A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
EPITELIOGlandular

Pré-visualização | Página 1 de 1

Tecido Epitelial Glandular
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Tecido Epitelial Glandular
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Vai formar o que ?
Glândula 
Estrutura especializada em secretar alguma substância 
Tecido epitelial glandular
É formado por um conjunto de células especializadas cuja função é a produção e liberação de SECREÇÃO.
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Tecido epitelial glandular
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Glândula Salivar 
 Sudoríparas 
Detalhe:
PRODUÇÃO
Várias secreções!!
Somente Hormônios!
Como se formam as glândulas ?
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
TECIDO EPITELIAL DE REVESTIMENTO
Proliferação de Células –Subjacente 
Segue no sentido do tecido conjuntivo- ‘’Formando a glândula’’!!!
Portanto as glândulas vão mergulhar no tecido conjuntivo abaixo do tecido epitelial!! 
Exócrina tem contato(E.R) através do ducto
Endócrina não tem contato(E.R.) -Isolada
Tecido epitelial glandular
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Tecido epitelial glandular
As células secretoras de uma glândula são conhecidas como parênquima, enquanto que o tecido conjuntivo no interior da glândula e que sustenta as células secretoras, é denominado de estroma. O estroma sustenta também vasos sangüíneos, vasos linfáticos e nervos. 
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
CLASSIFICAÇÕES 
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Glândulas exócrinas
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Glândulas Exócrinas 
1- Quanto ao número de células, as glândulas podem ser classificadas como:
unicelular: a secreção é elaborada apenas por uma células especializadas ocasionais.
	(Ex: células caliciformes muco-secretoras)
multicelular: a secreção é realizada por um conjunto de células.
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Glândulas Exócrinas 
2-Quanto ao modo de secreção, as glândulas podem ser classificadas como:
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
As células produzem o conteúdo e secretam apenas o conteúdo.
As células produzem o conteúdo e secretam o conteúdo da secreção + parte citoplasma.
Salivares e Lacrimais 
Mamárias
As células produzem o conteúdo e secretam o conteúdo e a célula junto,
Sebáceas
Glândulas Exócrinas 
Quanto ao morfologia, as glândulas podem ser classificadas como:
Se aplica apenas as multicelular: a secreção é realizada por um conjunto de células.
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Porção Secretora(Produção da secreção) 
Porção do Ducto
Portanto vamos observar tanto a morfologia do ducto quanto da porção secretora!!
Exemplos
Glândulas Exócrinas 
3- Quanto ao tipo de secreção, as glândulas podem ser classificadas como:
Mucosas: Secretam muco. O muco é uma secreção mais densa, de alta viscosidade. (Esôfago)
Serosa: Secretam substâncias serosas, que é algo mais fluido, com grande quantidade de proteínas.(Parótida)
Mucosserosa ou Mista: Quando secretam muco e substâncias serosas (Submandibular)
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Glândulas endócrinas 
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Endócrinas(Classificação)
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Cordões 
Vesículas
Hipófise (adeno e neuro)
Tireóide e Paratieróide
Adrenal
Ilhota de Langerhans (porção endócrina do pâncreas) 
Parte do ovário e testículos
Glândulas endócrinas
Pâncreas
Tireóide
Paratireóides
Adrenal
(Ilhotas de langerhans)
Hipófise
Cordonal
Folicular
Cordonal: cordões celulares separados por capilares (adrenal, paratireóide, pâncreas endócrino, hipófise)
Folicular ou vesicular: formam folículos(esferas), que armazenam o hormônio a ser secretado no espaço delimitado pelas células(tireóide)
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Glândula endócrina cordonal
Glândula endócrina cordonal
Glândula endócrina cordonal - Paratireóide
Glândula Endócrina Folicular
Tireóide 
TECIDO EPITELIAL
GLANDULAR
Produto de secreção da célula que se associa para formar o hormônio 
Glândula endócrina -tireóide
Glândulas que possuem porções endócrinas e exócrinas
Pâncreas
Glândulas mistas 
Glândulas exócrinas: suco pancreático
Glândulas endócrinas (ilhotas de Langerhans): insulina 
Glândulas exócrinas: suco pancreático
ilhotas de Langerhans
Adenômero mucoso
- secreção protéica
- núcleo vesiculoso e basal
- lume pouco evidente
- coloração marcante
- secreção mucosa
- núcleo achatado e basal
- lume evidente
- coloração fraca
Glândula mista
Adenômero seroso

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.