A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
09 - Exercícios / Conceito de trabalho na Sociologia

Pré-visualização | Página 1 de 4

4
28
2
So
ci
o
lo
gi
a
27
4
Ci
ên
ci
as
 H
um
an
as
 e
 s
ua
s 
Te
cn
ol
og
ia
s
EM
I-1
5-
40
Módulo 12
Conceito de trabalho na Sociologia
Exercícios de Aplicação
 03. 
A categoria trabalho, segundo Anthony Giddens, significa:
[...] a execução de tarefas que requerem o em-
prego de esforço mental e físico, cujo objetivo é 
a produção de mercadorias e serviços que satis-
façam as necessidades humanas.
GIDDENS, A. Sociologia. Porto Alegre: Artmed, 2005. p. 306.
Com base nessa concepção de trabalho, assinale a op-
ção correta.
a. Pensar a categoria trabalho como se ela equivalesse ao 
emprego remunerado é uma visão muito simplificada.
b. A categoria trabalho diz respeito especificamente ao 
trabalho remunerado.
c. A interpretação da categoria trabalho envolvendo o 
trabalho remunerado e o não remunerado é muito am-
pla e errônea.
d. O trabalho doméstico e o trabalho voluntário não se 
enquadram na categoria trabalho.
e. Os vários trabalhos que não se ajustam às catego-
rias do emprego formal não se enquadram na cate-
goria trabalho.
 01. UEM-PR
Trabalho é uma categoria fundamental do pensamento 
sociológico. Considerando esse conceito, assinale o que 
for correto. 
01. É pelo trabalho que o homem constrói o mundo e, 
nesse processo, constrói a si mesmo. 
02. A intensificação do processo de divisão social do 
trabalho promove uma especialização crescente 
das tarefas. 
04. Na sociedade capitalista, o trabalho deixa de ser fon-
te de riquezas, portanto não é capaz de incorporar 
valor aos meios de produção. 
08. Por se referir à ação humana, a força de trabalho não 
pode ser considerada uma mercadoria. 
16. O trabalho tem como meta produzir os bens e servi-
ços necessários à manutenção da vida e atender às 
necessidades criadas pelos homens. 
 02. UEMA (adaptado)
Segundo Karl Marx, “o modo de produção da vida material 
condiciona o desenvolvimento da vida social, política e inte-
lectual em geral”.
Com base na citação, explique a importância do trabalho 
para a organização da vida em sociedade.
Resolução
Na sociedade capitalista, o trabalho assume uma forma 
de geração de lucro nem sempre apropriada por quem o pro-
duz. Nesse sentido, o trabalho humano assume aspecto de 
mercadoria, em que o sujeito que produz está separado dos 
meios de produção e recebe um pagamento em dinheiro (sa-
lário) pelas tarefas que realiza.
Resposta: 19 (01 + 02 + 16) 
Resolução
De acordo com um dos “pais” da Sociologia, Karl Marx, 
o trabalho revela o modo como o homem lida com a nature-
za, o processo de produção pelo qual ele sustenta sua vida 
e, assim, põe a nu o modo de formação de suas relações so-
ciais e das ideias que fluem destas. Esse trabalho ocupa uma 
centralidade naquilo que podemos denominar de atividades 
inerentes ao homem. Assim, a relação dele com a natureza é 
mediada pelo trabalho que a humaniza, confere-lhe “feições” 
humanas. Como o próprio autor coloca: “ao submetê-la aos 
seus próprios fins, o homem realiza, nesse sentido, uma hu-
manização da natureza”. Dessa forma, a organização da pró-
pria sociedade em termos políticos e em termos dos valores 
compartilhados é fornecida pela produção da vida material, 
na qual o trabalho ocupa papel de destaque.
Resolução
O trabalho, pela definição apresentada, assume uma di-
mensão e um conteúdo que extrapolam o universo do traba-
lho remunerado.
b. Incorreta: a questão do trabalho transcende a mo-
dalidade assalariada, afinal ela apresenta aspecto 
ontológico, ou seja, tem importância na formação do 
homem, na sua condição humana.
c. Incorreta: é possível tratar do trabalho como remune-
rado ou não remunerado desde que sejam discutidos 
os valores sociais que os justificam.
d. Incorreta: o trabalho, na acepção do texto referido, 
apresenta sentido amplo, podendo envolver qualquer 
atividade que atenda às necessidades humanas.
e. Incorreta: o trabalho existe quer na informalidade, quer 
na formalidade, pois o que o define é o esforço voltado 
para o atendimento das necessidades humanas.
