A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Anticoncepção

Pré-visualização | Página 1 de 1

Questões em Ginecologia II
Anticoncepção
	Quais são as variáveis que devem ser utilizadas na escolha do método?
	-Facilidade de uso,
-Reversibilidade,
-Índice de Pearl (segurança).
· Quanto menor melhor!
· IP = 4; 4 a cada 100 que usam vão engravidar.
· Taxa de gravide p/ cada 100 mulheres/ano. Ex: Acaso (sem proteção) Pearl = 85.
	Qual um bom método para adolescentes?
	Injetável.
	Quais as categorias dos critérios de elegibilidade da OMS?
	Categoria 1: pode usar
Categoria 2: usar com cautela
Categoria 3: CI relativa
Categoria 4: contraindicação absoluta
	Quais são os métodos comportamentais? No que se baseiam?
	Tabelinha, curva térmica (progesterona aumenta a temperatura em 0,4 graus celsius), muco cervical...
Tentam prever a ovulação.
	Para que servem o método de barreira?
	Proteção contra ISTs
Pearl (uso típico): 18 MASC. 21 FEM.
	Como ocorre a anticoncepção pelo aleitamento?
	Deve ter amamentação exclusivo, amenorreia e tem confiabilidade até 6 meses.
Essa amenorreia ocorre pelo aumento da prolactina. Com espaçamento das mamadas pode haver ovulação. 
 
	Quais os métodos hormonais sistêmicos que incluem apenas progesterona?
	· Minipílula
· Injetável trimestral
· Implante subdérmico.
	Quais os métodos hormonais sistêmicos que incluem estrogênio e progesterona?
	· Oral (ACO/ACHO),
· Anel vaginal,
· Adesivo,
· Injetável mensal. 
	Qual o mecanismo de ação da minipílula?
	Altera muco cervical e atrofia endométrio
Não é um bom método anovulatório, tem efeito mais localizado. 
	Qual a população ideal para se indicar a minipílula? Por que?
	Amamentando
Pode sair da maternidade direto com a minipílula, pois não interfere o leite materno.
Peri-menopausa
Está próximo ao esgotamento folicular. Esses poucos folículos são mais resistentes.
	Qual outra opção para essa população?
	PÍLULA DE DESOGESTREL 75 mcg (Cerazette)
Chega a gerar anovulação em 97% casos, mas não é minipílula.
É de progesterona!
	Quais as contraindicações para métodos homonais exclusivos de progesterona?
	Categoria 3: Gravidez, tumor hepático, HAS grave, AVE, TVP e TEP aguda.
Categoria 4: CA mama atual (pode ter receptor para progesterona).
	Qual o mecanismo de ação dos antic. injetáveis trimestrais e dos implantes subdérmicos?
	Anovulação, altera muco e endométrio
Injetável trimestral 
CI: diminui densidade mineral óssea, não deve ser usada por longos períodos. 
	Qual o mecanismo de ação dos homonais combinados?
	Alteram muco cervical, endométrio, motilidade tubária e ANOVULAÇÃO
Progesterona altera muco e endométrio. 
Estrogênio ajuda na anovulação.
	Por que não há método contraceptivo com apenas estrogênio?
	Estrogênio prolifera endométrio sem regulação da progesterona, poderia causar CA de endométrio
O estrogênio inibe FSH e estimula (indiretamente) o LH. A progesterona inibe o LH. Com o combinado há inibição de ambas. 
	Quais as CI dos hormonais combinados?
	Categoria 4
Amamentação <6 semanas pós-parto,
CA mama atual,
Tabagismo 15 ou mais cigarros após 35 anos (risco de trombose),
DM com vasculopatia,
HAS grave,
IAM, Vasculares:
TVP, prévios ou não
TEP, 
AVE,
Enxaqueca com aura!!! 
 
Primeiros 6 meses não pode entrar com método combinado pois é categoria 3;
Mais 35 anos se tabagista é categoria 3.
	Quais os medicamentos que interferem na ação dos contraceptivos combinados?
	Anticonvulsivantes e rifampicina (diminuem a eficácia).
EXCETO: Ácido Valproico proicopóde.
	Quais os benefícios do anticoncepcional combinado?
	· Diminui CA de ovário e endométrio,
· Diminui fluxo, 
· Diminui Sd pré-menstrual, 
· Diminui dismenorreia.
	Qual o método contraceptivo com menor implicação sistêmica?
	DIU de cobre.
	Qual o mecanismo de ação e duração do DIU de cobre?
	Dura 10 anos.
Aumenta cólica e fluxo 
⬇
Ação irritativa, inflamatória e espermicida.
	Qual o mecanismo de ação e duração do DIU de progesterona?*
	Dura 5 anos.
Melhora o fluxo e diminui cólica
⬇
Atrofia endométrio e torna muco hostil
	Qual é mais barato?
	Cobre.
	Quais são os métodos LARC que não tem ação anovulatória?
	DIUs + implante.
	Quais as contraindicações aos DIUs?
	São mais localizados, incluem: 
(alterações intrauterinas)
-Gravidez,
-Sangramento uterino inexplicado,
-CA de colo e de endométrio,
-Distorção (miomas que distorcem cav. Uterina( ou infecção da cavidade uterina,
-CA de mama só para o de progesterona.
- Entre 48h e 4 semanas pós-parto..
	O que é LARC?
	Long-Acting Reversible Contraception.
	Como é a implantação do DIU?
	- Histerometria
- Toque para saber posicionamento.
	Qual mais novo DIU no mercado? Qual sua duração?
	Cobre + Prata em Y (de cobre é em T).
Dura 5 anos.
	Se ocorre gravidez intrauterina com usuária de DIU, qual a conduta?
	Se corda visível = retirar,
Caso contrário = manter.
	Quais as indicações de laqueadura tubária e vasectomia?
	>25 anos ou ≥ 2 filhos vivos
+capacidade civil plena.
Fora do parto*/ aborto/ até 42 dias.
>60 dias entre a vontade e cirurgia.
Se é casado tem que ter a decisão do parceiro.
*EXCETO: Iteratividade (cesariana de repetição) e risco a vida materna elevada. Se o parto for normal não pode se tornar cesária só para laqueadura.
	Qual o contraceptivo mais seguro?
	Implante subdérmico.
Menor índice de Pearl no primeiro ano.
	Qual o mecanismo de ação da contracepção de emergência?
	Primeira fase do ciclo: impede/posterga ovulação.
Segunda fase do ciclo: altera muco -> espesso/hostil. 
	Quais são os métodos?
	Levonorgestrel: 1cp 1,5 mg dose única.
-Mais eficaz,
-Menos efeitos adversos.
Método Yuzpe: 100mcg estradiol + 0,5 mg levonorgestrel 12/12h (não é mais utilizado). 
	
	
*Cerca de 50% das mulheres que utilizam entram em amenorreia (efeito adicional) com anovulação.