A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Indicadores de saúde

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 
 
 
 
 
 
 
Os indicadores de saúde são sinalizadores que contêm informações importantes sobre características e 
desempenho do sistema de saúde. Quando analisados em conjunto, refletem a situação sanitária de uma 
população, servindo para vigilância das condições de saúde. 
Conceitos 
• Coeficientes ou taxas – no denominador temos todos os indivíduos capazes de sofrer o evento 
representado no numerador. Ele indica a probabilidade ou risco de ocorrência do evento. 
• Índices – há dois casos: 
o Quando os casos incluídos no numerador também estão incluídos no denominador e temos, então, 
a distribuição proporcional dos casos. 
o Quando os casos incluídos no numerador não estão inseridos no denominador. Comparamos, então, 
a frequência de um evento com a frequência de outro. Exemplo: índice de envelhecimento. 
• Taxas de morbidade – é a taxa de portadores de uma determinada doença. 
o Taxa de prevalência (novos casos e casos existentes da doença. Ou seja, o número total de casos 
existentes em uma determinada população e momento) – casos existentes/população exposta à 
doença 
o Taxa de incidência (ocorrência de novos casos durante um período específico em uma população 
com risco de ter a doença) – casos novos/população em risco 
• Taxas de mortalidade – reflete o número de mortes registradas. 
o Geral – óbitos gerais/população total 
o Por sexo/gênero – óbitos de um gênero/população do mesmo gênero 
o Por causa – óbito por determinada causa/população total 
▪ Perinatal – nascidos mortos + óbitos 0 a 7 dias/nascidos vivos + nascidos mortos 
▪ Fetal tardia (natimortalidade) – nascidos mortos/nascidos vivos + nascidos mortos 
▪ Materna – óbitos maternos/nascidos vivos 
• Taxa de letalidade – óbitos pela doença de interesse/casos da doença 
• Indicadores demográficos 
o Taxa bruta de natalidade – nascidos vivos/1000 habitantes no ano considerado 
o Taxa de fecundidade total – filhos nascidos vivos ao final do período reprodutivo de uma 
mulher/população 
o Índice de envelhecimento - >65 anos/<15 anos 
o Proporção de idosos - >60 anos/população total 
o Razão de dependência – economicamente dependente/economicamente produtivas (PEA) = (<15 
anos + >65 anos)/15 a 64 anos 
• Outros indicadores 
o Razão de sexos (razão de masculinidade) – homens/mulheres 
o Esperança de vida – avalia as condições de saúde de uma população. É um bom indicador para 
comparação, pois não sofre influência de estrutura etária. 
o Anos potenciais de vida perdida – expressa o efeito das mortes ocorridas precocemente, permitindo 
comparar a importância relativa que diferentes causas de morte têm em determinada população. 
É útil na área de planejamento da saúde. 
Princípios e diretrizes do SUS 
• Universalidade de acesso 
• Integralidade de assistência 
• Autonomia da pessoa 
• Igualdade da assistência à saúde 
• Direito à informação 
• Participação da comunidade 
• Descentralização político-administrativa 
• Regionalização da rede de serviços 
• Integração das ações de saúde, meio ambiente e saneamento básico 
• Capacidade de resolução em todos os níveis de assistência 
• Utilização da epidemiologia para estabelecimento de prioridades 
• Conjugação dos recursos financeiros 
Indicadores de saúde 
BIANCA LOUVAIN