Alternativa correta: A
Habilidade
Definir trabalho com base nas concepções sociológicas.
4
28
2
So
ci
o
lo
gi
a
27
5
Ci
ên
ci
as
 H
um
an
as
 e
 s
ua
s 
Te
cn
ol
og
ia
s
EM
I-1
5-
40
 04. 
Nas últimas décadas, desenvolveu-se um debate acirrado 
no interior das Ciências Sociais referente à importância da cate-
goria trabalho no mundo contemporâneo. Nesse sentido, alguns 
autores chegaram a afirmar que esta era uma categoria em pro-
cesso de extinção e que, em razão disso, não mereceria atenção 
sociológica. A história, contudo, vem demonstrando o oposto. 
No meio da inconstância econômica vivenciada, a organização 
do trabalho tornou-se tema central entre aqueles que buscam 
soluções para a crise. Não suficientemente , a tentativa de aban-
donar a referida categoria também não conseguiu eliminar seu 
aspecto ontológico, ou seja, sua importância na formação dos 
homens. 
Sobre o trabalho, é correto afirmar que:
a. desde o surgimento do Homo sapiens, ele existiu nas 
atividades produtivas desenvolvidas na chamada Pré-
-História da humanidade.
b. tem se tornado pouco relevante no mundo contemporâ-
neo por causa do processo de automação industrial, que 
o coloca apenas como um resquício de tempos passados.
c. além de continuar a ter importância no âmbito econô-
mico, é fundamental para a compreensão da especifi-
cidade do ser humano.
d. encontra-se em crise, pois a globalização causa de-
semprego estrutural, afetando seu aspecto ontológico.
e. vigorou entre os sociólogos a pouca relevância do 
trabalho na vida do homem, algo apenas considerado 
positivo pelos filósofos.
 05. 
Para o sociólogo Durkheim, a divisão do trabalho provoca:
a. dogmas de conduta pessoal.
b. estados de mútua dependência entre membros da 
sociedade.
c. disfunção social.
d. expressão positiva em cargos de solidariedade me-
cânica.
e. hábito de valorizar a troca de mercadorias.
Exercícios Extras
Seu espaço
Sobre o módulo
Desenvolvida a problemática da relação homem/natu-
reza , entendido o trabalho como mediador desta relação e 
compreendido seu valor ontológico, iniciar o percurso de defi-
nição sociológica do trabalho.
Apresentar as formas de trabalho, considerando socieda-
des específicas, ou seja, historicizando a organização deste 
trabalho. Dessa historicidade, podemos não apenas apresen-
tar a existência de uma divisão do trabalho, mas também pen-
sá-lo de forma individual e coletiva.
Desenvolver algumas ideias pertinentes à s ociologia 
marxista e à sociologia durkheimiana. De acordo com Marx, 
a noção de humanização da natureza ocorre por meio do tra-
balho e, relativo a Durkheim, acredita-se na ideia de solida-
riedade, de vinculação entre os homens por meio da divisão 
social do trabalho. Não se deve aprofundar o assunto, pois as 
verticalizações sobre o tema do trabalho serão desenvolvidas 
mais adiante. A ideia é apenas realizar uma iniciação ao tema.
Na web
Acesse: <http://www.documentarios.org/video/detalhar/
2469/trabalho/>.
Estante
ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a 
afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2000.
Nessa obra, Ricardo Antunes demonstra que a sociedade 
do trabalho abstrato possibilitou, por meio da constituição de 
uma massa de trabalhadores expulsos do processo produtivo, 
a aparência de uma sociedade fundada no descentramento da 
categoria trabalho e na perda de centralidade do ato laborativo 
no mundo contemporâneo. O autor também alerta para o fato 
de que o entendimento das mutações em curso no mundo ope-
rário obriga-nos a ir além das aparências. Ao fazer isso, mencio-
na que o sentido dado ao trabalho pelo capital é completamen-
te diverso do sentido atribuído pela humanidade. 
Cinemateca 
Dois dias, uma noite (Bélgica, 2014, direção de Jean Pier-
re e Luc Dardenne, 95 min.)
Depois de perder seu emprego, Sandra descobre que 
seus colegas de trabalho preferiram receber um bônus em 
vez de mantê-la na equipe.