o conduto gastrointestinal permeável as 
imunoglobulinas intactas do colostro por um período 
curto, 24 horas
Rodizio dos tetos 
Manejo do Neonato
 Estímulos:
Abdominais
Ano-genital 
Respiração
 Abertura dos olhos:
10 a 15 dias
 Abertura das orelhas: 
10 a 17 dias
Manejo do Neonato
 Desmame: 
Inicia com 21 dias
Complementar o aleitamento com leite especifico 
para a fase
 28 dias iniciar papa de ração 4 vezes ao dia
Papa Grão inteiro (gradativamente)
56 dias completamente desmamado 
Ração seca ou sachê
Agua fresca a vontade
Manejo do Neonato
 Formulação caseira de sucedâneo do leite materno 
para felinos
90 ml de leite condensado 
120 mL de iogurte integral 
3-4 gemas de ovo 
90mL de água
Fonte: PRATS, 2005 
Imagem Google
Manejo do Neonato
 VERMIFUGAÇÃO
A partir do 30º dia de vida, repetir depois de 15 dias e 
manter mensal até o 6º mês de vida.
 VACINAÇÃO
A partir de 45 dias
Algumas particularidades dos Gatos
 Audição
Detectam as menores variações de sons
Bolso de Henry 
Aparelho Vestibular
Musculatura bem desenvolvida
 Bigodes
Estrutura sensorial
Algumas particularidades dos Gatos
Orientação espacial
Sente pequenas mudanças da força
Página12